Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Mais forte que a água - O Baronato de Shoah - cover

Mais forte que a água - O Baronato de Shoah

José Roberto Vieira

Publisher: Editora Draco

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

'Conto de José Roberto Vieira que se passa no mundo de Nordara, universo da série de fantasia steampunk O Baronato de Shoah. Lyafar Vaz Klotzel não está em busca de justiça, vingança ou heroísmo. Ele busca apenas ''O Carcereiro'', um velho amigo que o traiu e destruiu tudo aquilo em que acreditava. Sua jornada pessoal em busca de redenção o leva a uma cidade que traz lembranças da época em que este pistoleiro era um rebelde anarquista contra minotauros escravagistas. Uma mistura entre fantasia e western, esta é uma história dentro de uma história de promessas e amizades.'
Available since: 08/03/2017.

Other books that might interest you

  • Uma Mensagem do Outro Lado do Mundo - cover

    Uma Mensagem do Outro Lado do Mundo

    Marlo Morgan

    • 0
    • 0
    • 0
    Uma Mensagem do Outro Lado do Mundo é o relato ficcionado da odisseia espiritual de uma mulher lançada involuntariamente numa longa viagem pelo interior da Austrália. Desafiada por uma tribo de aborígenes nómadas a acompanhá-la, Marlo Morgan segue numa expedição de quatro meses que vai mudar a sua vida para sempre.
    
    Esta aventura resulta no despertar para a sabedoria e para os ensinamentos do Povo Verdadeiro, o nome que a tribo atribui a si própria. Caminhando descalça através do calor intenso do deserto australiano, testemunha como os aborígenes prosperam em harmonia com a natureza, as plantas e os animais. Descobre o poder de certos métodos de cura, a relação com o universo e a conceção do sagrado.
    
    Desde o primeiro dia, é desafiada pelos requisitos físicos da jornada e enfrenta testes diários à resistência, como, por exemplo, ter de comer alimentos estranhos, ser enterrada até ao pescoço para limpar a pele dos odores da «civilização», enfrentar uma gigantesca tromba- d’água e, em contraste, atravessar o deserto mais árido.
    
    Com esta tribo extraordinária, a autora testemunha uma visão de vida original - baseada numa sabedoria ancestral com mais de cinquenta mil anos - e revela a sua derradeira transformação pessoal, trazendo aos leitores uma mensagem simples, mas poderosa: é preciso salvar e respeitar a vida na Terra.
    Críticas
    «A única forma de passar numa prova é fazendo-a. É inevitável.»
    Ancião Cisne Negro Real
    
    Críticas de imprensa
    «Um testemunho poderoso!»
    New York Times
    
    Nota do autor
    «Nasci de mãos vazias, morrerei de mãos vazias. Testemunhei a vida em toda a plenitude; de mãos vazias.»
    Marlo Morgan
    Show book
  • Mecanismos precários - Vaporpunk - cover

    Mecanismos precários - Vaporpunk

    Luiz Bras

    • 0
    • 0
    • 0
    Conto de Luiz Bras para a coletânea Vaporpunk: novos documentos de uma pitoresca época steampunk. Final do século 19. Um homem e uma mulher armados até os dentes levam às últimas consequências seu ódio e seu amor, numa luta feroz que abalará a Londres vitoriana.
    Show book
  • Casamentos e Alianças Reais na Europa - cover

    Casamentos e Alianças Reais na...

    Catherine Radziwill

    • 0
    • 0
    • 0
    Em tempos não muito distantes, os casamentos reais eram considerados dos eventos mais importantes do mundo político. A sua negociação era geralmente confiada aos diplomatas mais competentes, e os soberanos procuravam assumir alianças matrimoniais vantajosas para os países que governavam.
    A política estava na base dos casamentos entre as diferentes dinastias da Europa, sobrepondo-se aos sentimentos pessoais, e as relações entre os vários impérios e reinos dependiam consideravelmente da direção segundo a qual estas alianças eram contraídas. Exceções notáveis foram os enlaces estabelecidos por Luís XVI e, mais tarde, por Napoleão, quando pediu a mão da arquiduquesa Maria Luísa.
    
    Posteriormente, as coisas começaram a mudar, e tornou-se evidente que os sentimentos, as relações e os afetos pessoais também deveriam ser levados em conta. Assim, os soberanos e as respetivas famílias tiveram maior liberdade para escolher consortes sem interferência nem considerações políticas. Tal como os comuns dos mortais, podiam, afinal, casar-se e ser felizes de acordo com as suas paixões.
    
    Este livro é essencial para entender a política de bastidores e os matrimónios das famílias reais europeias ao longo do tempo. Escrito no primeiro quartel do século XX, procura dar vislumbres das ligações dinásticas das gerações vindouras, o que o torna, ao mesmo tempo, trágico e fascinante, pois, como sabemos, a maioria destas dinastias reais não sobreviveria à Grande Guerra.
    Show book
  • Segredos Mortais - cover

    Segredos Mortais

    Robert Bryndza

    • 0
    • 2
    • 0
    Numa manhã gelada de inverno, uma mulher acorda e encontra o corpo ensanguentado da filha à porta de casa. Quem seria capaz de tal atrocidade?
    
