Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Uma nova polícia em ascensão no Brasil - Experiências das guardas civis municipais do Grande ACBDMR - cover

Uma nova polícia em ascensão no Brasil - Experiências das guardas civis municipais do Grande ACBDMR

Oséias Francisco Da Silva

Publisher: Scortecci Editora

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

As guardas civis municipais são órgãos constituintes da segurança pública desde sua previsão no parágrafo 8º do artigo 144 da Constituição Federal, ganhando força com a Lei Federal 13.022/2014, que regulamentou de maneira a expandir e clarificar suas competências gerais e específicas, e a Lei Federal 13.675/2018, que criou o Sistema Único de Segurança Pública, reservou um espaço destacado para as guardas municipais e estabeleceu o entendimento legal que segurança pública é dever da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Soma-se a isso o clamor social que colocou a segurança como uma das principais prioridades nas agendas públicas e institucionais. Os municípios são a realidade concreta e efetiva de onde as pessoas vivem, convivem e demandam aos prefeitos e vereadores, e deles esperam que suas reivindicações sejam atendidas. Nesse contexto, as guardas municipais ganham cada vez mais relevância e uma nova polícia se estabelece no cenário da segurança pública.
A pesquisa demonstrada neste livro aborda, de forma pioneira, o impacto da Lei Federal 13.022/2014, Estatuto Geral das Guardas Municipais, uma norma que regulamentou as competências gerais e específicas desses importantes órgãos da segurança pública. Atento estudioso da matéria, o autor desta obra, com sua larga experiência profissional e militância, vai a campo pesquisar diretamente com os operadores e gestores da segurança pública municipal o impacto da nova legislação do ponto de vista institucional e profissional. O resultado da pesquisa é apresentado no livro juntamente com uma ampla discussão sobre o lugar das guardas municipais no sistema de segurança pública. A pesquisa vai revelar as possibilidades do surgimento ou fortalecimento de uma nova polícia ou a manutenção de um modelo que assimilou características de outra instituição e as reproduz. No momento em que se discute a segurança pública no País, principalmente em virtude dos altíssimos índices de homicídios e baixíssima resolução dos inquéritos criminais, somados às críticas na gestão dos recursos humanos, materiais e financeiros das instituições, este livro ganha maior relevância. A obra traz uma importante contribuição ao debate quando não apenas se dedica a problematizar e desvelar características fundamentais das guardas municipais, mas, sobretudo, pelas propostas apresentadas para aperfeiçoamento, fortalecimento e desenvolvimento dessas corporações que se tornaram imprescindíveis para as cidades e para os cidadãos brasileiros. Boa leitura!

Other books that might interest you

  • 1967: Sublegendas Conflitos e Quase Impeachment - cover

    1967: Sublegendas Conflitos e...

    Lourembergue Alves

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro traz uma das facetas da história político-administrativa e político-eleitoral mato-grossense. Respirava-se o ar impuro do primeiro impacto da repressão, sempre alimentado pelos ventos uivantes de Atos Institucionais. A faceta ou situação vivida foi registrada em 1967, com a tentativa de aprovação do impedimento do engenheiro Pedro Pedrossian em continuar à frente do governo estadual. Tão logo ocorreu sua exoneração do quadro de funcionários da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, “a bem do serviço público”, agravou-se a economia regional, além de se intensificar a crise política. Crise que deixou à mostra as vísceras de um partido nascido com má-formação congênita. Ex-udenistas e ex-peessedistas, como partes da ARENA, digladiavam-se a todo tempo, reviviam velhas rixas, antigas pendengas. Parlamentares bateram boca no plenário da Assembleia Legislativa. Bate-bocas que tiveram eco em parte da população local. Ecoadas e continuadas pela imprensa. Imprensa que se dividiu em dois grupos: o a favor e o contra o governo Pedrossian. Quadro que se arrastou para além da votação do Projeto de Resolução, proposto pelo deputado estadual Júlio Abbott de Castro Pinto e subscrito por mais dezesseis parlamentares, e seguiu durante todo o mandato. Afinal, outro não era o objetivo único de ex-udenistas e ex-ADEMAT. Isso desde o instante da publicação da vitória eleitoral de Pedro Pedrossian contra Ludio Coelho, em 1965.
    Show book
  • Indicador Público - Práticas em políticas públicas para o estado de Roraima - cover

    Indicador Público - Práticas em...

