Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Telefones úteis em casos de emergência - cover

Telefones úteis em casos de emergência

Jéssica Lusia

Publisher: EDIPUCRS

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

"Tenho um livro amarelo cheio de nomes. Nomes e números. E endereços também. Abra em qualquer página. Ligue para qualquer um. Diga qualquer coisa que faça essa pessoa pensar um pouco. Não importa quem ela seja. Pra eles importa quem eu sou. (...) Não é errado. Não existe crime nem castigo, só um incômodo, como um zumbido no ouvido, sou uma mosca ou uma abelha sem rumo, um pássaro semeando ervas daninhas."

Other books that might interest you

  • Ópera Selvagem - cover

    Ópera Selvagem

    Marizia Cezar

    • 0
    • 0
    • 0
    Book Song/Partituras: A todas as mães e cuidadores de seus entes queridos. Foi um tempo produtivo de muita inspiração e variedade de composições musicais desde 1982 durante o tratamento CA na infância por cinco anos corridos (com recaída), como num curso prático de resiliência de contato com os casos no hospital, e formação em Arteterapia, mas, embora tudo preservado Reg. EDA UFRJ RJ não houve oportunidade em tempo hábil para a divulgação, e estão inéditas, vozes caladas e esmaecidas nas gavetas das casas das várias cidades, mudanças para dar qualidade de vida à condição de sobrevivência sob os constantes cuidados maternos. Gestos positivos a todos! ( ) Sempre vale ter esperança com muita paciência para celebrar a CURA!
    Marizia Cezar
    Show book
  • Fernando Pessoa x Hélio Cícero - cover

    Fernando Pessoa x Hélio Cícero

    Fernando Pessoa

    • 0
    • 0
    • 0
    A série de audiolivros Fernando Pessoa 4 X 4 registrou em áudio os poemas de Fernando Pessoa, ele mesmo, e seus três principais heterônimos com quatro atores diferentes. Para gravar os escritos de Fernando Pessoa, ele mesmo, convidamos o ator Hélio Cícero, que trouxe para o estúdio toda sua afinidade com a obra do poeta português. Em 2009, quando fez as gravações, Hélio Cícero já trazia na bagagem várias temporadas de apresentação da peça O Fingidor, que mostra Fernando Pessoa em seus últimos dias de vida, quando se candidata disfarçado a uma vaga de datilógrafo, oferecida por um crítico literário, profundo conhecedor de sua obra.Contém os seguintes poemas, separados por faixas: 1 Cansa sentir / Um momento / Sonho 2 Teus olhos entristecem / Tenho tanto sentimento / Põe-me as mãos nos ombros / O que me dói 3 O maestro sacode a batuta / O andaime / Navegadores antigos 4 O amor / Não sei quantas almas tenho / Não quero rosas, desde que haja rosas 5 Liberdade / Não digas nada / A criança que ri na rua 6 Melancolia / Mais triste do que o que acontece / Isto / Intervalo 7 Além – Deus I – Abismo / II – Passou / III – A voz de Deus / IV – A queda / V – Braço sem corpo prendido a um gládio 8 Hora absurda 9 Guia-me a só a razão / Grandes mistérios / Esta espécie de loucura / Dormir! Não ter desejos nem esperanças 10 Feliz dia para quem é / É brando o dia, brando o vento / Fosse eu apenas / Elas são vaporosas (minuete invisível) 11 Glosa / Fúria nas trevas / Fresta / Entre a tormenta / Entre o luar e a folhagem / Entre o sono e sonho 12 Durmo / Dorme, que a vida é nada! / Dorme sobre o meu seio / Dorme enquanto eu velo 13 Dobre / Do fundo do fim do mundo / Deus não tem unidade / De quem é o olhar / Contemplo o que não vejo 14 Dá a surpresa de ser / Como incerta / Como uma voz de fonte / Conselho 15 Como inútil taça cheia / Começa a ir ser dia / Cessa o teu canto! / Chove, há silêncio / Como a noite é longa / Aqui onde se espera 16 Ao longe, ao luar / Andei léguas de sombra / Baladas de uma outra terra / Eros e Psique 17 Bate a luz no cimo / Autopsicografia / Abajur / A mão posta sobre a mesa / A frescura na face de não cumprir um dever / A ciênciaDuração: cerca de 1 hora
    Show book
  • Chão de Ouro; Poesias crônicas e pensamentos - cover

    Chão de Ouro; Poesias crônicas e...

    Rafael Conte

    • 0
    • 0
    • 0
    Esta obra é repleta de poemas, pensamentos e crônicas inspiradoras. Aborda temas como: amor, amizade, religiosidade, dedicatórias, fatos do cotidiano, e tantas outras facetas da vida.
    
    Prepare-se para sonhar, afinal, a poesia é essencial à existência humana.
    
    Homenagem póstuma ao autor Rafael Conte.
    Show book
  • Um Objeto cortante - cover

    Um Objeto cortante

    Alexandra Maia

    • 0
    • 0
    • 0
    Em “Um objeto cortante”, segundo livro da poeta Alexandra Maia, a força do feminino modela as palavras e as transforma em faca. Faca que corta, certeira, faca que rabisca imagens com a delicadeza necessária para colocar o leitor em um fio suspenso, equilibrado pela autora com maestria. Alexandra é íntima das palavras, faz delas corpo robusto, encarando a vida em sua complexidade, entre proximidades e distâncias intensas.
    Show book
  • O pulo que o gato ainda não deu - cover

    O pulo que o gato ainda não deu

    Bôulx Author, Cavalcante Author

    • 0
    • 0
    • 0
    Na busca da alma e do sentido da vida, levamos caminhos que conduzem para a interioridade: o próprio espaço interior se torna um lugar novo de experimentação ao turbilhão do dia a dia, como pano de fuga a dramaticidade vinda na superfície.
    
    Faz parte deste ensaio o projeto áudio livro objeto dedicado com atenção aos deficientes no geral e a todos os amantes da leitura. Sem começo de capítulos ou páginas, sem parágrafos ou ponto final, portanto a liberdade de iniciar a leitura de qualquer ponto.
    Show book
  • O curto verão das estações - cover

    O curto verão das estações

    Paulo Franco

    • 0
    • 0
    • 0
    O Curto Verão das Estações presenteia o leitor com um ríspido alerta e um suave alento, como se a alma do poeta submergisse para essas páginas em uma, talvez não tão clara, mas bem-sucedida missão. No interior deste livro reside uma voz que abraça a angústia global de maneira genuinamente profunda, mas ao mesmo tempo impessoal. Pontua-se aqui não apenas o momento, mas também o rompimento com o próprio momento, marcando inclusive a existência de um novo Paulo Franco em detrimento de si mesmo. Esta obra simplifica os duetos entre o concreto e o abstrato, o velho e o novo, o ruído e o silêncio, mas não é em nenhum momento contraditória, é simplesmente ampla, diante da contemporânea liquidez de ideias e ideologias, em tempos de um aprisionamento intelectual mascarado de liberdade expressiva.
    Show book