Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Viagem à volta da minha casa - Nos tempos do isolamento - cover

Viagem à volta da minha casa - Nos tempos do isolamento

Paula Cajaty

Publisher: Jaguatirica

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Os vinte e cinco textos que compõem esta coletânea trouxeram autores com sua escrita sobre os tempos do isolamento, causados pela pandemia da Covid-19, que modificaram os parâmetros de liberdade e obrigaram a população, em um contexto de ficção científica, a guardar distanciamento social e quarentenas obrigatórias dentro de casas, hotéis e até mesmo em seus próprios quartos. Os textos, incentivados pela Editora organizadora como forma de trazer lucidez e o entusiasmo de um projeto novo aos escritores confinados, são compostos de contos e crônicas de autores do Brasil e de Portugal, com suas percepções, criações artísticas e reflexões preciosas, constituindo mesmo um registro para os leitores interessados em descobrir um universo interior a ser desbravado. Alexandra Cunha, Ariela Maier, Árion Lucas, Arony Martins, Bruno Silva, Diego Kullmann, Ed Vasconcellos, Emmanuelle Rosa, Fania Benchimol, Jonatas Tosta, Liliana Pardini, Lucas Freitas, Luísa Costa Macedo, Manuella Queiroga, Monica Teles, Rafael Bassi, Raphael Lima, Rodrigo Vinholo, Rogério Devisate, Ronaldo Júnior, Silvio Gomes, Sofia Albuquerque, Tainá Aquino, Thassio Ferreira e Vitor Vicente foram os autores selecionados para compor esta obra a muitas mãos.

Other books that might interest you

  • BÍBLICO O Evangelho segundo joão Vl 2 - O EVANGELHO - cover

    BÍBLICO O Evangelho segundo joão...

    paulo hott

    • 0
    • 0
    • 0
    O Evangelho de João, escrito pelo Apóstolo João, é diferente dos outros três evangelhos e contém muito conteúdo teológico em relação à pessoa de Cristo e o significado de fé. Mateus, Marcos e Lucas são frequentemente chamados de “Evangelhos sinópticos” por causa de seus estilos e conteúdos similares, e porque eles dão uma sinopse da vida de Cristo. O Evangelho de João não começa com o nascimento de Cristo ou Seu ministério terreno, mas com a atividade e características do Filho de Deus antes de Se tornar carne (João 1:14). O Evangelho de João enfatiza a divindade de Cristo, como é visto pelo fato de que ele usa frases como 'o Verbo era Deus' (João 1:1), 'o Salvador do mundo' (4:42), o 'Filho de Deus' (usado repetidamente), 'Senhor e...Deus' (João 20:28) ao descrever Jesus. No Evangelho de João, Jesus também afirma Sua divindade com várias declarações de “EU SOU” (compare com Êxodo 3:13-14). Mas João também enfatiza o fato da humanidade de Jesus, querendo mostrar o erro de uma seita religiosa de seu tempo, os Gnósticos, que não acreditavam na humanidade de Cristo. João deixa claro seu propósito principal ao escrever o evangelho: “Na verdade, fez Jesus diante dos discípulos muitos outros sinais que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram registrados para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome” (João 20:30-31).
    Show book
  • Debaixo do Sol - O boiadeiro e a Professora - cover

    Debaixo do Sol - O boiadeiro e a...

    Tulio Roberto Pereira Debia

    • 0
    • 0
    • 0
    Um ex jagunço tenta construir vida nova longe de seu passado em uma pequeno vilarejo do sertão nordestino. Mas a chegada de um homem misterioso e suas consequências o farão deixar sua aposentadoria para buscar justiça. Esse é o início de uma série de livros que resgatam a cultura da literatura pulp para o público de hoje.
    Show book
  • Auschwitz - Prisioneiro (sobrevivente) 186650 - Romance baseado na história de Francisco Balkanyi - cover

    Auschwitz - Prisioneiro...

