Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced

Other books that might interest you

  • Como pensar por si mesmo - cover

    Como pensar por si mesmo

    Rodrigo Chaves

    • 0
    • 0
    • 0
    Você pode até não perceber, mas tudo o que você pensa foi determinado por outra pessoa. Suas convicções e crenças não lhe pertencem, foram ditadas e você copiou.Se quer mesmo ser dono de seus pensamentos, leia este guia.
    Show book
  • Cortes de Cabelo - cover

    Cortes de Cabelo

    Charles M. Schulz

    • 0
    • 0
    • 0
    Como se não tivéssemos recebido a traição da idade adequada em nossos rostos, pescoço e mãos, agora temos que nos preocupar com isso em nossos cabelos. Porém, com essas dicas, seus cabelos envelhecidos irão de um cinza chato para um brilho saudável (vernal)! Obtenha todas as informações de que você precisa aqui.
    Show book
  • Uma família 4G - cover

    Uma família 4G

    Luiz Ferreira Da Silva

    • 0
    • 1
    • 0
    O autor que, com Airma, construiu uma família, hoje com cinquenta anos de convívio, tenta passar a experiência do casal nessa sua trajetória de vida a dois, na expectativa de ser útil aos pares que estão nessa estrada ou pretendem embarcar nessa viagem. Descreve o tempo lúdico do namoro de mãos dadas até culminar no casamento, tentando fazer um comparativo do pretérito com os tempos de hoje. Enfatiza os objetivos principais do casamento, centrando na edificação familiar, na qual coloca o valor da educação doméstica e o investimento na educação dos filhos, como legados fundamentais ao futuro deles e crescimento da sociedade. Por outro lado, não descreve um manual ou uma receita de bolo por crer que cada casal tem seus requerimentos próprios, bem como cada época possui os seus parâmetros específicos, cabendo aos pares se conjuminarem ao seu modo interpretativo. Também alerta para os bônus e ônus do casamento, cuja perenidade vai exigir sacrifícios de ambos, não existindo mar de rosas e, tampouco, inferno de Dante. E conclui: mas tudo compensa ao contemplar o crescimento dos filhos, a alegria da avó cheia de netos e o sentimento da contribuição pela eternidade dos genes.
    Show book
  • Contato Alien 234 - cover

    Contato Alien 234

    Eliel Roshveder

    • 0
    • 0
    • 0
    Igael tinha uma desconfiança natural por causa de sua aparência externa, mas começou a pensar que nem todo Grey segue a escuridão. Ou ele estaria sugando a energia dela, entrando em seu mundo ou algo assim?A luz começou a brilhar mais forte e começou a se levantar lentamente. Igael ficou confusa, pois queria conhecer mais aquele ser e o que ele queria.Ela correu para tentar agarrá-lo. Sim, tinha medo, tinha medo como todo homem diante do desconhecido, mas seu desejo por conhecer o sobrenatural era maior do que seu medo. Ela deu apenas 3 passos e ficou como que congelada, não conseguia se mover.O ser começou a se elevar lentamente e navegar em direção ao UFO.Ela viu uma comporta se abrir em torno do grande disco de luz e o ser foi sugado por aquela comporta que se fechou depois. Em segundos o aparelho se locomoveu em extrema velocidade sumindo no firmamento da noite, se confundindo com a escuridão. Não era mais possível ver as estrelas como antes, pois uma nevasca repentina agora cobria tudo ofuscando o céu.
    Show book
  • O que deus requer de nós - como esta sua vida diante de deus - cover

    O que deus requer de nós - como...

    Gilberto mendes de souza

    • 0
    • 0
    • 0
    Em muitas culturas acredita-se que existam outros deuses mas so existe um DEUS e como temos servido a ele muitos acabam mudando o andamento do evangelho devido ao dinheiro ou coisas matérias sera que o veradeiro DEUS esta se agradando do nosso caminhar peça força a DEUS ele ti ajudara a vencer as dificuldade desta vida
    Show book
  • 50 Tons de pensamentos para ajudar na sua vida - Escolhendo as cores do próprio caminho - cover

    50 Tons de pensamentos para...

    Emerson Calejon

    • 0
    • 0
    • 0
    Fazer o bem é simples, nós é que complicamos. O poder de um simples sorriso clareia o dia de quem o recebe; o aconchego de um abraço abriga, aquece e energiza; uma mão estendida a erguer aquele que está caído; um elogio sincero, incentiva e dá novo vigor; um bom dia, uma boa tarde, um boa noite, um obrigado, transforma o momento de uma pessoa, faz alguém se sentir lembrado, considerado. São atitudes simples, mas de incalculáveis benefícios tanto para quem os recebe, mas também aquele que pratica. Não nos olvidemos de que o primeiro a ser ajudado é sempre aquele quem ajuda! 'O bem não significa simplesmente não fazer o mal, mas antes não desejar fazer o mal.' (Demócrito).
    Show book