Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
O Livro da Filosofia - cover

O Livro da Filosofia

Rachel Poulton

Publisher: alma dos livros

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

O LIVRO PERFEITO PARA QUEM QUER DAR OS SEUS PRIMEIROS PASSOS NO MUNDO DA FILOSOFIA, ter um panorama geral, ou mesmo para aqueles que pretendem relembrar e aperfeiçoar os seus conhecimentos sobre  o tema.   

A Filosofia é a busca da sabedoria e do conhecimento, e o seu objetivo não é outro senão explorar as grandes questões da vida para nos ajudar a resolvê-las e para nos ensinar a viver uma vida melhor.   

Este livro apresenta os principais pensadores, temas e teorias que precisa de conhecer para compreender como as ideias filosóficas edificaram o mundo em que vivemos e a forma como pensamos hoje.   

De Marco Aurélio a Sartre, de Confúcio a Kant, de Mary Wollstonecraft a Simone de Beauvoir, aprenderá sobre teorias filosóficas tão diferentes e interessantes como o estoicismo, o idealismo, o existencialismo, entre outras.   

Com este livro irá conhecer, por exemplo:  
• Os primeiros filósofos gregos e, entre eles,
os «três grandes»: Sócrates, Platão e Aristóteles.  
• As principais escolas de filosofia em todo o mundo, desde a antiguidade até aos dias de hoje, e o seu impacto na vida moderna. 
 
• As principais questões que os filósofos têm explorado ao longo dos tempos: Quem sou eu? Qual é o sentido da vida? Existe livre-arbítrio? 
 
• Aplicações práticas para as teorias de Descartes, Kant, Marx, Nietzsche e muito mais. 


«UMA LEITURA SINTÉTICA, PERSPICAZ E INTERESSANTE!» 

GOODREADS 

Available since: 04/20/2023.
Print length: 152 pages.

Other books that might interest you

  • A Arte da Guerra na Idade Média - cover

    A Arte da Guerra na Idade Média

    Charles William Oman

    • 0
    • 0
    • 0
    Sinopse
    
    A arte da guerra tem sido definida, de uma forma muito sucinta, como a arte que permite a um comandante suplantar as forças que se lhe opõem. Desse modo, encontra-se diretamente relacionada com uma variedade de áreas de conhecimento, das quais a estratégia e a tática militar são apenas duas das mais importantes.
    Além de lidar com a disciplina, a organização e o armamento, é uma arte que procura, por todos os meios e ferramentas à disposição, soluções que possam ser adaptadas com vista a aumentar a capacidade física ou moral de um exército.
    Esta obra foi escrita por um dos grandes medievalistas de Oxford, sendo um dos melhores relatos da arte militar na Idade Média, desde a batalha de Adrianopla (378 d.C.) à de Marignano (1515 d.C.).
    Críticas de imprensa
    «Um livro raro e uma investigação brilhante, escrito de forma sóbria e cativante.»
    The New York Times
    
    «Um dos melhores livros, senão o melhor, sobre história militar medieval já escritos. a desconstrução da ideia amplamente aceite de que os cavaleiros da europa eram apenas rapazes abastados a cavalo vale o preço do livro.»
    Goodreads, 5 estrelas
    Show book
  • Tens um Ferrari na Garagem - cover

    Tens um Ferrari na Garagem

    Mónica Vicente

    • 0
    • 0
    • 0
    TODOS TRAZEMOS UM POTENCIAL INCRÍVEL DENTRO DE NÓS 
    SÓ PRECISAMOS DE O PÔR A FUNCIONAR 
    
    Um Ferrari é um Ferrari, por muitas voltas que dê, por muitos anos que passem. Tem um carácter único e uma luz própria. Assim também é o ser humano. Tem um potencial incrível, mas guarda-o muitas vezes para si e não permite que os outros o conheçam. 
    
    Porque insistimos em viver limitados, e cada dia mais vazios, frustrados, ansiosos, incompreendidos? A resposta é simples: por medo. O medo paralisa-nos, impedindo-nos de tomar decisões que nos tirem de situações nas quais já não encaixamos. Mas é impossível avançar sempre com o pé no travão. 
    
    Todos nascemos com um propósito de vida. Tirar o nosso «Ferrari da garagem» requer uma coragem rara, que, muitas vezes, receamos não possuir. Felizmente, a vida, na sua infinita sabedoria, propicia-nos sempre uma escolha. 
    
    Há demasiada gente no mundo a não viver a vida que quer. Cada oportunidade é única. Não espere mais. Largue o medo e descubra o Ferrari que tem guardado na garagem. 
    
    Não há caminho certo ou errado. 
    Não te deixes guiar pelo medo. 
    Podes ser e fazer tudo o que quiseres. 
    O maior limite é acreditares pouco em ti.
    Show book
  • A Mulher do Oficial Nazi - cover

    A Mulher do Oficial Nazi

    Edith Beer

    • 0
    • 0
    • 0
    Aqueles que não testemunharam do Holocausto, às vezes, têm dificuldade em perceber o quão profundamente isso afetou a vida na Europa durante os decénios de 30 e 40 do século XX. À medida que a Alemanha nazi estendia os tentáculos a todo o continente, populações inteiras foram despojadas, deslocadas e destruídas.
    
    Edith Hahn Beer levava uma vida normal em Viena, no seio de uma família judia. Fora uma adolescente popular e tornara-se uma estudante de Direito extremamente bem-sucedida. Estava envolvida nos grandes debates políticos da época. Estava apaixonada. O seu futuro desenrolava-se à sua frente como uma passadeira vermelha. E, de repente, tudo terminou. Quando Hitler invadiu a Áustria em 1938, Edith ficou sem futuro.
    
