Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Sul - A Expedição Mais Perigosa do Mundo - cover

Sul - A Expedição Mais Perigosa do Mundo

Ernest Shackleton

Publisher: alma dos livros

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

DEPOIS DA CONQUISTA DO POLO SUL PERMANECEU APENAS UM GRANDE OBJETIVO NAS EXPLORAÇÕES DA ANTÁRTIDA: A TRAVESSIA DO CONTINENTE ANTÁRTICO DE MAR A MAR.

Ano de 1914. Enquanto a sombra da guerra cai sobre a Eu- ropa, um grupo liderado pelo experiente explorador Ernest Shackleton propõe-se atravessar pela primeira vez o continente antártico. A distância de aproximadamente 2900 quilómetros será, em grande parte, sobre terreno desconhecido.
A determinação inabalável, a lealdade e a resistência deste pequeno grupo de homens, isolado durante quase dois anos nos bastiões do gelo polar, esforçando-se por levar a cabo a sua missão, são uma narrativa única na história da exploração da Antártida.
Espera-os uma grande aventura de relatos inesquecíveis, dias extenuantes, noites de solidão e experiências únicas. O otimismo inicial é de curta duração e, à medida que uma vasta extensão de gelo envolve o navio no qual viajam apertando-o até quebrar, a tripulação de 28 homens é abandonada à sobrevivência na imensidão do gelo polar.
Numa luta épica contra os elementos, Shackleton lidera a sua equipa numa busca angustiante pela sobrevivência nalguns dos terrenos mais inóspitos do mundo. Mares gelados e tempestuosos cheios de ondas gigantes, icebergues colossais, um frio atroz que não lhes dá tréguas e a fome sempre iminente são os inimigos mortais destes homens que lutam a todo o custo para permanecer vivos.
A sua viagem será para sempre recordada como prova da força de vontade e do poder da resistência humana.

ESTA É A SUA HISTÓRIA, CONTADA PELO HOMEM QUE OS LIDEROU.
Available since: 10/20/2022.
Print length: 360 pages.

Other books that might interest you

  • O Caminho de um Iogue - cover

    O Caminho de um Iogue

    Charles Haanel

    • 0
    • 0
    • 0
    Conhecimento. Ioga. Respiração. Silêncio. Cura integral. Prana divino. Harmonia perfeita. Há um princípio eterno e fundamental, inerente a todas as coisas, a cada sistema de filosofia, a cada religião e a cada ciência.
    O Caminho de um Iogue é um caminho de realização, sabedoria e amor. Traça a rota para um mundo maravilhoso nem sempre visível para a maioria das pessoas, mas disponível a quem se predispuser percorrê-lo.
    O mundo exterior é um reflexo do mundo interior. O que se encontra fora nasce do que antes foi semeado dentro. No centro de cada ser humano pode descobrir-se a sabedoria, o poder e o suprimento do que é necessário. Somente é preciso desenvolvermos e expressarmos essas potencialidades.
    Com as técnicas apresentadas neste livro, será capaz, talvez pela primeira vez, de compreender e assumir o controlo da sua vida e das suas atitudes, enquanto descobre um caminho de conhecimento que a filosofia antiga revela.
    Show book
  • Auschwitz: Prisioneiro 119198 - cover

    Auschwitz: Prisioneiro 119198

    Tadeusz Borowski

    • 0
    • 0
    • 0
    Publicado na Europa no seguimento da Segunda Guerra Mundial, este livro de Tadeusz Borowski compila pequenas histórias que relatam a sua passagem pelos campos de concentração nazis e descrevem, numa escrita livre e poderosa, um mundo onde, frequentemente, o desejo de sobreviver superava todos os outros.
    Em Auschwitz, os prisioneiros comiam, dormiam e trabalhavam a poucos metros dos locais onde outros eram assassinados. Muitas vezes, a diferença entre a vida e a morte reduzia-se a uma segunda tigela de sopa, a um cobertor extra ou ao luxo de um par de sapatos com sola grossa.
    
    As histórias dos campos de concentração nazis tendem a concentrar-se na coragem e na humanidade dos seus prisioneiros. Raramente vemos o lado mais sombrio daquilo que foi feito para sobreviver, as hierarquias entre reclusos, o sucesso com que o génio maligno nacional-socialista despojou os indivíduos de todo o senso moral.
    
