Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Sobre a História e Significado do Comunismo de Conselhos - cover

Sobre a História e Significado do Comunismo de Conselhos

Nildo Viana

Publisher: Edições Enfrentamento

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

O Comunismo de Conselhos foi uma corrente política forte no bojo da Revolução Alemã e depois de um trajeto histórico longo foi marginalizada e os escritos dos seus representantes foram retomados, a nível mundial, com as lutas sociais do final dos anos 1990 e início dos anos 2000, apesar de, no Brasil, já terem sido retomados pelos representantes do Marxismo Autogestionário. A obra de Nildo Viana visa combater as deformações que muitos efetivaram a partir disso, bem como o dogmatismo e ecletismo. Para tanto, o autor retoma a história do comunismo de conselhos, apresentando sua formação e suas três fases, bem como o seu significado e teses fundamentais.

Other books that might interest you

  • O Significado da Comuna de Paris - cover

    O Significado da Comuna de Paris

    Attila Kotányi, Nildo Viana,...

    • 0
    • 0
    • 0
    Henri Lefebvre e a Internacional Situacionista buscam, a partir de suas concepções, interpretar a Comuna de Paris. A Comuna foi uma “festa”, afirmam eles. Assim, a partir da crítica da vida cotidiana, eles analisam a experiência comunarda. Nildo Viana realiza uma análise crítica das duas interpretações, extremamente semelhantes. Marcus Vinicius Conceição, por sua vez, aborda a questão do plágio e polêmica entre o sociólogo e os situacionistas. Os textos trazem elementos analíticos da Comuna de Paris, análise das interpretações sobre essa experiência revolucionária, análise das posições e polêmica entre Lefebvre e situacionistas.
    Show book
  • Vem pra rua - a história do movimento popular que mobilizou o Brasil - cover

    Vem pra rua - a história do...

    Rogerio Chequer, Colin Butterfield

    • 0
    • 0
    • 0
    O Movimento Vem Pra Rua mobilizou e continua motivando milhões de brasileiros a fazer grandes mudanças na política do país. Olhando a multidão nas ruas gritando contra a corrupção, exigindo reformas e pedindo justiça, é difícil imaginar como isso tudo começou: duas pessoas que pensaram um Brasil melhor, dividiram com outros seus ideais e partiram para a ação.
    A história deste livro é a história da construção desse movimento. É sobre como o desejo de mudar começou, viralizou,
    ganhou mentes e apoios. Como se multiplicaram as convocações via redes sociais. Como os políticos foram pressionados. Como o Vem Pra Rua ajudou a criar uma nova cidadania. Cada um que se indignou com os desvios nos rumos da nação – e demonstrou essa indignação – faz parte desses novos tempos. E, de um jeito ou de outro, vai se encontrar neste livro.
    Show book
  • A Concepção Anarquista da Comuna de Paris - cover

    A Concepção Anarquista da Comuna...

    Piotr Kropotkin, Nildo Viana,...

    • 0
    • 0
    • 0
    Como o anarquismo interpreta a Comuna de Paris? Dentre as interpretações anarquistas da Comuna de Paris se destacam as análises de Bakunin e Kropotkin. De um lado, o anarco-coletivismo de Bakunin observando, pouco tempo após a experiência comunarda, a luta revolucionária em Paris; de outro lado, o anarco-comunismo de Kropotkin analisando o significado da experiência comunarda e seus limites. Nildo Viana, por sua vez, efetiva uma análise crítica das duas abordagens anarquistas sobre a Comuna de Paris. Uma obra importante para quem quer conhecer o posicionamento anarquista sobre a primeira tentativa de revolução proletária da história.
    Show book
  • Os Direitos da Juventude - cover

    Os Direitos da Juventude

    Luiz Augusto Flores

    • 0
    • 0
    • 0
    Disponibilizamos o livro digital ilustrado colorido de história em quadrinhos do conhecimento ”Os Direitos da Juventude”, cujo conteúdo foi editado com base na Lei Federal nº 12.852 de 05 de agosto de 2.013 e suas atualizações, lei também chamada de Estatuto da Juventude. Transformados os termos jurídicos para linguagem simples, de fácil entendimento e leitura, apresentando seu conteúdo de leitura nos balões de diálogo entre os personagens dois adolescentes com o personagem o jornalista da editora, que esclarece tudo sobre o estatuto da juventude.
    Show book
  • Partidos Sindicatos e Conselhos Operários - cover

    Partidos Sindicatos e Conselhos...

    Anton Pannekoek

    • 0
    • 0
    • 0
    Os partidos políticos e os sindicatos perderam grande espaço na sociedade moderna. Antes a crença nos sindicatos e no sindicalismo e seu potencial transformador era grande, bem como a ideia de um partido revolucionário que geraria a transformação social era defendida por milhares de ativistas. Porém, uma análise crítica do significado dos partidos e sindicatos já havia sido feito no início e decorrer do século 20. Pannekoek realiza duras críticas aos partidos e sindicatos e apresenta os conselhos operários como alternativa de organização dos trabalhadores na luta pela transformação radical e total das relações sociais.
    Show book
  • Quem bate perde? Os efeitos afetivos dos spots eleitorais de TV no Brasil - cover

    Quem bate perde? Os efeitos...

    Jairo Pimentel Jr

    • 0
    • 0
    • 0
    Quem bate perde. Essa afirmação, citada muitas vezes, inadvertidamente, por profissionais do marketing político, sustenta que a campanha negativa pode se voltar contra aquele que ataca (o chamado efeito bumerangue). Entretanto, este livro trata de questionar essa ideia, argumentando que o uso de ataque pode ser uma estratégia interessante tanto para diminuir a vontade dos eleitores votarem no candidato atacado, quanto para evitar que o candidato que ataca perca votos para os adversários.
    Show book