Turn 2021 into a year of reading!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Dispersão - cover

Dispersão

Mário de Sá-Carneiro

Publisher: Projecto Adamastor

  • 1
  • 2
  • 0

Summary

Esta obra é composta por doze poemas e a sua primeira edição foi revista quer pelo autor, Mário de Sá-Carneiro, quer pelo seu grande amigo, e também poeta, Fernando Pessoa.

Other books that might interest you

  • Pensamentos de uma aula - cover

    Pensamentos de uma aula

    Parnes Author

    • 0
    • 0
    • 0
    Reflexões de uma adolescente sobre assuntos diversos, crônicas sobre o dia-a-dia escritas de forma agradável e que geram grande empatia com público jovem.
    Show book
  • A Ruiva - cover

    A Ruiva

    Fialho de Almeida

    • 0
    • 7
    • 0
    Fialho de Almeida pertence àquela família de médicos que se tornam escritores porque vêem na literatura uma forma de medicina e na palavra um ácido corrosivo mas terapêutico. Fialho tomou a sociedade humana como um corpo cuja anatomia só podia ser conhecida depois de friamente dissecada a bisturi. O primeiro cadáver que ele cortou com os instrumentos cirúrgicos da literatura foi o da Ruiva, essa compleição de estátua num corpo de operária lisboeta, em 1878. Tinha vinte anos e o resultado é uma nova histologia social. Louis- -Ferdinand Céline, médico como ele, escreverá depois o breviário da profissão destes novos higienistas: saturar o negro do negro, saciar o veneno de veneno, porque as epidemias só desaparecem quando os micróbios se enjoam das suas toxinas.
    Show book
  • A Ilustre Casa de Ramires - cover

    A Ilustre Casa de Ramires

    Eça de Queirós

    • 2
    • 5
    • 0
    Desde as quatro horas da tarde, no calor e silêncio do domingo de junho, o Fidalgo da Torre, em chinelos, com uma quinzena de linho envergada sobre a camisa de chita cor-de-rosa, trabalhava. Gonçalo Mendes Ramires (que naquela sua velha aldeia de Santa Ireneia, e na vila vizinha, a asseada e vistosa Vila Clara, e mesmo na cidade, em Oliveira, todos conheciam pelo «Fidalgo da Torre»), trabalhava numa Novela Histórica, A Torre de D. Ramires, destinada ao primeiro número dos Anais de Literatura e de História, revista nova, fundada por José Lúcio Castanheiro, seu antigo camarada de Coimbra, nos tempos do Cenáculo Patriótico, em casa das Severinas.
    Show book
  • Clepsidra - cover

    Clepsidra

    Camilo Pessanha

    • 0
    • 1
    • 0
    "Clepsidra", título simbólico que se refere a um relógio antigo, de origem egípcia, que media o tempo pelo escoamento de água num recipiente graduado, é um importante testemunho do acolhimento português da poesia europeia finissecular, sobretudo o Simbolismo, articulado com a sensibilidade decadentista. É, na verdade, uma construção poética «cultivada como fragmento e representação difusa de uma realidade fugidia, a par do impulso para uma unidade remota, a consubstanciar na construção do livro». Trata-se, portanto, de uma obra que nos remete para as temáticas da efemeridade da vida, da perda, da inutilidade do que se faz ou se vive, da desistência, do receio e da ambiguidade.
    Show book
  • O Mistério da Estrada de Sintra - cover

    O Mistério da Estrada de Sintra

    Eça de Queirós, Ramalho Ortigão

    • 3
    • 9
    • 0
    No dia 24 de julho de 1870 uma carta enviada ao diretor do jornal Diário de Notícias chamou a atenção dos cidadãos de Lisboa. A carta continha o relato de um engenhoso seqüestro na estrada que leva a Sintra. Talvez fosse uma notícia inusitada para a época mas o que realmente ninguém esperava era o que estava para acontecer. A edição seguinte trazia uma nova carta que dava seqüência à misteriosa narrativa e depois dela outras mais. Mistério amor traição paixão ardente viagens exóticas e uma morte. O impacto foi tão grande entre os lisboetas que a polícia local se viu obrigada a realizar investigações na cena do crime.
    Show book
  • Salada no liquidificador - cover

    Salada no liquidificador

    Daniel Faconti

    • 0
    • 1
    • 0
    Este livro não segue uma linha, linguagem ou critério; é uma mistura de músicas, letras, contos, cartas, história; por isso o nome: Salada no liquidificador.
    Show book