Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
O Médico Quântico - cover

O Médico Quântico

Amit Goswami

Publisher: alma dos livros

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Se existe alguma área da sociedade que precise de integração, é a da medicina. Os pontos fracos do modelo médico convencional tornaram-se claros há já algum tempo. Os seus procedimentos são demasiado invasivos e têm demasiados efeitos secundários adversos. Não existe um modelo médico convencional para o tratamento da maioria das doenças crónicas e degenerativas. Por último, mas não menos importante, a medicina convencional é dispendiosa.

Se a mente pudesse manipular as possibilidades infinitas que existem além do mundo material, nós, seres humanos, ver-nos-íamos cocriadores do mundo físico que se projeta à nossa volta e seríamos capazes de criar novas realidades. Em vez de sermos vítimas de doenças e distúrbios, poderíamos regressar a um estado de equilíbrio saudável e de vitalidade.

Quarenta anos após o início da revolução mente/corpo na medicina, não restam dúvidas de que existem ferramentas para conectar a mente e o corpo. O Médico Quântico responde com coragem e inteligência à necessidade de uma teoria abrangente da mente e do corpo e elimina a necessidade de qualquer modalidade médica afirmar que é o único caminho verdadeiro. O que este livro oferece é uma clareza total. E todos precisamos desesperadamente dela.

A FÍSICA QUÂNTICA NÃO É APENAS O FUTURO DA CIÊNCIA, É TAMBÉM A CHAVE PARA A INTERPRETAÇÃO E COMPREENSÃO DO UNIVERSO, DE DEUS, DA CONSCIÊNCIA, DA VIDA, DA MORTE E DO SENTIDO DA EXISTÊNCIA.
Críticas
«Todos nós precisamos desesperadamente de uma nova prática médica, pelo que tenho a esperança de que, em breve, os estudantes de medicina tenham de ler o médico quântico para obter a sua licenciatura.»
Deepak Chopra

Other books that might interest you

  • O Homem que Roubou Portugal - cover

    O Homem que Roubou Portugal

    Murray Teigh Bloom

    • 0
    • 0
    • 0
    Era uma vez um jovem empresário português que estava à beira da falência. Decidiu sentar-se diante da sua máquina de escrever a fim de engendrar um crime impossível. Às 23h30 finalizou as quatro páginas do documento que faria dele, no prazo de um ano, o homem mais rico de Portugal. Tinha, então, 28 anos de idade. Em novembro de 1924, Artur Virgílio Alves Reis, ou Alves dos Reis, como era mais conhecido, provocou o maior crime financeiro da História de Portugal. Sem recursos, exceto ousadia e audácia, adquiriu o poder de imprimir o dinheiro do seu país.
    
    O que parecia um plano com pouca eficácia de um homem com muita imaginação, acabou por causar problemas macroeconómicos inesperados. Desde o grande terramoto de 1755 que Portugal não sofria um abalo económico tão profundo. O valor da fraude foi calculado nuns extraordinários 2,6% do PIB da época. Nenhum outro golpe financeiro à escala global chegou sequer próximo desse porte. Tudo começou de forma simples, com uma falsificação que escalou descontroladamente - Alves dos Reis formou e capitalizou um banco, o Angola e Metrópole, através do qual a vilania se foi desdobrando e multiplicando, a tal ponto que esteve perto de nunca ter sido descoberta.
    
    Uma história inacreditável sustentada na imaginação fértil dos ignorantes, na segurança dos desinformados e na sorte absurda dos principiantes, que ajudou ao enfraquecimento da democracia e a décadas de ditadura em Portugal. O Homem Que Roubou Portugal do renomado jornalista americano Murray Teigh Bloom, narra a incrível história de Alves dos Reis, desde o momento da elaboração do golpe, até ao julgamento dos réus, em 1930, e que contou, nas audiências finais, com a presença de Fernando Pessoa cujas notas se incluem no final deste livro.
    Show book
  • Segredos Mortais - cover

    Segredos Mortais

    Robert Bryndza

    • 0
    • 2
    • 0
    Numa manhã gelada de inverno, uma mulher acorda e encontra o corpo ensanguentado da filha à porta de casa. Quem seria capaz de tal atrocidade?
    
    A detetive Erika Foster vive um momento de fragilidade devido ao último caso que resolveu, mas está decidida a liderar também esta investigação. Ao deitar mãos à obra, toma conhecimento de outros ataques cometidos na mesma zona pacata do sul de Londres onde o crime ocorreu. Um pormenor arrepiante liga-os ao homicídio - todas as vítimas foram atacadas por uma figura vestida de preto com uma máscara de gás.
    
    Erika procura um assassino cujo cartão de visita é aterrorizante. O caso complica-se quando descobre a teia de segredos que rodeia a morte da bela jovem.
    
    No entanto, ao juntar as pistas, Erika é forçada a confrontar memórias dolorosas do passado. Deve escavar bem fundo, manter-se concentrada e encontrar o assassino. Só que, desta vez, um elemento da sua equipa corre um perigo terrível...
    Críticas de imprensa
    «Meu Deus! Deem-me um momento enquanto recupero o fôlego! Adorei! Que livro! Que autor! Que leitura! Devoramos as páginas, e não conseguimos parar... cada reviravolta deixa-nos de boca aberta, com a cabeça a girar e o coração a bater descompassadamente.»
    Emma the Little Bookworm
    
    «Impressionante!... A história mantém-nos em suspense até ao fim. Sinceramente, não adivinhei quem era o assassino até a revelação ser feita. Muito bom!»
    Stardust Book Reviews
    
    «Robert Bryndza é uma lufada de ar fresco. Cria personagens de que não nos fartamos e histórias suculentas e complexas que nos prendem... Escreve com grande profundidade e emoção, e deixa-nos, como leitores, surpreendidos, muito entretidos e bastante satisfeitos.»
    What’s Better Than Books?
    