    Marta Cacilda De Carvalho Rufino

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro foi escrito a partir de artigos voltados para políticas públicas, elaborados por até então, hoje egressos, alunos do último semestre do Curso Tecnólogo em Gestão Pública da Estácio Atual da Amazônia, atualmente Centro Universitário Estácio da Amazônia, no ano de 2013.
    Nele procurou-se apresentar as demandas sociais existentes no estado de Roraima e ressaltar a importância de projetos sociais em diferentes áreas de atuação que venham minimizar essas mazelas sociais.
    Show book
  • Sindicalismo: Da Expectativa Revolucionária à Crítica da Conformação Burocrática - cover

    Sindicalismo: Da Expectativa...

    José Santana da Silva

    • 0
    • 0
    • 0
    O sindicalismo surgiu como produto da luta dos trabalhadores e foi considerado uma promessa de contribuição para o processo de autoemancipação dos trabalhadores. A expectativa revolucionária em torno dos sindicatos foi se perdendo com o passar do tempo e com a burocratização dessas organizações. Posteriormente, os sindicatos passaram a ser criticados por sua burocratização e conservadorismo crescentes. José Santana da Silva aborda justamente o processo de análise dos sindicatos por autores que se tornaram célebres na discussão sobre as organizações sindicais e o sindicalismo, desde Karl Marx, passando por Lênin e Trotsky, até chegar a Anton Pannekoek. A presente obra é leitura fundamental para quem quer compreender as principais análises marxistas e pseudomarxistas dos sindicatos, bem como o seu significado nas lutas de classes contemporâneas.
    Show book
  • Representação política e cidadania no espaço da lusofonia (séculos XIX e XX) - cover

    Representação política e...

    Isabel Corrêa Da Silva, Cláudia...

    • 0
    • 0
    • 0
    Neste volume a ideia de representação política é abordada nas suas várias dimensões, tanto no sentido teórico como empírico, e por uma variedade de perspectivas disciplinares que vão da História à Ciência Política. Abarcando uma espacialidade que se estende do Brasil a Moçambique, os contributos aqui reunidos são trabalhos de síntese de investigação já consolidada sobre o tema, mas também resultados e reflexões de pesquisa nova, decorrente de teses de doutoramento e de mestrado recentemente terminadas.
    Show book
  • Legado de uma pandemia: 26 vozes conversam sobre os aprendizados para política pública - cover

    Legado de uma pandemia: 26 vozes...

    Laura Muller Machado

    • 0
    • 2
    • 0
    Ao longo do ano de 2020, a resiliência brasileira foi sistematicamente colocada à prova. Resiliência é a capacidade de lidar construtivamente com adversidades. Requer compreender a natureza da adversidade, adaptar-se para mitigar seus efeitos e aprender com as ações tomadas e com os resultados alcançados. A sociedade brasileira buscou entender o que estava acontecendo e se adaptar. Sai mais sábia de tudo isso. Livros foram e serão escritos sobre o que aconteceu; sobre como o Brasil buscou se adaptar; sobre seus erros e acertos. Uma análise do que aconteceu, em si, no entanto, não é o objetivo deste volume. Nosso foco é o que aprendemos com o que aconteceu; se saímos mais sábios e o que vamos fazer diferente no futuro. Para explicar o que aprendemos e como esses aprendizados mudaram ou estão mudando o Brasil, convidamos 26 ilustres colaboradores. Suas reflexões estão organizadas nos dezessete capítulos que formam este livro.
    Show book
  • Sonho sequestrado - Silvio Santos e a campanha presidencial de 1989 - cover

    Sonho sequestrado - Silvio...

    Marcondes Gadelha

    • 0
    • 0
    • 0
    Em 1989, finalmente o Brasil teria a primeira eleição presidencial direta pós-ditadura. A 15 dias do pleito, algo fora do comum aconteceu: Silvio Santos apresentou-se como candidato, tendo o senador paraibano Marcondes Gadelha como vice. Um clima tenso instaurou-se no país para muitos políticos, empresários e juristas. Para uma grande parcela da população, ao contrário, um clima de festa, pela entrada de um concorrente que reunia qualidades não encontradas nos outros candidatos.  
    A versão até hoje conhecida diz que a candidatura de Silvio Santos teve um fim natural, com o registro negado, pelo fato de que o PMB, partido de Silvio, não cumpriu determinadas exigências legais. 
    Este livro promove uma revisão histórica cuidadosa, mostrando que, na verdade, houve uma engenhosa e implacável conspiração para impedir a qualquer custo a candidatura do apresentador de TV, antes do primeiro turno, pela razão muito simples de que ele seria imbatível nas urnas.
    O final da trama mostra o processo decisório com características, estilo e ritos de uma eleição indireta. Com apenas um traço de originalidade: a toga substituindo a farda.
    Show book