Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
O lapidar de sonhos - cover

O lapidar de sonhos

Carlos Frederico

Publisher: Editora Scortecci

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Obra que envolve textos escritos em épocas diferenciadas, todavia possui uma unidade contextual no contos, minicontos, crônicas e poemas que bem relatam a maneira de ver o mundo e de gostar da vida. Há ficção e narrativas do cotidiano entrelaçadas com a poética.

Other books that might interest you

  • Viagem à volta da minha casa - Nos tempos do isolamento - cover

    Viagem à volta da minha casa -...

    Paula Cajaty

    • 0
    • 0
    • 0
    Os vinte e cinco textos que compõem esta coletânea trouxeram autores com sua escrita sobre os tempos do isolamento, causados pela pandemia da Covid-19, que modificaram os parâmetros de liberdade e obrigaram a população, em um contexto de ficção científica, a guardar distanciamento social e quarentenas obrigatórias dentro de casas, hotéis e até mesmo em seus próprios quartos. Os textos, incentivados pela Editora organizadora como forma de trazer lucidez e o entusiasmo de um projeto novo aos escritores confinados, são compostos de contos e crônicas de autores do Brasil e de Portugal, com suas percepções, criações artísticas e reflexões preciosas, constituindo mesmo um registro para os leitores interessados em descobrir um universo interior a ser desbravado. Alexandra Cunha, Ariela Maier, Árion Lucas, Arony Martins, Bruno Silva, Diego Kullmann, Ed Vasconcellos, Emmanuelle Rosa, Fania Benchimol, Jonatas Tosta, Liliana Pardini, Lucas Freitas, Luísa Costa Macedo, Manuella Queiroga, Monica Teles, Rafael Bassi, Raphael Lima, Rodrigo Vinholo, Rogério Devisate, Ronaldo Júnior, Silvio Gomes, Sofia Albuquerque, Tainá Aquino, Thassio Ferreira e Vitor Vicente foram os autores selecionados para compor esta obra a muitas mãos.
    Show book
  • Anna - cover

    Anna

    Otávio Furman

    • 0
    • 0
    • 0
    O universo de Anna é vasto. De conhecidaspaisagens paulistanas aos relatos ancestraisdo fascinante universo bíblico; ospersonagens de Otavio Furman habitam distintascamadas. Em flashes narrativos, o autorse vale da manipulação e reorganização deuma ampla coletânea de citações, trechosde pesquisas, fragmentos da história judaica,diálogos tomados do cotidiano e excertosde tantos outros livros. Para o narradordestas pequenas peças de prosa, o mundoé um compêndio a ser inserido entre aspas.Em “A viagem”, conto que abre este volume,um médico à beira do colapso usa aquilo quelê, ouve e imagina para, desesperadamente,encontrar algum sentido no caos de suaexistência. O narrador de Anna sustenta anecessidade convulsa de listar, pesquisar,catalogar.O espectro da literatura e da criação literáriatambém ronda essas páginas. Não setrata somente de uma reflexão sobre o atode escrever, mas de um registro dos detalhesque entremeiam a produção de um livro.As vozes de “editores” e pessoas que opinaramsobre a própria obra que o leitor temem mãos invadem a narrativa, vez ou outra,para, sempre entre aspas, sugerir cortes emodificações.
    Show book
  • A Rua do tempo - Uma escrita fora do mapa - cover

    A Rua do tempo - Uma escrita...

    Eduardo Carvalho

    • 0
    • 0
    • 0
    A escrita de Eduardo Carvalho é como uma inquietação singela. A beleza de suas crônicas está nos pequenos detalhes, no conforto do pertencimento, na beleza desensaiada de um Rio de Janeiro poético, como se estivéssemos sempre no meio do 'silêncio de um abraço muito, muito longo'. 'A rua do tempo: uma escrita fora do mapa' é um reencontro diário com a saudade de um tempo de outrora, uma sensação de acolhimento, um amor sublime, a contemplação sobre a alma da cidade singular, seja ela carioca ou francesa.
    Show book
  • Certas mulheres - cover

    Certas mulheres

    Augusto Cruz

    • 0
    • 0
    • 0
    A obra tem como tema central a mulher. Criando uma série de contos através de personagens diferentes, com idades, histórias, crises e perspectivas próprias, mas que possuem a qualidade de compor um universo feminino amplo, desmitificando a mulher padronizada e retomando o conceito da diversidade de gênero. Busca mostrar todas as variáveis que torna a Mulher um ser único e singular, mas nem por isso, previsível. Brincar com essa imprevisibilidade é o desafio dos Autores, cada qual com sua visão sobre esse complexo universo. Homem e mulher falando sobre o mesmo tema, mas colocando em suas criações suas idiossincrasias. Esse ?pingue-pongue? busca estimular o leitor e abre um amplo espectro para as reflexões femininas. A mulher solteira, a casada, a amante, a mãe generosa e a mãe egoísta. A mulher do lar e da vida. A mulher submissa e a guerreira... Todas essas mulheres fazem parte do enredo desta obra, que coloca a mulher como ponto focal e central, mas nem por isso, isenta de imperfeições. Certas Mulheres foi construído a quatro mãos, o feminino e o masculino escrevendo sobre um único tema: a Mulher e suas relações, paradoxos, medos, angústias e revelações.
    Show book
  • Entre as árvores - Conto erótico - cover

    Entre as árvores - Conto erótico

    Julie Jones

    • 0
    • 0
    • 0
    "Deslizando a mão pela barriga dela, sobre o quadril e acariciando sua perna, ele fez o que lhe foi dito e agarrou a barra do vestido e a puxou até a cintura. Deslizando os dedos por baixo dele, ele logo encontrou a cinta liga, e nada mais. Sem calcinha."Tenho a sensação de que você estava planejando seduzir alguém hoje à noite...", ele murmurou."A nova esposa de Harry, uma jovem deusa na casa dos vinte anos, brigava com ele constantemente. Se eles não estavam transando, estavam gritando um com o outro. Dessa vez, ele mereceu: esqueceu seu aniversário de 22 anos. Mas, em vez de deixá-la sair sozinha, ele a pegou como a criança mimada que ela era e a levou para um ambiente mais privado, mas não muito mais particular...Este conto erótico oferece sexo cru quente entre as árvores no Hyde Park.
    Show book
  • Contos Negreiros - cover

    Contos Negreiros

    Marcelino Freire

    • 0
    • 0
    • 0
    Ao abordar temas como a difícil inserção do negro na sociedade brasileira devido à herança escravocrata, os relacionamentos homossexuais, a exploração sexual de crianças e até o analfabetismo, Marcelino Freire não usa meias palavras. Ao contrário, seu texto, assim como sua leitura, é cortante, cheio de pontuações inesperadas. Sua visão não é a de um observador convencional, mas sim a de quem está em meio a um turbilhão de referências que hoje envolvem o homem brasileiro. No audiolivro Contos Negreiros, assim como em sua escrita, de personalidade forte, a leitura de Marcelino é marcada por um tom cortante, às vezes se arrastando como uma lamúria, às vezes ressoando entre as paredes como uma “bateção” de panelas. “Acho que meu texto e minha fala trazem a lembrança que tenho de minha mãe falando sem pausa, reclamando baixinho para si mesma, batendo panelas, como costumo dizer”, conta o autor.
    Show book