Don't put off till tomorrow the book you can read today!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Read online the first chapters of this book!
All characters reduced
História & documentário: - artes de fazer narrativas fílmicas e linguagens imagéticas - cover

História & documentário: - artes de fazer narrativas fílmicas e linguagens imagéticas

Maria Clara Tomaz Machado, Cairo Mohamad Ibrahim Katrib

Publisher: Edições Verona

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Neste livro está em debate temas como História e ficção; arte e o real; veracidade e verossimilhança. Para tanto, a imagética, os documentários, o cinema aparecem como formas de ressignificar a vida, as experiências do cotidiano. As imagens e o filme não são só momentos para devaneios e fantasias. Eles também tem o propósito de fazer pensar, de aprender a lidar com a exploração, a violência e as injustiças sociais. Muitos deles são denúncias, outros nos levam a interrogar nosso presente.

Other books that might interest you

  • A câmera de Pandora - A fotografi@ depois da fotografia - cover

    A câmera de Pandora - A...

    Joan Fontcuberta

    • 0
    • 0
    • 0
    Oprimida pela tecnologia digital e deslocada de suas funções essenciais, a fotografia se transformou em outra coisa. Diante do desconcerto ou da cegueira, Joan Fontcuberta esmiúça aqui o que sobra: os restos da autenticidade, os restos do documentário, os restos de alguns valores que fizeram com que a fotografia moldasse o olhar moderno e contribuísse para a nossa felicidade. Fiel ao princípio de que uma fotografia vale mais do que mil mentiras, Fontcuberta elucida a natureza da nova fotografia (digital) e seus extravios. Daí derivam reflexões críticas e evocações poéticas que rastreiam os empenhos de uma pós-moderna câmera de Pandora que já não se limita a descrever nosso entorno, mas ambiciona pôr ordem e transparência nos sentimentos, na memória e na vida.
    A arte da luz aspira agora a ser a arte da lucidez.
    Show book
  • História da Música Clássica - cover

    História da Música Clássica

    Irineu Franco Perpetuo

    • 0
    • 0
    • 0
    Neste audiolivro,  o jornalista e crítico musical Irineu Franco Perpetuo conta a História da Música Clássica a partir da Idade Média, com seu cantochão. Depois, explica o que era a prática da polifonia, fala dos trovadores, da Ars Nova e da escola franco-flamenga.O autor aborda a obra dos principais compositores dos diferentes movimentos musicais – Renascimento, Barroco, Classicismo e Romantismo –, e acompanha a trilha das encenações operísticas, desde as primeiras manifestações do gênero até os grandes criadores de ópera da época romântica. Também explica com clareza o que fez cada um dos autores modernos: o controvertido Wagner e o revolucionário Debussy, além de Stravinsky, Villa-Lobos e Schöenberg, entre outros, numa história que segue pelos dias de hoje, chegando até a Philip Glass.Irineu Franco Perpetuo escreve sobre música para a Folha de S. Paulo e a revista Concerto. Também atua como professor, dando cursos sobre diferentes aspectos e períodos da história da música na Casa do Saber. Para ilustrar as informações, são utilizados sessenta trechos musicais, que dão ao ouvinte a verdadeira dimensão dessa arte que tanto mobiliza a humanidade. Com uma linguagem acessível para quem não tem conhecimentos profundos na área, esta obra tem todos os ingredientes para encantar quem simplesmente encanta-se com a música.
    Show book
  • Nada - cover

    Nada

    Levindo Carneiro

    • 0
    • 0
    • 0
    Fotografias do corpo humano sem nada, sem sexo, sem roupa, sem pudor
    Show book
  • Do diagrama às experiências rumo a uma arquitetura de ação - cover

    Do diagrama às experiências rumo...

    Jose Maria Montaner

    • 0
    • 0
    • 0
    Atualmente nos encontramos em um período de profunda transformação produtiva, social e de valores. Na arquitetura, além do avanço dos sistemas de representação arquitetônica e da evolução dos tipos construtivos, manifesta-se cada vez mais a necessidade de uma renovação profunda da teoria e da crítica.Este livro apresenta uma refundamentação teórico-prática da arquitetura a partir da vinculação explícita de três eixos instrumentais ligados a ela: os diagramas, as experiências e as ações. Por meio da exploração de conceitos, ferramentas e casos práticos emblemáticos, Josep Maria Montaner disseca, de um lado, o caráter abstrato das criações arquitetônicas que vêm sendo projetadas por meio dos diagramas, e de outro, a complexidade das experiências vivenciais e a intencionalidade das ações coletivas e criativas que buscam uma intervenção mais ativa e ética sobre a realidade. Um estudo que aproxima a arquitetura e o urbanismo da filosofia, da sociologia, da antropologia e da geografia, obrigando-os a sair dos limites de sua própria abstração e, finalmente, abrindo espaço para a experiência como contraponto ao despotismo da razão e do olhar único.
    Show book
  • Vira Viralatas - cover

    Vira Viralatas

    Levindo Carneiro

    • 0
    • 0
    • 0
    Vira-latas fotografados em varios estados do Brasil, no seus habitats
    Show book
  • Trabalho artístico e técnico na indústria cultural - cover

    Trabalho artístico e técnico na...

    Maria Aparecida Alves, Patrícia...

    • 0
    • 1
    • 0
    Este compilado com 14 artigos é resultado de pesquisas, estudos e reflexões elaboradas em diferentes perspectivas que informam a singularidade da materialidade das relações de trabalho observadas nesse campo de pesquisa, sobretudo em países latino americanos. 
    
    Dividido em 03 partes, sendo a primeira composta por oito artigos que analisam as relações e condições de trabalho no Brasil e na Argentina, em teatros públicos e estatais, bem como no trabalho intermitente observado em casas de shows, na produção audiovisual e na representação do trabalho em filmes contemporâneos que privilegiam o jovem nesse universo.
    
    A relação entre trabalho artístico e formação profissional é analisada em três artigos, em perspectivas diferentes. Assim, questões relacionadas à relevância das igrejas evangélicas (DE PAULA) e das Ongs (DOS REIS) na formação de músicos dialogam com as condições de trabalho do artista na carreira docente em uma instituição científica e pública (ARRUDA).
    
    Na terceira parte três artigos evidenciam questões metodológicas que informam o estreito diálogo entre o campo do trabalho artístico e dois outros universos de pesquisa: o trabalho no desenvolvimento de vídeo jogos (ZANGARO E MIGUEZ), no universo do jornalismo (FIGARO) e no artesanato (KELLER).
    Show book