Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Tem um coração que faz barulho de água - cover

Tem um coração que faz barulho de água

Cris Lisbôa

Publisher: MEMÓRIA VISUAL

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

O sétimo livro da escritora gaúcha Cris Lisbôa surgiu para colorir dias cinzas. 'São tempos de ódio. É urgente, necessário e da maior importância que estejamos amados', explica Cris.O livro é bilíngue, cada poema tem sua versão em espanhol e reúne cartas não enviadas, áudios apagados, bilhetes perdidos, notas esquecidas no celular e muitos trechos de músicas. 'Estes textos são suspiros do meu processo criativo. Estou sempre de fone, amo programa de rádio e tenho um prazer secreto em decorar canção.' O título do livro e a imagem que ilustra a capa são uma obra da artista plástica Rita Wainer e foram cedidos com exclusividade para a escritora. 'Meu desenho encontra o texto da Cris no universo cósmico das estrelas que se conectam por terem sido colocadas na mesma constelação. É explicar o que não é possível, o que vem do coração, é como a sensação de voltar pra casa', define Rita Wainer.O músico Felipe Catto é quem apresenta o livro. 'Penso que a Cris Lisboa escolhe suas vogais e consoantes para despistar o silêncio que existe entre uma palavra e outra'.
Available since: 12/13/2018.

Other books that might interest you

  • A senhora do Galvão - cover

    A senhora do Galvão

    Pop Stories, Machado de Assis

    • 0
    • 0
    • 0
    O conto "A senhora do Galvão", de Machado de Assis, tem por mote um tema recorrente da literatura de costumes do século XIX: cartas anônimas. Aqui, elas denunciam o adultério do advogado Eduardo Galvão, marido de Maria Olímpia. E a amante seria justamente uma de suas melhore amigas.
    Show book
  • O inventor - cover

    O inventor

    Florbela Espanca

    • 0
    • 0
    • 0
    Curiosidade e inquietude são os traços que movem o protagonista do conto "O inventor", de Florbela Espanca. Nele, a procura incessante do motor perfeito – vivem-se os primórdios da aviação – ecoa os sentimentos da própria Florbela Espanca: ansiedade, frustração, desalento. O conto vem do livro póstumo intitulado "As máscaras do destino".
    Show book
  • Dois contos de Monteiro Lobato: O resto de onça e O fígado indiscreto - cover

    Dois contos de Monteiro Lobato:...

    Monteiro Lobato

    • 0
    • 0
    • 0
    No conto "O Resto de Onça", brilha a figura do contador de "causos" populares, tão ao gosto de Monteiro Lobato. Em "O fígado indiscreto", por sua vez, o conflito de classes sociais é que serve de base à trama, que tem por enredo a ida do personagem Inácio a um jantar na casa da namorada, com muitos incidentes por conta de ele não gostar de fígado.
    Show book
  • A mulher pálida - cover

    A mulher pálida

    Pop Stories, Machado de Assis

    • 0
    • 0
    • 0
    O conto "A mulher pálida" tem por característica marcante a ironia típica de seu autor, Machado de Assis. Destaca-se da galeria de personagens o protagonista Máximo, cujo desejo é ser poeta. Dele, no entanto, o que se aproveita é tão-somente a voz, com suas singulares inflexões.
    Show book
  • O peru de Natal - cover

    O peru de Natal

    Pop Stories, Mário de Andrade

    • 0
    • 0
    • 0
    Uma família celebra o Natal meses antes por conta de o pai ter falecido num 25 de dezembro. Crescido, seu filho decide acabar com essa extravagância, exigindo que um peru seja preparado no dia de Natal. Toda a família vê com apreensão e curiosidade sua proposta, já que o tem como louco, mas, simultaneamente, apreciam libertar-se da obrigação do luto.
    Show book
  • As academias de Sião - cover

    As academias de Sião

    Pop Stories, Machado de Assis

    • 0
    • 0
    • 0
    Nesses tempos em que a discussão de gênero se faz presente em todas as esferas, a leitura ou releitura do conto "As academias de Sião" se faz muito oportuna. Extraído do livro "Histórias sem data", de Machado de Assis, publicado em 1884, nele o leitor encontra uma abordagem singular do tema da constituição das identidades sexuais. Destaca-se a condição do feminino.
    Show book