Don't put off till tomorrow the book you can read today!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Read online the first chapters of this book!
All characters reduced
Tolsty - Retratos de um amor por um cão - cover

Tolsty - Retratos de um amor por um cão

Beny Schmidt

Publisher: Editora CL-A Cultural Ltda

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Terceiro livro da Trilogia do Amor idealizada pelo autor, cada um deles falando sobre uma forma diferente de amar. Assim como as duas obras anteriores, o novo livro tem 12 capítulos, todos eles com a mesma estrutura: um poema, um arrazoado e uma personagem. Neles, o autor fala do amor desprendido e gratuito pelo seu cão, enquanto contempla também, de uma forma mais ampla, a relação do homem com os animais e com a natureza

Other books that might interest you

  • A linguagem da luz - cover

    A linguagem da luz

    Jorge Ortiz Robla

    • 0
    • 0
    • 0
    Como reconhece Ángel Guinda, a palavra poética de Jorge Ortiz Robla é fértil por ser tão primordial. Os quatro elementos (água, ar, fogo, terra) conformavam já chaves simbólicas nos seus dois primeiros livros: 'A simetria dos insectos' e 'Presbicia'. Reaparecem em A linguagem da luz. Emergem, a partir da sua estrutura profunda de pensamento, sentimento e desejo. Torna-se alentador que um poeta ainda jovem espalhe as sementes da elegia, visibilize liricamente a morte nesta época opaca que a oculta e despreza. Ortiz Robla avança através da transitoriedade do tempo, confirma-nos o que é luminoso, expansivo e frutífero no que é epifánico. Com a bela e sensível tradução da poeta Sandra Santos, A linguagem da luz, do poeta espanhol Jorge Ortiz Robla, é editado agora em português e aporta em Lisboa, a cidade iluminada e sempre saudosa, melancólica e orgulhosa de sua grande beleza.
    Show book
  • Bolo no casamento: Aeroplano - cover

    Bolo no casamento: Aeroplano

    Dedé Ribeiro

    • 0
    • 0
    • 0
    Dedé Ribeiro exibe faces distintas de sua dramaturgia. Em Bolo no casamento, ressalta as implicações psicológicas das imposições sociais. Em AeroPlano, mergulha nas armadilhas dos relacionamentos. Nos dois textos, destacam-se os diálogos rápidos e coloquiais, com ironia e humor, pontuando situações-limite. A autora se vale de sua vivência multidisciplinar (artista, professora, produtora e estudiosa de neurociência) para o cruzamento de vários mundos, questionando hábitos e crenças culturais.
    Show book
  • Aura - cover

    Aura

    Eliana Pichinine, Eliza Morenno,...

    • 0
    • 1
    • 0
    As poetas reúnem nesta obra uma pequena parcela desse pensar o contemporâneo a partir da premissa de Adorno, que vê uma outra apreensão do estético quando as várias práticas artísticas contemporâneas podem se reencontrar em inúmeras práticas sociais que se situam a meio caminho entre jogo, experimentação e crítica. Michel de Certeau relaciona esse processo como “criatividade dispersa, tática e de bricolagem” a qual um modo de apreensão do processo de criação é posto em evidência. Como vimos, o processo criativo de combinações na qual a arte aurática pode se dar, perpetra essa experiência e gera uma expectativa de uma semântica desnuda e singular. Esta é a obra que você está prestes a conhecer: o desaparecimento definitivo dessa insígnia do sagrado na arte contemporânea. Prefácio de Tatiana Pequeno. Apresentação de Moisés Guimarães.
    Show book
  • 40 - cover

    40

    Luis Maffei

    • 0
    • 0
    • 0
    Em 40, o autor, através de uma visão larga e profunda, passa por importantes estágios da existência, como nascimento, primeira infância, aquisição da língua, escola, adolescência e boa parte da idade adulta. Em cada poema, um estágio da vida e muitas de suas inúmeras experiências. Identificação, reconhecimento e indagação fazem repensar a existência e estão inclusas no processo, não só de Maffei, mas de quem se depara com seus poemas. O livro sai do ano 1974 e chega a 2014 trazendo, poema a poema, não apenas uma trajetória de vida, mas uma trajetória poética – a autobiografia é inevitável, mas  a memória que se constrói só há em partilha. Além disso, passeia por momentos históricos e datas festivas, com destaque para o Carnaval, período que marca a ocasião do nascimento do autor e, consequentemente, de seus aniversários, como é possível encontrar nos poemas “1974”, “1978”, “1992” e “2003”. O Carnaval acaba por ser uma metáfora forte do livro, assim como o incêndio do Edifício Joelma, em São Paulo, ocorrido dias antes do nascimento do poeta: vida e morte, festa e tragédia, de braços dados. Neste conjunto orgânico, é possível ter contato com muitas maneiras de a poesia se constituir. A já conhecida maestria formal do autor, que explora e inova a sextina, o soneto e outras formas fixas, não ignora a potência do verso livre e, em certos poemas, uma experimentação que toca limites radicais.
    Show book
  • Lobo de óculos - Trilogia onírica - cover

    Lobo de óculos - Trilogia onírica

    Carina Corá

    • 0
    • 0
    • 0
    “Cordélia: Terapia de grupo, luz de açougue, cadeiras milimetricamente ajeitadas em círculo. Eu vazia, eu sozinha no meio de um bando de gente. Eu humilhada pelos meus próprios pensamentos. Uma mulher que dorme. Uma batida rítmica da caneta de um homem sentado ao meu lado aguça minha percepção, eu sempre ouvi muito bem, me orgulho disso, uma das minhas poucas qualidades junto a um consumo extraordinário de remédios e uma prática constante de sexo.”
    Show book
  • Branca de Neve - Os contos clássicos - cover

    Branca de Neve - Os contos...

    Alexandre Callari

    • 0
    • 2
    • 0
    Originalmente um conto adulto do folclore oral europeu, Branca de Neve remonta séculos de tradição, mesmo antes de os irmãos Grimm a registrarem pela primeira vez. Versões magníficas da história, que impressionam pela inventividade, lirismo e crueza, nos trazem o modo de pensar de diferentes povos e épocas, correndo a Europa desde o século XVI. Fugindo ocasionalmente das formas livres às quais pertenciam, apareceram na literatura em diversas ocasiões. Seis dessas versões, inéditas em português, são neste livro traduzidas e comentadas pelo professor Alexandre Callari, também autor de “Mundo dos espelhos: lobos, sangue e neve”, conto escrito especialmente para esta publicação.
    Branca de Neve: os contos clássicos traz ainda um rico caderno ilustrado, contando em detalhes a trajetória da personagem na cultura contemporânea, com destaque para adaptações cinematográficas, animações e pastiches.
    Show book