Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Contos - cover

Contos

Eça de Queirós

Publisher: Literature Classics

  • 0
  • 1
  • 0

Summary

Apesar de mais conhecido pelos seus romances, Eça de Queirós escreveu também alguns contos, reunidos postumamente num só volume em 1902.
Available since: 09/24/2015.

Other books that might interest you

  • Ao acaso - cover

    Ao acaso

    Machado de Assis

    • 0
    • 0
    • 0
    "Ao Acaso" é uma coletânea de crônicas escritas por Machado de Assis sobre diversos assuntos. Foram publicadas originalmente em "O Diário do Rio de Janeiro", no Rio de Janeiro, de 12 de junho de 1864 a 16 de maio de 1865.
    Joaquim Maria Machado de Assis, nascido em 1839, é considerado o maior nome da literatura nacional. Foi poeta, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, jornalista e crítico literário. Sua obra constitui-se em nove romances e peças teatrais, 200 contos, cinco coletâneas de poemas e sonetos e mais de 600 crônicas. Morreu em 1908, aos 79 anos de idade.
    Show book
  • Dom Casmurro - cover

    Dom Casmurro

    Machado de Assis

    • 4
    • 18
    • 0
    Nesta grande obra, o gênio de Machado de Assis aponta com maestria os contornos da sociedade brasileira, valendo-se das lembranças de Bento Santiago, o Bentinho, sobre os eventos mais relevantes de sua existência. Machado, utilizando-se da temática do ciúme, acaba por dar vida a uma das mais marcantes personagens da literatura brasileira, Capitu.
    Show book
  • Páginas Recolhidas - cover

    Páginas Recolhidas

    Machado de Assis

    • 0
    • 0
    • 0
    Páginas Recolhidas é um livro de contos de Machado de Assis, lançado em 1899. A obra traz alguns dos mais interessantes contos escritos pelo autor, como "Missa do Galo", "O Caso da Vara", "Ideias de Canário" e "O Dicionário". Também fazem parte do livro textos diversos, como "A Estátua de José de Alencar" - discurso proferido por Machado de Assis na cerimônia de lançamento da pedra fundamental da estátua do indianista brasileiro, e "O Velho Senado", que retrata pormenores curiosos da vida política brasileira ao final do século XIX.Índice:01    O Caso da Vara02O Dicionário03Um Erradio04Eterno!05Missa do Galo06Ideias de Canário07Lágrimas de Xerxes08Papéis Velhos09A Estátua de José de Alencar10Henriqueta Renan11O Velho Senado12Vae Soli!13Salteadores da Tessália14O Sermão do Diabo15A Cena do Cemitério16Canção de Piratas17Garnier
    Show book
  • Tentação - cover

    Tentação

    Adolfo Caminha

    • 0
    • 1
    • 0
    Última obra publicada por Adolfo Caminha,"Tentação" foi publicado no ano de 1896, ano anterior à morte do autor. O romance conta o desapontamento de um casal de provincianos em contato com as falsidades da vida na Corte e relata, com olhar crítico, o ambiente vivido pela Capital no declínio do Segundo Reinado.
    Show book
  • Charneca em Flor - cover

    Charneca em Flor

    Florbela Espanca

    • 0
    • 5
    • 0
    No imaginário feminino português, "Charneca em Flor" celebra um ultrapassamento literário: a ruptura com o estereótipo de mulher imposto pelo patriarcado. A partir daqui, a dor e as Saudades (dotes de mulher) são já um fantasma que ela vê passar pelas vielas de Évora, na figura evanescente da Menina e Moça que fora. Revisitando agora a sua origem alentejana, a nossa investida Sóror Alcoforado (antiga Dama de Bernardim e mística Dona de Garcia de Resende) despe a mortalha e abandona a clausura para, em comunhão telúrica, abrir-se em flor - impulso que, desejo erótico, é também pulsão de morte. Todavia, dentro desse paradoxo, Florbela se experimenta (em voo livre do regional para o nacional) avatar feminino de Camões. E deste modo mergulha em definitivo na fonte mesma do soneto - forma fixa que passara a vida a ajustar a fim de torná-la mais condizente ao seu género. Afinal, no seu espartilho poético, o soneto não lembra a cela, da qual toda a mulher se quer evadir?!
    Show book
  • A Escrava Isaura - cover

    A Escrava Isaura

    Bernardo Guimarães

    • 0
    • 0
    • 0
    Um dos maiores clássicos da literatura brasileira, reconhecido mundialmente pela novela realizada um século depois, este romance de 1875 narra a história da mulata clara Isaura, moça boa e inocente, admirada por todos e invejada pelas concorrentes. Fruto do desejo de Leôncio, herdeiro da fazenda onde vive, Isaura perde todas as esperanças de ser libertada, como a mãe de Leôncio havia prometido.  Mesmo sofrendo a pressão de sua mulher Malvina, Leôncio faz de tudo para não libertar Isaura, inclusive rejeitando os dez contos de réis que Miguel, pai de Isaura, havia conseguido juntar  com dificuldade para comprar a liberdade da filha. Mas este preço foi definido pelo pai de Leôncio, que não cumpriu a promessa quando do falecimento de seu pai. Sucesso de público e de crítica, esta história de amor, desejo e sofrimento é fundamental dentro da história da literatura brasileira do século XIX.
    Show book