    Provavelmente, o que este livro tem de melhor em relação a qualquer outro livro sobre o Holocausto é expor a extrema dificuldade de processar o que aconteceu naqueles campos e de, inclusive, conseguir encontrar o tom moral apropriado para relatar isso. Este é um livro real e deveria ser de leitura obrigatória para toda a gente.
    Show book
  • Plenitude - cover

    Plenitude

    Amado Nervo

    • 0
    • 0
    • 0
    «A minha mãe emocionava-se sempre que lia Amado Nervo.»
    MARIO VARGAS LLOSA, no discurso do Prémio Nobel de Literatura.
    
    UM LIVRO EXTRAORDINÁRIO, UM CLÁSSICO LITERÁRIO QUE INSPIROU MILHÕES DE PESSOAS EM TODO O MUNDO.
    
    «Sempre que existir um vazio na tua vida, enche-o de amor. O amor contém em si a própria plenitude.» A partir desta reflexão nasce o título deste livro extraordinário, a meio caminho entre a poesia mais refinada e a literatura de desenvolvimento pessoal e autoajuda. Um autêntico compêndio de sabedoria e de meditação, que conduz o leitor à reflexão serena, à introspeção e ao pensamento livre, enquanto espalha sementes de verdadeiro conhecimento na sua alma e o convida a tomar posse de cada instante que lhe é oferecido, sem impor limites, e a assumir a responsabilidade e as rédeas da sua vida.
    
    Esta obra oferece inspiração e sabedoria autêntica para lidar com as questões do dia a dia. O autor busca a perfeição espiritual e a plenitude, e revela a veia mística de alguém que experimentou o anseio da alma e um silencioso diálogo com Deus, caracterizado por um profundo sentimento espiritual, pelo uso de palavras e de formas simples, pela busca do autoconhecimento e da paz interior num mundo amplo e imprevisível.
    
    Composto de sessenta textos aforísticos na forma de um livro de máximas ou poemas em prosa, Plenitude é o último trabalho que Amado Nervo publicou, e apresenta-nos uma jornada em busca da iluminação, uma espécie de breviário de consolo filosófico e de estímulo à elevação espiritual, escrito por aquele que é considerado o maior poeta mexicano do final do século XIX e meados do século XX.
    
    LEIA CADA TEXTO, MEDITE ALGUNS MINUTOS, E DEIXE A SUA VIDA MUDAR PARA SEMPRE.
    Show book
  • O Profeta - cover

    O Profeta

    Khalil Gibran

    • 0
    • 0
    • 0
    A obra-prima de Kahlil Gibran é um dos clássicos mais amados de todos os tempos. Publicado em 1923, foi traduzido em mais de cinquenta idiomas, vendeu mais de 30 milhões de cópias e é considerado o livro mais lido do século XX. O Profeta é um livro repleto de reflexões poéticas, filosóficas, espirituais e, acima de tudo, inspiradoras, versando tópicos como amor, as relações, os filhos, a liberdade, a razão, a paixão, a dor, o autoconhecimento, a educação, a amizade, o sentido da vida e a morte.
    
    Estes temas, de interesse humano universal, aparecem como testemunhos que libertam o espírito das sensações de vazio e de falta de sentido. São verdadeiros tesouros que o profeta encontrou nos seus silêncios e cujas palavras deixámos que nos envolvessem com o entusiasmo de quem redescobre algo que há muito ressoa dentro de si.
    
    É por isso que, quase cem anos depois, este livro continua a parecer tão fresco e relevante como sempre. O Profeta foi desde o primeiro momento um clássico predestinado à imortalidade.
    Críticas
    «Este livro abriu totalmente o meu coração. E acho que vai fazer o mesmo com o seu. Li O Profeta mais vezes do que aquelas que posso contar. Tive e distribuí dezenas de cópias. Tenho um exemplar permanentemente na minha mala de viagem.»
    Rupi Kaur
    
    Críticas de imprensa
    «Se houver um homem ou mulher que leia este livro sem uma aceitação silenciosa da filosofia de um grande homem, pode considerar-se praticamente morto para a vida e para a verdade.»
    Chicago Post
    