    No coração da Alemanha nazi, escondendo a sua identidade em casa e no trabalho, Edith viveu com o medo constante de ser descoberta. Foi ali que conheceu Werner - destacado membro do Partido Nazi -, que se apaixonou por ela e a pediu em casamento, mantendo a sua identidade em segredo. A filha de ambos viria a ser considerada a única judia a nascer num hospital do Reich em 1944.
    
    Alguns anos depois, a Alemanha foi derrotada e Edith continuava viva. Sobreviveu quando milhões de judeus foram exterminados. Este livro conta a história de como esta mulher conseguiu manter o seu disfarce e de como, graças a uma sorte aleatória e à intervenção de algumas pessoas boas, foi diversas vezes resgatada da morte.
    
    A Mulher do Oficial Nazi podia ser outro livro sobre o Holocausto e a Segunda Guerra Mundial, o que já seria notável. Mas é, além disso, um relato verdadeiro, dramático e emocionante de uma mulher extraordinária que sobreviveu ao maior genocídio da história da Humanidade, sem pretender ser corajosa, famosa ou lembrada. Ela apenas quis sobreviver.
    Show book
  • Desaparecida - cover

    Desaparecida

    Ricardo Pinho Lemos

    • 0
    • 0
    • 0
    Vencedor do Prémio Nacional de Literatura Lions de Portugal 2021.                                                                                                                                                                                                                                                   Desaparecida, uma aldeia à beira-mar, onde os fantasmas só morrem quando são esquecidos.
    Fatimah conhece bem a terra. As histórias e as memórias que conta e repete, como se a vida toda coubesse no contar, como se o quebrar do fio antecipasse o fim do mundo.
    Bartolomeu Vagamundo, um pássaro feito gente, escapa da Inquisição e embarca numa odisseia. Maria, sua descendente, chega a Desaparecida e mergulha nas suas origens: um universo de viagens, regressos, lendas e desaparecimentos.
    Superstições, milagres, embustes e aventureiros, pássaros, sinfonias, baleias e aguardente: Desaparecida gravita entre o imaginário e o real, com histórias dentro de histórias − ecos que atravessam continentes e séculos e assombram a memória dos habitantes da aldeia.
    Show book
  • O Fazedor de Cercas - cover

    O Fazedor de Cercas

    Floro Andrade

    • 0
    • 0
    • 0
    O Fazedor de Cercas leva-nos numa viagem à Antiga China, a um tempo de há três ou quatro mil anos. Só alguns séculos depois nasceria Lao-Tsé. Mas os Homens Antigos já conheciam o Tao e sabiam vivê-lo.
    Em dias tão distantes, não éramos diferentes. As nossas necessidades básicas eram as de hoje e os mais angustiantes problemas existenciais pediam soluções - como agora. Aqueles homens antigos, no entanto, haviam encontrado respostas originalíssimas às mais intrigantes perguntas. E vivenciavam-nas. Acaso seria possível chegar-lhes, chegar lá, onde parecem isolados, num Tempo inacessível? Até onde nos pode levar a imaginação? E quem a leva?
    
    Os Homens Antigos estão lá, à nossa espera. Apesar das dificuldades, não é tão grande nem «concreta» a escorregadia distância que nos separa deles. Afinal, o Tempo foi sempre uma ilusão de ir, tanto assim que se condensa e concretiza, inteiro, em cada aqui e agora.
    
    É normal, portanto, que seja possível chegar lá. A nossa imaginação é a mesma daqueles tempos. E igualmente denso (como outrora) permanece o mistério que a leva. Talvez seja útil alguma orientação nessa não-estrada, quem sabe um mapa em branco... ou uma bússola, contanto que não indique direção alguma, mas apenas possibilidades. Talvez este livro sirva de orientação e torne mais fácil e segura a nossa viagem ao encontro dos Homens Antigos.
    
    «De tempos a tempos, surge um livro que muda para sempre a vida de quem o lê… Este é um desses livros!»
    Show book
  • Portugal - A História de uma Nação - cover

    Portugal - A História de uma Nação

    Henry Morse Stephens

    • 0
    • 0
    • 0
    «A nação portuguesa é um produto da sua História: isto dá à História de Portugal um valor eminente». É assim que Henry Morse Stephens, docente da Universidade da Califórnia, começa esta obra notável, que em muito contribui para trazer ao conhecimento comum diversos acontecimentos até agora desconhecidos da História de Portugal. Abrange a instauração da nacionalidade, a consolidação do território e da independência, atravessa o período heroico dos Descobrimentos e a criação de um império global, as navegações em África, na Índia, no Próximo Oriente e no Brasil, e culmina no período de declínio, que começa na fatídica batalha de Alcácer Quibir e se prolonga mais ou menos até aos nossos dias, iluminado aqui e ali com alguns lampejos de uma glória fugaz.
    
    Na primeira fase, aliou-se uma força combatente a uma sabedoria administrativa e um tato de governo que granjearam o respeito de toda a Europa. Na segunda, a dos Descobrimentos, a visão estratégica dos principais dirigentes do reino e o insuperável heroísmo dos navegadores trouxeram glória e poder à alma lusa. Finalmente, com a perda da independência e as respetivas consequências, Portugal entra na fase mais negra da sua História. Este é um livro essencial para entender o contexto e os acontecimentos que conferiram ao reino uma individualidade e uma existência nacionais de que justamente se orgulha e para vislumbrar como conseguiu um país tão pequeno erguer o primeiro império global da História.
    Show book