Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
O Diário de Bordo do Bebê - um guia prático para um pós-parto mais feliz - cover

O Diário de Bordo do Bebê - um guia prático para um pós-parto mais feliz

Herrero Author

Publisher: Matrix Editora

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

O bebê está chorando! Será que é dor ou fome? E se for fome, o problema pode ser a amamentação? E se não arrotar depois de mamar... vai ter cólica? Ah... e quando ele dormir, como ter certeza de que está bem? E meu bicho de estimação, como faço ele entender que agora tem um “irmão humano”? Como estimular meu bebê na medida certa?  As respostas para todas essas perguntas – e para muitas outras dúvidas que você vai ter – estão neste livro. De um jeito diferente de outras obras para recém-nascidos: com uma linguagem clara, sincera e didática. E com uma diagramação divertida, repleta de histórias e depoimentos reais de mães, pais e avós

Other books that might interest you

  • Psicopedagogia Para Adultos e Idosos - cover

    Psicopedagogia Para Adultos e...

    Júlia Eugênia Gonçalves

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro é fruto de um projeto de educação a distância iniciado em 2005, desenvolvido pela Fundação Aprender – MG, do qual a autora foi a mentora, coordenando a produção de conteúdos. O tema desperta seu interesse, desde então, pela compreensão de que o processo de aprendizagem transcorre durante toda a vida e necessita ser estudado pela Psicopedagogia como uma maneira de resgatar e estimular o prazer de aprender no público adulto e idoso que tem procurado, cada vez mais, a clínica psicopedagógica.
    
    A proposta é trazer uma reflexão inicial a respeito dos conceitos de maturidade e senescência e, em seguida, apresentar as possibilidades que cercam o diagnóstico e a intervenção psicopedagógica com adultos e idosos, a partir da práxis construída pela autora durante seu percurso como psicopedagoga clínica.
    
    Este livro permitirá ao leitor adentrar no universo da Psicopedagogia Clínica a partir da perspectiva teórica de Alicia Fernández, focando na atuação com o público adulto e idoso.
    
    Traz informações a respeito das especificidades deste grupo em relação ao processo de aprendizagem, objeto de estudo da Psicopedagogia, analisando os aspectos implicados na motivação para aprender, nas vias preferenciais e nos estilos de aprendizagem que compõem o substrato necessário para a apreensão da realidade.
    
    Trata também das características cognitivas que estão presentes na maturidade e no processo de envelhecimento e como as funções executivas e conativas jogam um papel relevante no aprender destas pessoas.
    
    Descreve o plano diagnóstico, com suas técnicas e testes específicos, assim como os materiais que asseguram uma intervenção psicopedagógica com adultos e idosos, voltada para a manutenção da qualidade de vida, trazendo informações teórico-práticas relevantes para o profissional que deseja ampliar seu trabalho terapêutico, atendendo este público.
    Show book
  • Reinvenções de Foucault - cover

    Reinvenções de Foucault

    Mauricio Rocha, Edgardo Castro,...

    • 0
    • 0
    • 0
    Em 1973, Michel Foucault apresenta no Collège de France o Curso “A sociedade punitiva”, parte do conjunto de análises que servirão de base ao livro Vigiar e Punir, de 1975. As gravações do curso foram perdidas e apenas uma transcrição e o resumo foram conservados. Publicado em dezembro de 2013, o Curso sugere muitas questões aos leitores de Foucault e solicita a reformulação de algumas convicções correntes sobre sua obra. Variações sobre a análise da prisão, continuidades e rupturas em relação a Vigiar e Punir e esclarecimentos (ou novos enigmas) sobre a complexa relação entre Foucault e Marx são alguns dos assuntos que emergem da leitura do Curso. Em 2015, um evento acadêmico na PUC Rio teve como fio condutor a interpretação de ‘‘A sociedade punitiva’’ no horizonte da obra foucaultiana. Os trabalhos apresentados por pesquisadores argentinos e brasileiros são agora compilados e oferecidos ao público no livro Reinvenções de Foucault.Pesquisadores participantes: Mauricio Rocha, Edgardo Castro, Ana Kiffer, Peter Pál Pelbart, Joel Birman, Susana Murillo, Francisco de Guimaraens, Angelica de Britto Pereira Pizarro, Cristina López, Antonio Pele, Fabián Ludueña Romandini, Marcelo Raffin, Rachel Nigro, Bernardo Carvalho Oliveira, Leon Farhi Neto, Andrea Moreira Streva, Eduardo Stelmann, Fernanda Ferreira Pradal, Juliana Moreira Streva, Felipe de Andrade e Souza, Clécio Lemos, Julia Naidin, Rafael Cataneo Becker, Alessandra Vannucci, Aline Caldeira Lopes, Larissa Drigo Agostinho.
    Show book
  • Ignácio Rangel - Obras reunidas vol2 - cover

    Ignácio Rangel - Obras reunidas...

    Ignácio Rangel, César (Org)...

