Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Indicador Público - Práticas em políticas públicas para o estado de Roraima - cover

Indicador Público - Práticas em políticas públicas para o estado de Roraima

Marta Cacilda De Carvalho Rufino

Publisher: Cia do eBook

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Este livro foi escrito a partir de artigos voltados para políticas públicas, elaborados por até então, hoje egressos, alunos do último semestre do Curso Tecnólogo em Gestão Pública da Estácio Atual da Amazônia, atualmente Centro Universitário Estácio da Amazônia, no ano de 2013.
Nele procurou-se apresentar as demandas sociais existentes no estado de Roraima e ressaltar a importância de projetos sociais em diferentes áreas de atuação que venham minimizar essas mazelas sociais.

Other books that might interest you

  • Sonho sequestrado - Silvio Santos e a campanha presidencial de 1989 - cover

    Sonho sequestrado - Silvio...

    Marcondes Gadelha

    • 0
    • 0
    • 0
    Em 1989, finalmente o Brasil teria a primeira eleição presidencial direta pós-ditadura. A 15 dias do pleito, algo fora do comum aconteceu: Silvio Santos apresentou-se como candidato, tendo o senador paraibano Marcondes Gadelha como vice. Um clima tenso instaurou-se no país para muitos políticos, empresários e juristas. Para uma grande parcela da população, ao contrário, um clima de festa, pela entrada de um concorrente que reunia qualidades não encontradas nos outros candidatos.  
    A versão até hoje conhecida diz que a candidatura de Silvio Santos teve um fim natural, com o registro negado, pelo fato de que o PMB, partido de Silvio, não cumpriu determinadas exigências legais. 
    Este livro promove uma revisão histórica cuidadosa, mostrando que, na verdade, houve uma engenhosa e implacável conspiração para impedir a qualquer custo a candidatura do apresentador de TV, antes do primeiro turno, pela razão muito simples de que ele seria imbatível nas urnas.
    O final da trama mostra o processo decisório com características, estilo e ritos de uma eleição indireta. Com apenas um traço de originalidade: a toga substituindo a farda.
    Show book
  • A Concepção Anarquista da Comuna de Paris - cover

    A Concepção Anarquista da Comuna...

    Piotr Kropotkin, Nildo Viana,...

    • 0
    • 0
    • 0
    Como o anarquismo interpreta a Comuna de Paris? Dentre as interpretações anarquistas da Comuna de Paris se destacam as análises de Bakunin e Kropotkin. De um lado, o anarco-coletivismo de Bakunin observando, pouco tempo após a experiência comunarda, a luta revolucionária em Paris; de outro lado, o anarco-comunismo de Kropotkin analisando o significado da experiência comunarda e seus limites. Nildo Viana, por sua vez, efetiva uma análise crítica das duas abordagens anarquistas sobre a Comuna de Paris. Uma obra importante para quem quer conhecer o posicionamento anarquista sobre a primeira tentativa de revolução proletária da história.
    Show book
  • Manifesto democrático - cover

    Manifesto democrático

    Vieira Author

    • 0
    • 0
    • 0
    Manifesto Democrático
    Show book
  • Crítica da Internacional Situacionista - cover

    Crítica da Internacional...

    Gilles Dauvé, Jean Barrot

    • 0
    • 0
    • 0
    Jean Barrot, pseudônimo de Gilles Dauvé, apresenta uma forte crítica à chamada “Internacional Situacionista”, que tem como principais representantes Guy Debord e Raoul Vaneigem. Barrot analisa as deficiências do situacionismo, mostrando seus limites e vínculos com a sociedade burguesa. As noções de “espetáculo” e “subjetividade radical” são questionadas, bem como os laços da Internacional Situacionista com o “conselhismo” e o grupo Socialismo ou Barbárie. Em síntese, Barrot coloca que a Internacional Situacionista não ultrapassa os limites da sociedade capitalista. Em anexo publicamos um breve texto posterior assinado por Dauvé, no qual ele retoma e complementa a crítica do situacionismo.
    Show book
  • Marx enganou Jesus e Lula enganou os dois - cover

    Marx enganou Jesus e Lula...

    J. H. Dacanal

    • 0
    • 0
    • 0
    Os textos reunidos neste livro foram produzidos entre 1993 e 2006, escritos à parte do ensaio “As origens da democracia” e trazem gravadas as marcas explícitas do testemunho pessoal e do momento histórico. O autor acredita que seu valor maior está em insistir recorrentemente em fatos e dados que, apesar de recentes, parecem ter desaparecido da memória nacional, tragados pelas sucessivas e intempestivas mudanças e pela pregação fake de uma pseudoesquerda que perdeu seu rumo e discurso, bem como pela cegueira de uma elite intelectual despreparada para entender seu próprio tempo. Em estilo claro, ácido e contundente, J. H. Dacanal analisa nestes ensaios questões candentes da realidade brasileira das últimas décadas.
    Show book
  • Vem pra rua - a história do movimento popular que mobilizou o Brasil - cover

    Vem pra rua - a história do...

    Rogerio Chequer, Colin Butterfield

    • 0
    • 0
    • 0
    O Movimento Vem Pra Rua mobilizou e continua motivando milhões de brasileiros a fazer grandes mudanças na política do país. Olhando a multidão nas ruas gritando contra a corrupção, exigindo reformas e pedindo justiça, é difícil imaginar como isso tudo começou: duas pessoas que pensaram um Brasil melhor, dividiram com outros seus ideais e partiram para a ação.
    A história deste livro é a história da construção desse movimento. É sobre como o desejo de mudar começou, viralizou,
    ganhou mentes e apoios. Como se multiplicaram as convocações via redes sociais. Como os políticos foram pressionados. Como o Vem Pra Rua ajudou a criar uma nova cidadania. Cada um que se indignou com os desvios nos rumos da nação – e demonstrou essa indignação – faz parte desses novos tempos. E, de um jeito ou de outro, vai se encontrar neste livro.
    Show book