Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Os Lusíadas - cover

Os Lusíadas

Luís Vaz de Camões

Publisher: epf

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Os Lusíadas é uma obra de poesia épica do escritor português Luís Vaz de Camões, considerada a "epopeia portuguesa por excelência". Provavelmente concluída em 1556, foi publicada pela primeira vez em 1572 no período literário do Renascimento, três anos após o regresso do autor do Oriente.
A obra é composta de dez cantos, 1 102 estrofes e 8 816 versos que são oitavas decassílabas, sujeitas ao esquema rímico fixo AB AB AB CC – oitava rima camoniana. A ação central é a descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da Gama, à volta da qual se vão descrevendo outros episódios da história de Portugal, glorificando o povo português.

Other books that might interest you

  • Amor E Amizade - cover

    Amor E Amizade

    Ralph Waldo Emerson

    • 0
    • 0
    • 0
    Amor e Amizade reflete a doutrina de Emerson e serviu de inspiração para importantes escritores como Walt Whitman, Emily Dickinson e Henry David Thoreau em Walden. Ralph Waldo Emerson nasceu em 25 de maio de 1803 em Boston e foi um famoso escritor, filósofo e poeta americano. Foi pastor em Boston, mas, abandonou a atividade por divergências doutrinárias.
    Show book
  • Por dentro da torre - memórias de um controlador de voo - cover

    Por dentro da torre - memórias...

    João Bosco de Assis Rocha

    • 0
    • 0
    • 0
    João Bosco de Assis Rocha relembra sua carreira marcada pelos avanços da tecnologia, pela mudança dos costumes e, obviamente, por acidentes famosos e curiosidades no cotidiano da torre de controle dos aeroportos de Belo Horizonte. Com suas memórias, resgata um tempo em que a importância do relacionamento pessoal e da atenção ao mundo real faziam a diferença entre profissionais experientes e responsáveis. O autor também critica o apego excessivo às ferramentas tecnológicas e da mudança no trato entre os diversos profissionais aviadores, em um mundo que paulatinamente vem desconsiderando o lado humano dos trabalhadores.
    Show book
  • Caminho das Pedras - Reflexões de uma atriz - cover

    Caminho das Pedras - Reflexões...

    Leona Cavalli, Ana Vitória...

    • 0
    • 0
    • 0
    Concebido a partir do trabalho da atriz Leona Cavalli com a dramaturga Ana Vitória Vieira Monteiro, o Caminho das Pedras é uma “jornada” de reflexão e atuação que objetiva ajudar os atores a compreender e planejar melhor sua carreira profissional, integrando vida artística, consciência pessoal e cidadania. Leona e Ana Vitória vêm desenvolvendo este trabalho desde 1999 em entidades culturais de várias cidades do país. Os eventos são sempre concorridos e freqüentemente algum participante sugere o registro das palestras em áudio ou em vídeo. As sugestões foram aceitas e Leona elaborou o texto e gravou-o em áudio. Ao todo são 22 capítulos, ou “pedras”, com temas como ilusão, família, ego e medo, entre outros, que levam os atores a compreender o seu papel e sua interferência na sociedade e no tempo, sendo estimulados a transformar os obstáculos. Além dos textos de cada uma das 22 “pedras”, a obra inclui o monólogo Máscaras de Penas Penadas, de Ana Vitória Vieira Monteiro, que é utilizado na vivência do Caminho das Pedras como um meio de apresentar os “cantos iniciáticos do ator”, como a própria autora informa no subtítulo da obra. O audiolivro contém as 22 “pedras” lidas por Leona Cavalli e o monólogo gravado pela atriz com trilha sonora de Chico César.
    Show book
  • O mestre dos abraços - um olhar humano sobre o sofrimento - cover

    O mestre dos abraços - um olhar...

    Celso Traub

    • 0
    • 0
    • 0
    Abraçar e acolher são duas palavras-chave neste livro do psicanalista Celso Traub. Seguindo a máxima grega "conhece a ti mesmo", o autor, que demarca sua posição questionadora e rejeita fórmulas prontas, dá saltos cronológicos, convidando os leitores a conhecer histórias atuais (ou atemporais) e narrativas passadas. Neste movimento pendular entre tempos distintos, deparamo-nos com as aspirações, frustrações, euforias, calmarias, conflitos e resoluções das personagens. Em outras palavras: experiências comuns a todos nós, humanos. Celso Traub mescla diálogos entre pacientes e psicanalista com os seus relatos pessoais, criando, assim, uma obra sensível e rica em que ficção, memória e biografia se confundem. Diante de temas delicados, o escritor opta por uma linguagem fácil e convidativa, para apresentar os bastidores das relações genuínas e significativas que nos fascinam como indivíduos. Não por acaso, o título do livro é uma homenagem ao pai do autor, personalidade cativante e essencial à obra, com quem o escritor mantinha uma relação especial. Surpresa, comoção, identificação e libertação são algumas das sensações despertadas pelos personagens-espelhos deste admirável livro "O mestre dos abraços: um olhar humano sobre o sofrimento", que é, desde a primeira página, um convite sedutor à leitura.
    Show book
  • Cultura da Paz - cover

    Cultura da Paz

    Marco Lucchesi

    • 0
    • 0
    • 0
    'Cultura da paz' reúne 44 ensaios escritos em forma de prosa poética, que surpreendem o leitor com o diálogo e a alteridade, em contraposição ao momento atual, marcado pela ausência de empatia e intolerância. Este é um dos raros livros do autor escrito com textos curtos e uma única entrevista. Nela, Lucchesi conversa com o filósofo Remo Bodei, morto em 2019. A obra foi editada e organizada para buscar criar um diálogo com o leitor.Tanto a escolha quanto a organização dos textos trabalham com a diferença e a diversidade, reunindo referências em diversas culturas, povos e nações. Cada texto remete o leitor a um diálogo com a tradição e valores que atualmente, mais do que nunca, deveriam ser repensados e avaliados por todos os seres humanos que ainda acreditam na capacidadeda admiração, indignação e, sobretudo, no fascínio dos verdadeiros textos com alto grau de poeticidade.
    Show book
  • Legião Urbana Dois - cover

    Legião Urbana Dois

    Dado Villa-Lobos, Charles Gavin,...

    • 0
    • 0
    • 0
    Antigos fantasmas permaneciam encastelados em Brasília. Em meados dos anos 1980, vivíamos sob a ameaça de uma distopia que se eguia com autoridade… Naquele ambiente, poucas bandas do BRock tiveram uma visão tão lúcida quanto a Legião Urbana. Corajosa, poética e visceral, sua música capturou com precisão os anseios e contradições daquela geração — e das que viriam depois. Lançado em julho de 1986, o segundo LP, intitulado simplesmente 'Dois', invadiu as rádios do país e foi totalmente abraçado pelo público. Era, porém, um sucesso diferente, onde canções íntimas se revezavam com a verbe politizada da Legião. Dois tornaria-se um dos discos mais relevantes da história do rock brasileiro. — Charles Gavin
    Show book