    «Robert Bryndza passou para o topo da minha lista de escritores de policiais preferidos depois de ler os seus outros livros... Este é fantástico!! A história prendeu-me na primeira página e não me largou até ao fim... Não se esqueçam de ler os outros também!! Cinco estrelas (dava mais se pudesse!).»
    Star Dust Book Reviews
    br/> «Oh, meu Deus! Emocionante! Adorei o livro… Têm mesmo de o ler!»
    A Page of Fictional Love
    
    «Um thriller que é uma montanha-russa de suspense sem limites! O fim, oh, o fim! Ainda estou de boca aberta! Este livro não vai desapontar!»
    The Book Addicted Boy
    
    «Um dos thrillers mais excitantes, dramáticos, tensos e convincentes que já li.»
    Bookaholic Confessions
    
    «De novo, uma leitura fantástica, devorada num dia, e depois fiquei a ressacar! Adoro esta série; as personagens estão muito bem desenvolvidas e sentimos empatia por elas.»
    Goodreads Reviewer, 5 estrelas
    Show book
  • Piadas para Todos Ed 29 - De Cara Nova! - cover

    Piadas para Todos Ed 29 - De...

    Edicase Publicações

    • 0
    • 0
    • 0
    A revista Piadas Para Todos está com novo design e conteúdo totalmente atualizado. Estamos em construção, como toda a sociedade. Nossa missão é oferecer piadas que divirtam toda a família, sem ofender as minorias. Por isso, retiramos do ar edições antigas que poderiam causar qualquer desconforto nesse sentido. Entendemos que é possível fazer rir com piadas inteligentes, educativas e inclusivas. Te convidamos para participar dessa revolução com nossa equipe. Prometemos muitos momentos de diversão em família.
    Show book
  • A Rapariga que Sobreviveu - cover

    A Rapariga que Sobreviveu

    Leslie Wolfe

    • 0
    • 2
    • 0
    Laura testemunhou a morte da família, mas o choque apagou-lhe da memória tudo o que aconteceu nessa fatídica noite. O assassino pode ser qualquer pessoa. Enquanto a polícia procura que ela se recorde do que sucedeu, o homicida vai tentar matar a única testemunha viva do crime: ela.
    
    Por puro instinto de sobrevivência, a menina de cinco anos escondeu- se até que os gritos acabassem. A seguir, um silêncio mortal invadiu a casa. Isto foi há quinze anos. Durante esse tempo, Laura Watson acreditou que o assassino da família se encontrava preso, aguardando a execução no corredor da morte. Mas, enquanto tenta seguir com a vida junto da família adotiva, não consegue libertar-se do medo e da incerteza de um dia se lembrar do que ocorreu. Quando uma aclamada psicóloga propõe a Laura ajudá-la a recuperar as lembranças, ela aceita, ansiosa por lançar alguma luz sobre o seu passado adormecido.
    
    O que não sabe é que, quanto mais mergulha nas memórias, mais se torna um alvo para o assassino, que está à solta e não pode permitir que a verdade seja desvendada.
    Críticas
    «Um thriller brilhante.»
    Amazon
    Show book
  • Tanto faz - cover

    Tanto faz

    Agliberto Cerqueira

    • 0
    • 0
    • 0
    Em 'Tanto faz', romance de Agliberto Cerqueira, um marqueteiro inescrupuloso e bon vivant vai trabalhar em Esunamerdon, país emergente e vizinho ao seu, com a promessa de vultosos ganhos e ai ncumbência de eleger o candidato (um palhaço) escolhido pela oposição. Durante a campanha, após apaixonar-se pela esposa do amigo que o convidara para o trabalho, entre outras relações e pares amorosos inusitados, ele percebe a iminente derrota e convence o partido a adotar um outro candidato (um cachorro muito querido pelo povo) para que ele vença a eleição e entregue o poder ao palhaço, o vice. Com essa estratégia, desencadeia-se uma desordem institucional divertida onde falta plano de governo e sobram denúncias, paixões e muita corrupção. Vitorioso, o marqueteiro volta ao seu país, constrói uma família tradicional e promete à esposa que jamais participará de novas campanhas. Mas, antes que o livro acabe, ele recebe um convite irrecusável.
    Show book
  • Histórias de Cemitério e Meia-Noite - cover

    Histórias de Cemitério e Meia-Noite

    Carla Luz

    • 0
    • 1
    • 0
    Terror com humor: dizem que 7 é conta de mentiroso, por isso esse livro tem 8 histórias.Você será apresentado a uma caveira desbocada, um medroso convicto, um marido esfomeado, à Morte, a um bloco de carnaval, um violeiro apaixonado, três irmãs e participará de uma reunião importante (principalmente para os escritores). Espero que aprecie o horário e o local. E por favor, não ligue para os palavrões da caveira.
    Show book