Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Amor Perfeito - cover

Amor Perfeito

Barbara Cartland

Publisher: Barbara Cartland

  • 2
  • 5
  • 0

Summary

Que adiantavaLady Dárcia ser bela, jovem e rica, se estava predestinada a nunca ser feliz? Havia um estigma em sua vida! Um segredo de família que a fizera abandonar o convento e viver com nome falso, fingindo ser uma mulher sem classe, uma mulher destinada a ser apenas uma companhia agradável aos homens. O sofrimento de Dárcia aumentou quando o conde Kirkhampton, o homem a quem ela adorava, convidou-a para morar numa casa perto de seu castelo... não como esposa,apenas como amante!
Available since: 11/14/2018.
Print length: 298 pages.

Other books that might interest you

  • Mulher com brânquias (Integral) - cover

    Mulher com brânquias (Integral)

    Patrícia Baikal

    • 0
    • 0
    • 0
    Rita, professora universitária, começa a ter visões de uma realidade paralela, como se estivesse o tempo todo mergulhada num aquário. Em casa, no trabalho ou na rua, ela se vê rodeada por seres aquáticos e especialmente pelo "grande peixe", uma criatura fantasmagórica que a persegue, mas que ninguém mais enxerga. Como se não bastasse, sua pele é tomada por escamas aos poucos, de forma dolorida e fantástica. Brânquias surgem em seu corpo, e isso pode significar o início ou o fim de uma jornada.
    Show book
  • Sem preconceitos sem limites - Boys Love - cover

    Sem preconceitos sem limites -...

    Tanko Chan

    • 0
    • 0
    • 0
    Para amar e ser livre. Sem limites.Boy’s Love ou yaoi são apenas formas de descrever o fenômeno que surgiu no Japão e conquistou o mundo. Histórias cheias de sensibilidade e afeto, protagonizadas por rapazes em relações homoafetivas, uma maneira de ver a vida que abre as portas da fantasia e se aprofunda no questionamento sobre o que é certo ou errado. Viaje para o mundo dos mortos ou descubra lindos seres que só poderiam sair dos tomos da mitologia. Nessas páginas o terror e a ternura serão apenas preliminares para o que não pode mais esperar.Em Boy’s Love – Sem preconceitos, sem limites, a paixão fala mais alto e é a tônica nesses encontros. Lemon é um termo que virou sinônimo de ficção cheia de cenas picantes e sem restrições para o prazer. E nessa edição, é também o nosso tempero para experimentarmos sem pudores o que as palavras podem expressar.Organizada e ilustrada por Tanko Chan, que também participa com um conto, essa antologia traz deliciosas histórias por Dana Guedes, Claudia Dugim, Nuno Almeida, Márcia Souza, Priscilla Matsumoto, Karen Alvares, Vikram Raj e Blanxe.Quando as primeiras peças de roupa caírem no chão, beijos e carícias guiarão a existência dos amantes. Não haverão mais barreiras para esse amor. Isso já ficou para trás.ContosDaruma – Dana GuedesLolipop – Claudia DugimNo Amor e na Guerra – Nuno AlmeidaO Colar de Scheherazade – Márcia SouzaO reflexo do dokkaebi – Priscilla MatsumotoO Sentimento – Karen AlvaresO Palácio dos Rakshasas – Vikram RajPerfect Mistake – BlanxeMaçã– Tanko Chan
    Show book
  • Universo de palavras - cover

    Universo de palavras

    Eduardo Baccarin-Costa

    • 1
    • 0
    • 0
    'Teresinha resolve se despedir de vez de seu marido lendo as mensagens deixadas nos livros de sua biblioteca.É nesse momento que ela conhece Paulo Augusto. Negro, morador da periferia, órfão de mãe, entregador de supermercados. Paulo tem um sonho: ser escritor. Encanta-se com os livros do finado Alceu e começa a esboçar sua própria história.Nasce daí uma grande amizade, na qual Teresinha é a leitora crítica do romance em gestação.“Este belo romance inscreve-se numa longa e ilustre linhagem: a dos livros sobre livros, que nos arrastam por um mundo inesgotável e que nos defende do tédio”. (Maria Valéria Rezende)'
    Show book
  • Arcano XV - cover

    Arcano XV

    Ivan Mizanzuk

    • 0
    • 0
    • 0
    Leia agora mesmo o prólogo para “Até o Fim da Queda”, romance de estreia de Ivan Mizanzuk.Esta é a história de um homem que recebe visitas noturnas de uma entidade sobrenatural. No Tarô, o Arcano XV é a carta do Diabo, que representa os perigos existentes em reprimirmos os impulsos naturais. Mas como sabemos o que é verdadeiro? Seria a natureza capaz de mentir?
    Show book
  • O Duque e a Corista - cover

    O Duque e a Corista

    Barbara Cartland

    • 0
    • 1
    • 0
    Larentia sabia que se ficasse no Castelo do Duque de Tregaron, se transformaria numa “mulher decaída”, objeto da censura de toda a sociedade. Ela não podia se entregar à paixão e à luxúria! Tinha de fugir! Mas, onde encontrar forças para escapar dos braços daquele homem? Quando o Duque a puxou para junto de seu corpo másculo, Larentia, já não percebia o que estava fazendo… sabia apenas, que ela e Justin, tinham-se transformado numa só pessoa, a paixão nasceu repentinamente, envolvidos pela maravilhosa aura do amor! Mas o Destino não soprava a seu favor… corriam o risco de serem mal vistos e viver um amor clandestino… um amor difícil de ser aceite pela sociedade. Será que o amor, poderá vencer, a fatalidade do destino?
    Show book
  • Contos de Lima Barreto - cover

    Contos de Lima Barreto

    Lima Barreto

    • 0
    • 0
    • 0
    Lima Barreto começou a sua colaboração na imprensa desde estudante, em 1902, no A Quinzena Alegre, depois no Tagarela, O Diabo, e na Revista da Época.Em jornais de maior circulação, começou em 1905, escrevendo no Correio da Manhã uma série de reportagens sobre a demolição do Morro do Castelo.Daí em diante, colaborou em vários jornais e revistas, Fon-Fon, Floreal, Gazeta da Tarde, Jornal do Commercio, Correio da Noite, A Noite (onde publicou, em folhetim, Numa e a Ninfa), Careta, ABC, um novo A Lanterna (vespertino), Brás Cubas (semanário), Hoje, Revista Souza Cruz e O Mundo Literário.Lima Barreto foi o crítico mais agudo da época da República Velha no Brasil, rompendo com o nacionalismo ufanista e pondo a nu a roupagem da República, que manteve os privilégios de famílias aristocráticas e dos militares.Em sua obra, de temática social, privilegiou os pobres, os boêmios e os arruinados. Foi severamente criticado pelos seus contemporâneos parnasianos por seu estilo despojado, fluente e coloquial, que acabou influenciando os escritores modernistas.Também queria que a sua literatura fosse militante. Escrever tinha finalidade de criticar o mundo circundante para despertar alternativas renovadoras dos costumes e de práticas que, na sociedade, privilegiavam pessoas e grupos. Para ele, o escritor tinha uma função social. (Extraído da Wikipedia)
    Show book