Today could be the day that you start a whole year of unlimited reading!
Add this book to bookshelf
Grey 902feb64d8b6d481ab8ddda06fbebbba4c95dfa9b7936a7beeb197266cd8b846
Write a new comment Default profile 50px
Grey 902feb64d8b6d481ab8ddda06fbebbba4c95dfa9b7936a7beeb197266cd8b846
Read online the first chapters of this book!
All characters reduced 7236434c7af12f85357591f712aa5cce47c3d377e8addfc98f989c55a4ef4ca5
História & documentário: - artes de fazer narrativas fílmicas e linguagens imagéticas - cover

História & documentário: - artes de fazer narrativas fílmicas e linguagens imagéticas

Maria Clara Tomaz Machado, Cairo Mohamad Ibrahim Katrib

Publisher: Edições Verona

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Neste livro está em debate temas como História e ficção; arte e o real; veracidade e verossimilhança. Para tanto, a imagética, os documentários, o cinema aparecem como formas de ressignificar a vida, as experiências do cotidiano. As imagens e o filme não são só momentos para devaneios e fantasias. Eles também tem o propósito de fazer pensar, de aprender a lidar com a exploração, a violência e as injustiças sociais. Muitos deles são denúncias, outros nos levam a interrogar nosso presente.

Other books that might interest you

  • Musicalizando a Escola: música conhecimento e educação - cover

    Musicalizando a Escola: música...

    Carlos Eduardo Souza Campos Granja

    • 0
    • 0
    • 0
    A música é uma linguagem capaz de articular, ao mesmo tempo, as dimensões perceptiva e conceitual do conhecimento. Ela aproxima elementos aparentemente distintos, como razão e emoção, mito e logos, liberdade e disciplina, como nos mostra o Prof. Carlos Eduardo de Souza Campos Granja, em Musicalizando a escola; música, conhecimento e educação, 34o volume da Coleção Ensaios Transversais, que o selo Escrituras publica desde 1997.
    A prática musical envolve múltiplas inteligências (musical, lingüística, corporal, lógico-matemática, interpessoal, intrapessoal etc.), favorece a convivência e a colaboração entre as pessoas, além de propiciar o autoconhecimento corporal e psicológico. Apesar disso, muito pouco espaço tem sido reservado à música nos programas escolares.
    Se hoje em dia a música é quase sempre relegada a segundo plano na escola, o mesmo não se pode dizer do ponto de vista de uma retrospectiva histórica. A educação, em toda a Antiguidade, tinha a música como um de seus principais elementos. Na lendária sociedade pitagórica, surgida no século VI a.C., a música foi o centro de referência dos estudos filosóficos e metafísicos. Platão considerava que a música, juntamente com a ginástica, deveria constituir a base de toda a educação grega.
    A compreensão da música para além do fenômeno estritamente sonoro, ou como uma forma de pensamento analógico, ou ainda como um conhecimento que possui ao mesmo tempo características míticas e lógicas, são alguns dos aspectos que podem fundamentar projetos de integração da música na escola.
    Segundo o Prof. Campos Granja, “uma proposta de musicalizar a escola não pode se limitar apenas à inclusão da Música como disciplina escolar. Ela deve implicar um projeto de integração que ocorra não somente no nível dos conteúdos, mas também no nível da construção do conhecimento. É fundamental que haja uma articulação entre os momentos de elaboração conceitual e as atividades de natureza perceptiva.”
    A Coleção Ensaios Transversais, coordenada pelo Prof. Nílson Machado, da Faculdade de Educação da USP, trata de temas que articulam reflexões teóricas e ações cotidianas, em busca do que se poderia caracterizar como uma Scientia Activa, em busca de um debate aberto, que transcenda a mera reiteração de ecos e contribua efetivamente para a negociação e a partilha de significações. Tal fusão de horizontes é condição de possibilidade para um acordo no discurso, fundamental para a construção da cidadania.
    Show book
  • Samba Lelê - cover

    Samba Lelê

    traditional

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro de música contém a partitura original da música infantil brasileira "Samba Lelê" para piano e canto. Arranjo simples em Ré maior com a letra da música.
    Show book
  • Naturalmente Artificial - cover

    Naturalmente Artificial

    Levindo Carneiro

    • 0
    • 0
    • 0
    Retratos de animais em cenarios surpreendentes onde clicando, identifica o animal
    Show book
  • Que bicho que é? - cover

    Que bicho que é?

