Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Aurora boreal - cover

Aurora boreal

Maria Amélia Thomaz

Publisher: Editora Scortecci

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Este é o primeiro livro publicado da escritora mineira Maria Amélia Thomaz. Com leveza e sensibilidade ela nos surpreende com um estilo inovador e simples de contar histórias. Aurora Boreal se passa no interior de Minas Gerais, entre as décadas de 70 e 90. É uma história sobre o processo muitas vezes árduo, porém bonito, de superação perante os infortúnios da vida. Quando Guilherme chega da França, após concluir seus estudos, a sua vida desemboca num espiral de reviravoltas, amores brutos, sofrimento e superação. Uma história que fala fundo. O leitor irá se encantar com uma Minas bucólica, a fartura, os costumes, a paisagem, os tipos humanos. A Estância d´Água, propriedade da família de Guilherme, parece ter sentimento e vontade próprios, recebe sempre com amor.  Ao longo das reviravoltas, a autora nos brinda com o mugir confortante das vacas, o canto esperançoso dos pássaros, a calma do Rio Bicudo. Os ditos e os não ditos de dona Geralda, os modos de falar, a goiabada, o queijo, a sanfona. Sem abrir mão desse sentimento quase saudosista, que faz o leitor viajar por uma Minas que aos poucos deixa de existir, Maria Amélia não poupa das críticas alguns dos costumes conservadores que acabam por tolher a liberdade das pessoas, no seio da tradicional sociedade mineira. Tais críticas, feitas de forma elegante, e algumas pitadas de engajamento político completam o tecido da história.
Available since: 01/16/2019.

Other books that might interest you

  • Exposição - Liga Naval De Lisboa - cover

    Exposição - Liga Naval De Lisboa

    José de Almada Negreiros

    • 0
    • 1
    • 0
    Sorry, we have no synopsis for this book right now. Sign in to read it on 24symbols.com
    Show book
  • Charneca em Flor - cover

    Charneca em Flor

    Florbela Espanca

    • 0
    • 0
    • 0
    Obra-prima da portuguesa Florbela Espanca, publicada um ano após a sua morte, tem como principal tema o amor, reflexo de sua vida tumultuada, com muitos amores e separações. Uma vida atormentada, que a levou ao suicídio no dia em que completou 36 anos. Sua obra influenciou muitos outros autores e a coloca entre as grandes poetisas do século XX.
    Show book
  • Pensamentos de uma aula - cover

    Pensamentos de uma aula

    Parnes Author

    • 0
    • 0
    • 0
    Reflexões de uma adolescente sobre assuntos diversos, crônicas sobre o dia-a-dia escritas de forma agradável e que geram grande empatia com público jovem.
    Show book
  • Contos Para Velhos - cover

    Contos Para Velhos

    Olavo Bilac

    • 0
    • 0
    • 0
    Num livro raro para o grande poeta, o leitor terá a chance de conhecer os contos de Olavo Bilac. Publicado em 1897 sob o pseudônimo de Bob, essas historietas contam pequenos causos anedóticos, alguns com duplo sentido e bastante humor. Como não poderia deixar de ser, o poeta intercala algumas histórias com poemas, mostrando todo o seu talento.
    Show book
  • Causas da Decadência dos Povos Peninsulares - cover

    Causas da Decadência dos Povos...

    Antero De Quental

    • 0
    • 1
    • 0
    «Meus Senhores: A decadência dos povos da Península nos três últimos séculos é um dos factos mais incontestáveis, mais evidentes da nossa história: pode até dizer-se que essa decadência, seguindo-se quase sem transição a um período de força gloriosa e de rica originalidade, é o único grande facto evidente e incontestável que nessa história aparece aos olhos do historiador filósofo. Como peninsular, sinto profundamente ter de afirmar, numa assembleia de peninsulares, esta desalentadora evidência. Mas, se não reconhecermos e confessarmos francamente os nossos erros passados, como poderemos aspirar a uma emenda sincera e definitiva? O pecador humilha-se diante do seu Deus, num sentido acto de contrição, e só assim é perdoado. Façamos nós também, diante do espírito de verdade, o acto de contrição pelos nossos pecados históricos, porque só assim nos poderemos emendar e regenerar.»Antero de Quental
    Show book
  • O príncipe - cover

    O príncipe

    Nicolau Maquiavel

    • 0
    • 0
    • 0
    Sob a atmosfera agitada da Renascença e dominado pela ideia da unidade italiana, Nicolau Maquiavel escreveu "O príncipe". Na obra, que está entre as mais lidas da nossa literatura desde o século XVI, o autor tenta definir o poder, as formas de governo, as virtudes do soberano e uma nova ética do fazer político. Refletindo as condições da época, o combate às tradições medievais e uma abordagem livre de fatos históricos, esta obra é parte preponderante no legado essencial que Maquiavel deixou para a ciência política.
    Show book