    Maura Palumbo

    • 0
    • 0
    • 0
    'Tenho 88 anos e não vou viver para sempre. Por isso é muito importante continuarmos a contar essa história para que o mundo nunca se esqueça do que aconteceu.' Ao ouvir este trecho da entrevista de Francisco Balkanyi, Maura Palumbo decide ser a porta-voz dessa história.Francisco Balkanyi nasceu no Uruguai em 1928. Seus pais, húngaros, atendendo aos pedidos da família, decidem voltar para seu país. Assim, com menos de dois anos de idade, Francisco chega a Cakovec (hoje território da Croácia). Se ao menos pudessem imaginar o que os esperava...Em maio de 1944 Francisco e seus pais são levados para Auschwitz no primeiro trem de judeus húngaros. Aos quinze anos, Francisco passa a viver todo o drama de um campo de concentração. Libertado pelos norte-americanos no fim da guerra, retorna ao Uruguai para refazer a vida e finalmente se muda para São Paulo em 1971. O número 186650, tatuado no antebraço esquerdo e quase apagado pelo tempo, ainda é um sinal de sua vitória.Neste livro, Francisco Balkanyi e Maura Palumbo relatam as dolorosas situações que ele vivenciou no maior campo de extermínio humano e que devem ser um alerta para que as futuras gerações não se deixem levar por doutrinas que conduzam ao fanatismo.Leia um trecho:“O exército invadiu a casa, a papelaria, a livraria e a gráfica da família de Francisco. A ordem era para que todos os judeus se apresentassem na sinagoga. Uma lista dos judeus da cidade já havia sido providenciada, impossibilitando qualquer tentativa de fuga. A ameaça era clara: quem não se apresentasse seria capturado e fuzilado, e os reféns seriam mortos.— Eu ficarei com as chaves — disse o oficial a Lajos.Francisco ainda não conseguia assimilar a extensão do problema e, junto com seus pais, foi escalado para o primeiro transporte, acreditando que iriam permanecer juntos trabalhando na região rural de alguma cidade húngara.Mas Lajos, que havia trabalhado como ferroviário no final da Grande Guerra, antes de ir para o Uruguai, conhecia o caminho e percebeu que em determinado trecho da viagem o trem desviou em direção à Polônia. Neste destino os campos não semeavam vida...”
    Show book
  • Passado Presente - cover

    Passado Presente

    Wellington Vinícius Fochetto Junior

    • 0
    • 0
    • 0
    Crônicas diversas.
    Show book
  • Epístolas de barnabe explicadas - pseudo-epígrafos - cover

    Epístolas de barnabe explicadas...

    Escriba de Cristo

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro é mais uma obra de resgate do passado da Igreja cristã, da história do cristianismo. Aqui faremos uma análise de três documentos que são atribuídos ao apóstolo Barnabé, companheiro do apóstolo Paulo. As duas epístolas são de alto valor histórico porque foi escrita entre o final do primeiro século e o início do segundo século. De tamanho valor tem estes dois documentos que em muitas comunidades cristãs dos primeiros séculos, elas faziam parte do Novo Testamento. Somente no Concílio de Nicéia é que as epístolas de Barnabé foram definitivamente consideradas documento extra-bíblico, não podendo mais ser anexado aos códices. Quanto ao evangelho de Barnabé, não resta dúvida que se trata de uma falsificação muito posterior, provavelmente do século XIV e escrita ainda por algum muçulmano que visivelmente fez uma síntese dos evangelhos com uma roupagem islâmica. Um documento espúrio com a finalidade de muçulmanos fazerem proselitismo de cristãos. Nada mais que uma obra risível.
    Show book
  • Hipóteses - cover

    Hipóteses

    Leandro Bertoldo

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro recebeu o título de 'Hipóteses'. A palavra 'hipótese' refere-se à elaboração de suposição sobre algo possível ou não, extraindo-se dela uma consequência. Na verdade, o livro é produto das divagações do autor durante os anos de 1983 a 1985 e 1993 a 1996.Composto por 37 artigos, o livro apresenta conceitos visionários sobre o cheiro, a gustatividade, a porosidade, a magreza, a velhice, a economia e coisas semelhantes. Na maioria dos textos o autor procura dar um tratamento matemático, porém alguns deles escaparam desse crivo.O autor espera de coração que os assuntos tratados nesta obra sejam analisados com indulgência, pois são pontos difíceis que servem de referência para implantação de novas ideias.
    Show book