    «Belíssimo… simplesmente uma obra-prima.»
    The Independent
    
    «Gibran não oferece atalhos para a felicidade, nenhuma fórmula fácil para uma vida bem-sucedida. Ele pede que investiguemos atentamente o nosso próprio coração e mente.»
    The New York Times
    Show book
  • Pequeno Manual Para Ser Feliz - cover

    Pequeno Manual Para Ser Feliz

    Arthur Schopenhauer

    • 0
    • 0
    • 0
    UM PEQUENO MANUAL DE FILOSOFIA PRÁTICA SOBRE A ARTE DE SER FELIZ, NO QUAL SOMOS CONVIDADOS A EDUCAR O NOSSO CARÁTER ATRAVÉS DE REGRAS DE CONDUTA QUE NOS AJUDAM A EVITAR AS DIFICULDADES E GOLPES DO DESTINO.
    
    Com base na convicção pessimista de que a vida dos seres humanos oscila entre a dor e o tédio e que, consequentemente, este mundo não é senão um vale de lágrimas, Schopenhauer usa o engenho humano e a prudência prática para encontrar regras de conduta e de vida que nos ajudem a evitar as dificuldades e os golpes do destino, na esperança de que, embora a felicidade absoluta seja inatingível, possamos alcançar aquela felicidade relativa que consiste na ausência de dor.  
    
    Deve-se ter o cuidado de não construir a felicidade da vida sobre uma base ampla – não precisar de muito para ser feliz. Não é ao prazer, mas à ausência de dor que a pessoa sábia deve aspirar. Para estimar a condição de alguém em relação à felicidade é necessário perguntar não o que lhe agrada, mas o que o preocupa; e quanto mais triviais forem estas preocupações, mais feliz será a pessoa.  
    
    Ao percorrer a sua vida, uma pessoa achará útil estar pronta e capaz de fazer duas coisas: olhar em frente e ignorar; uma irá protegêlo de perdas e ferimentos, a outra de disputas e brigas. Aquilo que o homem tem para si mesmo, o que o acompanha na solidão, e ninguém pode dar ou tirar dele: isto é muito mais essencial do que tudo o que ele possui, ou o que ele é aos olhos dos outros.  
    
    O Pequeno Manual Para Ser Feliz de Arthur Schopenhauer é uma verdadeira obra-prima literária, escrita por um dos maiores filósofos que o mundo já conheceu.
    Show book
  • A Águia Aterrou - cover

    A Águia Aterrou

    Jack Higgins

    • 0
    • 0
    • 0
    Em 1943, uma pequena força de paraquedistas alemães infiltrou-se em solo britânico para raptar Winston Churchill e neutralizar o esforço de guerra aliado.
    Em três dias, quase mudaram o rumo da guerra.
    Este livro recria os acontecimentos que rodearam esta façanha inacreditável.
    Nas primeiras horas da manhã de sábado, 6 de novembro de 1943, Heinrich Himmler, Reichsführer das SS e chefe da Polícia do Estado, recebeu uma mensagem simples: «A Águia aterrou.»
    A guerra estava a dar a volta para o lado dos Aliados. Numa Alemanha em apuros e numa tentativa desesperada de virar o jogo a seu favor, Hitler ousa fazer um movimento arriscado de tudo ou nada.
    Um grupo de paraquedistas alemães é enviado para Inglaterra com a missão de raptar o destemido primeiro-ministro britânico Winston Churchill da casa de campo, junto ao mar, em Norfolk, onde iria passar um fim de semana tranquilo.
    A força de elite nazi é liderada por um ex-herói de guerra caído em desgraça e aventura-se sem demora e sem temor para cumprir a sua missão. Ou morrer a tentar.
    Apenas os habitantes da pacata povoação à beira-mar podem gorar o plano. É então que, na noite mais negra e encoberta, um grupo de cidadãos comuns fará de tudo a fim de evitar um destino trágico para a Europa e para o mundo.
    
    «Quando se trata de thrillers, um nome está bem acima dos outros: Jack Higgins.» Associated Press
    
    «Jack Higgins é o arquiteto do thriller moderno.» The Huffington Post
    Show book