    Levindo Carneiro

    • 0
    • 0
    • 0
    Sombras de animais que surgem em paisagens brasileiras, toque na imagem para saber Que bicho que é?
    Show book
  • 1000 lendas da música: John Lennon Freddie Mercury de David Bowie a Michael Jackson - cover

    1000 lendas da música: John...

    Francesco Primerano

    • 0
    • 0
    • 0
    Artistas da música que temos tido tantos ao longo da história, mas nunca aconteceu que eles foram informados de todos juntos em um manual. O mundo inteiro gira em torno de mitos e lendas que fizeram um tempo de concertos, festivais, registros, festivais, abrangendo todos os gêneros possíveis, do rock ao pop, do country ao blues, de alma para rap, de balanço ao punk, do jazz ao hard rock, do reggae ao grunge. Esta é uma oportunidade para provar a todos, até a última nota. Em 2015 queremos celebrar o 100º aniversário da Frank Sinatra, Elvis 80, 70 e 75 de Bob Marley John Lennon. Nesse mesmo Lennon, 35 anos após seu assassinato, quer ser neste festival, um dos pioneiros da nossa música. Um ano especial porque quer também lembrar o 50º aniversário do Pink Floyd e The Doors e os 45 anos de carreira da rainha. É com a sua nova coleção que você pode ver o retorno do dueto Mercury-Jackson. Discos de Beatles e Rolling Stones, concertos de Vasco e Ligabue e talentos como Marley e Cobain, encontram-se neste texto, para celebrar a essência da música, a mesma música que nos fez saborear os néctares de nossas vidas.
    
    Di artisti musicali ne abbiamo avuti tanti nell'arco della storia, ma non è mai successo che venissero raccontati tutti insieme in un unico manuale. Tutto il mondo gira intorno a miti e leggende che hanno fatto un'epoca di concerti, rassegne, dischi, festival, abbracciando tutti i generi possibili, dal rock al pop, dal country al blues, dal soul al rap, dallo swing al punk, dal jazz all'hard rock, dal reggae al grunge. Questa è l'occasione giusta per gustarli tutti, fino all'ultima nota. Nel 2015 si vogliono celebrare i 100 anni di Frank Sinatra, gli 80 di Elvis, i 70 di Bob Marley e i 75 di John Lennon. Quello stesso Lennon che, a 35 anni dal suo assassinio, vuol essere, in questa festa, uno dei pionieri della nostra musica. Un anno speciale perché vuol ricordare anche il 50th anniversario dei Pink Floyd e dei Doors e i 45 anni di carriera dei Queen. È proprio con la loro nuova raccolta che si può notare il ritorno del duetto Mercury-Jackson. Dischi di Beatles e Rolling Stones, concerti di Vasco e Ligabue e talenti come Marley e Cobain, si ritrovano in questo testo, per festeggiare le essenze della musica, quella stessa musica che ci ha fatto gustare i nettàri della nostra vita.
    Show book
  • Arquitetura e política - Ensaios para mundos alternativos - cover

    Arquitetura e política - Ensaios...

    Jose Maria Montaner, Zaida Muxí

    • 0
    • 0
    • 0
    Arquitetura e política aborda uma das questões-chave da arquitetura contemporânea: a responsabilidade dos arquitetos para com a sociedade. Nestes cinco capítulos -Histórias, Mundos, Metrópoles, Vulnerabilidades e Alternativas- a obra segue um percurso histórico, que abrange desde o papel social dos arquitetos e urbanistas até a atual era da globalização. Por meio de temas como vida comunitária, participação, igualdade de gênero e sustentabilidade, o livro trata tanto das vulnerabilidades contemporâneas como das alternativas já experimentadas. Daí seu subtítulo Ensaios para mundos alternativos.
    Show book