    A detetive Erika Foster vive um momento de fragilidade devido ao último caso que resolveu, mas está decidida a liderar também esta investigação. Ao deitar mãos à obra, toma conhecimento de outros ataques cometidos na mesma zona pacata do sul de Londres onde o crime ocorreu. Um pormenor arrepiante liga-os ao homicídio - todas as vítimas foram atacadas por uma figura vestida de preto com uma máscara de gás.
    
    Erika procura um assassino cujo cartão de visita é aterrorizante. O caso complica-se quando descobre a teia de segredos que rodeia a morte da bela jovem.
    
    No entanto, ao juntar as pistas, Erika é forçada a confrontar memórias dolorosas do passado. Deve escavar bem fundo, manter-se concentrada e encontrar o assassino. Só que, desta vez, um elemento da sua equipa corre um perigo terrível...
    Críticas de imprensa
    «Meu Deus! Deem-me um momento enquanto recupero o fôlego! Adorei! Que livro! Que autor! Que leitura! Devoramos as páginas, e não conseguimos parar... cada reviravolta deixa-nos de boca aberta, com a cabeça a girar e o coração a bater descompassadamente.»
    Emma the Little Bookworm
    
    «Impressionante!... A história mantém-nos em suspense até ao fim. Sinceramente, não adivinhei quem era o assassino até a revelação ser feita. Muito bom!»
    Stardust Book Reviews
    
    «Robert Bryndza é uma lufada de ar fresco. Cria personagens de que não nos fartamos e histórias suculentas e complexas que nos prendem... Escreve com grande profundidade e emoção, e deixa-nos, como leitores, surpreendidos, muito entretidos e bastante satisfeitos.»
    What’s Better Than Books?
    
    «Robert Bryndza passou para o topo da minha lista de escritores de policiais preferidos depois de ler os seus outros livros... Este é fantástico!! A história prendeu-me na primeira página e não me largou até ao fim... Não se esqueçam de ler os outros também!! Cinco estrelas (dava mais se pudesse!).»
    Star Dust Book Reviews
    br/> «Oh, meu Deus! Emocionante! Adorei o livro… Têm mesmo de o ler!»
    A Page of Fictional Love
    
    «Um thriller que é uma montanha-russa de suspense sem limites! O fim, oh, o fim! Ainda estou de boca aberta! Este livro não vai desapontar!»
    The Book Addicted Boy
    
    «Um dos thrillers mais excitantes, dramáticos, tensos e convincentes que já li.»
    Bookaholic Confessions
    
    «De novo, uma leitura fantástica, devorada num dia, e depois fiquei a ressacar! Adoro esta série; as personagens estão muito bem desenvolvidas e sentimos empatia por elas.»
    Goodreads Reviewer, 5 estrelas
    Show book
  • Sorriso de Vampiro - A Caçadora - cover

    Sorriso de Vampiro - A Caçadora

    Vivianne Fair

    • 0
    • 0
    • 0
    Quem nunca se apaixonou por um vampiro, que atire a primeira estaca.Jéssica levava uma vida simples até descobrir que seus pacatos pais – um dentista e uma professora – eram na verdade caçadores de vampiros. Pressionada para seguir a tradição da família, parte em uma viagem para provar de uma vez por todas que vampiros não existem e que seus pais precisam de terapia.Ao frequentar a universidade onde um suposto vampiro atua, faz amigos estranhos, uns tais otakus, e é perseguida por líderes de torcida e outros tipos populares. E antes que perceba, acaba se interessando por um rapaz que só pode ser vampiro – pálido, lindo, só sai à noite e tem cara de que usa muito delineador.Com o tempo Jéssica perceberá que a verdade vai bem além dos livros e acabará pondo em risco muito mais que o pescoço: o seu próprio coração.A Caçadora – Sorriso de vampiro é o primeiro romance da trilogia A Caçadora, de Vivianne Fair, autora que conquistou fãs pelas suas divertidas comédias românticas cheias de referências à cultura pop.
    Show book
  • A Arte da Guerra na Idade Média - cover

    A Arte da Guerra na Idade Média

    Charles William Oman

    • 0
    • 0
    • 0
    Sinopse
    
    A arte da guerra tem sido definida, de uma forma muito sucinta, como a arte que permite a um comandante suplantar as forças que se lhe opõem. Desse modo, encontra-se diretamente relacionada com uma variedade de áreas de conhecimento, das quais a estratégia e a tática militar são apenas duas das mais importantes.
    Além de lidar com a disciplina, a organização e o armamento, é uma arte que procura, por todos os meios e ferramentas à disposição, soluções que possam ser adaptadas com vista a aumentar a capacidade física ou moral de um exército.
    Esta obra foi escrita por um dos grandes medievalistas de Oxford, sendo um dos melhores relatos da arte militar na Idade Média, desde a batalha de Adrianopla (378 d.C.) à de Marignano (1515 d.C.).
    Críticas de imprensa
    «Um livro raro e uma investigação brilhante, escrito de forma sóbria e cativante.»
    The New York Times
    
    «Um dos melhores livros, senão o melhor, sobre história militar medieval já escritos. a desconstrução da ideia amplamente aceite de que os cavaleiros da europa eram apenas rapazes abastados a cavalo vale o preço do livro.»
    Goodreads, 5 estrelas
    Show book