    • 0
    • 0
    • 0
    Ignácio Rangel (1914-1994) foi o mais criativo e original analista da economia brasileira. Depois de participar da Revolução de 1930, integrou a Aliança Nacional Libertadora (ANL), colocada na ilegalidade em 1935. Na prisão, estudou história e economia como autodidata. Iniciou então uma revisão crítica das principais teses defendidas pela esquerda. Sempre se considerando um socialista, passou a buscar a especificidade do desenvolvimento brasileiro, recusando a simples adaptação de teorias importadas.
    
        Esse esforço o levou a construir um quadro analítico próprio, diferente de todas as correntes de pensamento então existentes. Enfrentou sozinho o debate. Usou de forma extremamente criativa ideias teóricas de Adam Smith, Karl Marx, John M. Keynes e Joseph Schumpeter. Defendeu a ousada hipótese de Nicolai Kondratiev, recusada pela escola soviética, de que o desenvolvimento capitalista obedece a ciclos longos, gerados pelas economias centrais, que são aquelas capazes de criar novas tecnologias. Incorporou essa hipótese como pano de fundo de sua reinterpretação da história do Brasil. Essa independência custou-lhe considerável solidão intelectual e tornou mais difícil a difusão de sua obra.
    
    
        A militância intelectual de Rangel se estendeu ao Instituto Superior de Estudos Brasileiros (Iseb), a centros universitários e ao Clube dos Economistas. Mas, além disso, ele foi também um homem de ação. Trabalhou em várias instituições decisivas para o surto de desenvolvimento que o Brasil experimentou no segundo após-guerra. Na assessoria econômica de Getúlio Vargas, ajudou a elaborar os projetos da Petrobras e da Eletrobras. Como chefe do Departamento Econômico do BNDE (hoje BNDES), participou da execução do Plano de Metas de Juscelino Kubitschek. No Conselho de Desenvolvimento, coordenou uma série de estudos e análises oficiais sobre a economia brasileira.
    
    
        As contribuições mais decisivas de Rangel podem ser agrupadas em cinco grandes temas: a hipótese da dualidade básica, os estudos sobre a dinâmica capitalista, a reinterpretação da inflação brasileira, o debate sobre a questão agrária e o papel do Estado na economia. O primeiro desses temas ocupa um lugar central no pensamento de Rangel, que mostra ali toda a sua originalidade. Quando "Dualidade básica da economia brasileira" foi publicada, Alberto Guerreiro Ramos assim reagiu: "O Autor descobriu a lei básica da formação econômica do Brasil."
    
    
        Rangel extrai consequências importantes da nossa condição periférica. Para ele, a dinâmica histórica brasileira se distingue dos casos clássicos porque os processos sociais, econômicos e políticos não decorrem apenas da interação entre desenvolvimento das forças produtivas e relações de produção internas ao país, mas também da evolução das relações que este mantém com as economias centrais. As relações externas são determinantes do desenvolvimento das forças produtivas internas e, consequentemente, também das relações de produção internas. Essa dupla determinação produziria uma dualidade estrutural na economia e na sociedade brasileiras, cujos movimentos relacionam-se aos ciclos longos de Kondratiev. A publicação da Obra Reunida de Ignácio Rangel, em dois alentados volumes, nos enche de orgulho.
    
    
                      César Benjamin
    Show book
  • O guia para prevenção de acidentes em casa - Itens de proteção domésticos - cover

    O guia para prevenção de...

    Agnaldo Fontinele

    • 0
    • 0
    • 0
    Este e-book aborda as mais variadas possibilidades de prevenção de acidentes de acordo com as inúmeras situações de risco que enfrentamos dia após dia em nossas casas. Este livro está dividido de forma a dar ampla cobertura às mais diversas situações que possam ocasionar danos físicos ou prejuízos materiais.
    Show book
  • Parte 8 - Mestres Modernos e Contemporâneos - cover

    Parte 8 - Mestres Modernos e...

    Walfredo Medeiros

    • 0
    • 0
    • 0
    Encerrando nosso aprendizado, vamos apresentar e conhecer as últimas expressões humanas dessa cultura. Uma breve biografia e principais ensinamentos de os últimos mestres Índia, ente eles:• Ramakrisna,• Vive
    Show book
  • Mais felizes dos que sempre - cover

    Mais felizes dos que sempre

    Helena Lima, Anabella...

    • 1
    • 0
    • 0
    Leonardo. Esse era o nome dele.
    
    Ninguém sabia que eu tinha um namorado. Ele morava no Rio de Janeiro e, eu, em São Paulo. 
    Leonardo era moreninho, tinha a pele castanha e brilhosa como madeira pintada com verniz fresquinho. E ele tinha os olhos mais brilhantes que estrela em noite de céu sem nuvem.
    A verdade é que nós ficamos encantados um com o outro no instante em que nos vimos pela primeira vez. E desde esse dia sabíamos que nosso coração ia tomar conta do peito toda vez que nos encontrássemos.
    E assim acontecia. A gente se via, o coração desandava a dar cambalhota, as bochechas esquentavam que nem torradeira, as mãos molhavam que nem nuvem cheia.
    Show book