Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Divagaísmo - cover

Divagaísmo

Cláudio Furtado

Publisher: Jaguatirica

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Divagaísmo' é essa arte de sair só e lentamente da realidade. Se antes os poetas flanavam para encontrar inspirações nos ares das ruas, hoje eles divagam através do éter, através desse grande espaço mágico, único e interminável que é a existência. Os poemas de Cláudio Furtado vão revelando surpresa, dúvida, deslumbramento, espanto, encontrando um mundo que não precisa ser real e concreto, mas que pode ser ideal e criado com as palavras.
Available since: 05/06/2016.

Other books that might interest you

  • A linguagem da luz - cover

    A linguagem da luz

    Jorge Ortiz Robla

    • 0
    • 0
    • 0
    Como reconhece Ángel Guinda, a palavra poética de Jorge Ortiz Robla é fértil por ser tão primordial. Os quatro elementos (água, ar, fogo, terra) conformavam já chaves simbólicas nos seus dois primeiros livros: 'A simetria dos insectos' e 'Presbicia'. Reaparecem em A linguagem da luz. Emergem, a partir da sua estrutura profunda de pensamento, sentimento e desejo. Torna-se alentador que um poeta ainda jovem espalhe as sementes da elegia, visibilize liricamente a morte nesta época opaca que a oculta e despreza. Ortiz Robla avança através da transitoriedade do tempo, confirma-nos o que é luminoso, expansivo e frutífero no que é epifánico. Com a bela e sensível tradução da poeta Sandra Santos, A linguagem da luz, do poeta espanhol Jorge Ortiz Robla, é editado agora em português e aporta em Lisboa, a cidade iluminada e sempre saudosa, melancólica e orgulhosa de sua grande beleza.
    Show book
  • Pensamentos de Adolescente - cover

    Pensamentos de Adolescente

    Sirley Barreto

    • 0
    • 0
    • 0
    Desde pequena eu já me dedicava a arte da leitura e da escrita. Tive alguns textos publicados no jornal do Colégio Pitágoras nas séries finais do ensino fundamental; No ensino médio vieram os amores, as paixões, as decepções... Aí não aguentei... Passei a transpor para o papel tudo que sentia... E gostei!Tive meus escritos selecionados em vários concursos literários e tive um conto publicado no livro Grandes Escritores da Bahia, pela Editora Litteris.Hoje, sou educadora física e psicopedagoga, e continuo numa relação muito estreita com tudo o que balança as emoções. Este livro é um resgate dos escritos daquela época que voltaram a ter vida no período de isolamento social ocasionado pela covid 19 em companhia da minha princesa Sophia.Espero que curtam a leitura breve dessas reflexões, desses escritos que trazem um pouco da vontade de viver o mundo, de (re)descobrir o amor, de se encher de
    Show book
  • Da roça e outros cantos - cover

    Da roça e outros cantos

    Antonio Fernando Mattza

    • 0
    • 0
    • 0
    Semente doce silo da vida. Na letra de Armandinho encontrei o que esta obra quer dizer: 'Semente, semente, semente, semente, semente. Se não mente fale a verdade. De que árvore você nasceu? Eu sou a terra, você minha semente, na chuva a gente se entende, é na chuva que a gente se entende. Oh semente!'Esse livro é semente rica, que brota e, quando desabrocha, traz histórias inteiras para dentro de nós. É lição de terra molhada, chão de plantar emoção, é roça doce, área vasta capinada, é palavra de encantar cidade e campo, é alimento de palavra e emoção.Um livro que canta a literatura que alimenta um país, é doce alimento, pontuado de bem dizer, é a lavoura rica e verde, é palavra que podemos comer.Cada linha vem completa, traz o sabor do que brota no chão, vem repleta de raízes que se entrelaçam em nossas mãos.Da porteira pra dentro é lavoura, pasto e canção, é viola que nos toca por inteiro, palavra de livro, livro-plantação.
    Show book
  • Entre a Lua o Caos e o Silêncio: a Flor - Antologia de Poesia Angolana - cover

    Entre a Lua o Caos e o Silêncio:...

    Irene Guerra Marques, Carlos...

    • 0
    • 0
    • 0
    Entre a Lua, o Caos e o Silêncio: a Flor é a antologia mais completa e abrangente já publicada de Poesia Angolana, incluindo os períodos e os autores mais marcantes da sua história. Esta é uma edição histórica, oferecendo um retrato sistemático, plural e riquíssimo do admirável património literário angolano aos leitores de língua portuguesa em todo o mundo. Com excepcional organização de Irene Guerra Marques e Carlos Ferreira, a Antologia de Poesia Angolana divide-se em três partes. A primeira, dedicada à literatura oral, oferece a transcrição literal dos poemas nas línguas nacionais, seguida de tradução acompanhada por notas explicativas que contextualizam cada poema. A segunda secção, referente aos precursores, abarca nomes sonantes da poesia angolana, de Luís Félix Cruz a Jorge Rosa, levando o leitor numa viagem do século XVII, assinalado pelos primeiros textos poéticos manuscritos, até ao século XIX. «Modernidade e Contemporaneidade» é a última parte da antologia e nela irrompem os poetas dos séculos XX e XXI, contrastando, a cada virar de página, manifestações artísticas distintas – as «continuidades e descontinuidades» a que o subtítulo dessa secção alude.
    Show book
  • Alma & Intelecto - cover

    Alma & Intelecto

    Milena Biaes

    • 0
    • 0
    • 0
    Através das Narrações de Vinícius Léscio Milena Biaes apresenta-nos esse fantástico audiobook (Use Fones de ouvidos para uma melhor experiência).Sendo sua primeira coletânea de versos Alma & Intelecto é uma obra que retrata a magia poética no íntimo da poetisa. Para esmerilhar ainda mais a experiência de leitura a autora mergulha em sua alma e intelecto criando uma atmosfera intensa cheia de sentimentos, dúvidas e questionamentos internos que juntos formaram esse instrumento capaz de transportar o leitor ao quebra-cabeças de suas emoções e pensares. Quando alma e intelecto se unem, a caneta baila sobre o papel. Alma & Intelecto é um livro que poderá ser lido diversas vezes e em cada uma delas tocará o leitor de maneira nova e original afinal o que além de poesia poderia ser mais efetivo para representar o sentir em forma de rimas e sensações?Cada estrofe é o auge entre poetisa e leitor, entre alma e intelecto de todos os envolvidos no decifrar  dessas páginas. A poesia não traz respostas ela vem trazer perguntas, ela sussurra ao nossos ouvidos a arte em forma de verso.
    Show book
  • Poesia da cabeça aos pés - cover

    Poesia da cabeça aos pés

    Danilo Mendes

    • 0
    • 0
    • 0
    Poesia da cabeça aos pés é uma obra sensível que nos permite pensar a vida através dos versos simples sobre sentir, ser e querer. Assim como Alberto Caeiro – a persona de Fernando Pessoa que encarna o poeta das sensações – a poesia de Danilo Mendes assimila os sentidos de cada parte de seu corpo, e cada parte assume sua própria voz e seu próprio gesto. Poeta petropolitano, leitor de Saramago, Žižek, Rubem Alves e Jürgen Moltmann, Danilo reside atualmente no Rio de Janeiro, onde se forma em Teologia pela Fabat-RJ. Poesia da cabeça aos pés é sua estreia em poesia.
    Show book