Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Representação política e cidadania no espaço da lusofonia (séculos XIX e XX) - cover

Representação política e cidadania no espaço da lusofonia (séculos XIX e XX)

Isabel Corrêa Da Silva, Cláudia Viscardi, Filipa Alves Raimundo

Publisher: Autografia

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Neste volume a ideia de representação política é abordada nas suas várias dimensões, tanto no sentido teórico como empírico, e por uma variedade de perspectivas disciplinares que vão da História à Ciência Política. Abarcando uma espacialidade que se estende do Brasil a Moçambique, os contributos aqui reunidos são trabalhos de síntese de investigação já consolidada sobre o tema, mas também resultados e reflexões de pesquisa nova, decorrente de teses de doutoramento e de mestrado recentemente terminadas.

Other books that might interest you

  • O Debate Marx-Bakunin sobre o Autoritarismo - cover

    O Debate Marx-Bakunin sobre o...

    David Adam

    • 0
    • 0
    • 0
    O debate entre Marx e Bakunin sempre é recordado, especialmente por anarquistas, para demonstrar que o primeiro é um representante do “socialismo autoritário”, em contraposição ao segundo, que seria um representante do “socialismo libertário”. O presente livro traz vários elementos para questionar tal versão da história. David Adam realiza uma reflexão fundamentada em fontes variadas e discursos dos dois autores para demonstrar que o suposto autoritarismo de Marx é uma acusação que não se sustenta, bem como Bakunin não está isento de um autoritarismo mais intenso. O prefácio enriquece trazendo novas questões para o debate, colocando a necessidade de ampliar e aprofundar a análise do referido debate entre os principais representantes do marxismo e do anarquismo.
    Show book
  • Introdução à Crítica da Ideologia Gramsciana - cover

    Introdução à Crítica da...

    Nildo Viana

    • 0
    • 0
    • 0
    Gramsci é um dos nomes mais destacados do pensamento social moderno. Ele se tornou uma das grandes referências do chamado “marxismo ocidental”. Apesar disso, sua obra não recebeu abordagens críticas, tal como ocorreu no caso de Marx, Lênin, Rosa Luxemburgo, entre outros. O livro de Nildo Viana é apenas um esboço de tal crítica, por isso “introdução” de uma obra mais vasta, que futuramente o autor pretende publicar sobre Gramsci. Apesar de obra introdutória, apresenta as ideias principais de Gramsci e realiza a sua crítica, inicialmente a partir da comparação com o pensamento de Karl Marx e depois em suas próprias contradições e limites, bem como distanciamento da realidade concreta.
    Show book
  • Resistência desobediência e consciência cívica: filosofia política para ativistas e cientes - cover

    Resistência desobediência e...

    Crisóstomo Ñgala, Tomás Júnior

    • 0
    • 0
    • 0
    Estratégias e políticas nunca são puras. É sempre conveniente manter a esperança e não a promessa. Nenhuma estratégia prevê todas as adversidades. Derrubar uma estrutura instaurada pode resultar em problemas, por vezes, que superam as soluções esperadas. Mas, quando as feridas abertas não se fecham facilmente, a medida mais acertada é o radicalismo, isto é, lançar-se em incertezas, ignorar a realidade, negar-se a todas as formas de negociação, deixar de ver as pessoas que mantêm o poder autoritário como pessoas, contudo, como obstáculo a remover.
    Show book
  • Marx e o Estado - cover

    Marx e o Estado

    David Adam

    • 0
    • 0
    • 0
    David Adam realiza, através de uma leitura rigorosa dos escritos de Marx, uma desmistificação da ideia falsa segundo a qual ele seria um estatista. Indo desde os escritos de juventude de Marx e chegando até os da maturidade, Adam mostra que ele sempre foi um crítico do Estado. David Adam esclarece a concepção de Estado em Marx, demonstrando que sua ideia de 'ditadura do proletariado' é mau interpretada, bem como mostra os equívocos de Bakunin em sua interpretação do autor de O Capital.
    Show book
  • Viva a Comuna de Paris! - cover

    Viva a Comuna de Paris!

    Pierre Leroy

    • 0
    • 0
    • 0
    A presente obra é uma saudação e um convite! É uma saudação, um sinal de admiração e respeito por essa primeira tentativa do proletariado em realizar sua revolução social e libertar a humanidade! Viva o proletariado! Viva a Comuna de Paris! Mas é também um convite. É uma convocação para que você participe e esteja presente na atualização da Comuna de Paris! Viver a Comuna de Paris significa trazer a Comuna para nossas vidas cotidianas e contemporâneas e revivê-la, restaurá-la, renová-la! Viver a Comuna de Paris! A Comuna de Paris está morta? Viva a Comuna de Paris! Sim, viver a Comuna é torná-la viva novamente, hoje, em ações para ressuscitá-la e fazê-la viver novamente. Em nossas vidas, em nossos objetivos.
    Show book
  • Reflexões sobre encarceramento feminino no Brasil - cover

    Reflexões sobre encarceramento...

    Isabela Laragnoit

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro aborda as principais questões inerentes ao encarceramento feminino no Brasil e propõe uma reflexão urgente sobre os sistemas de justiça criminal e penitenciário existentes no país, especialmente no tocante às mulheres presas.  
    “A ciência jurídica surgiu para regular a convivência e os interesses dos indivíduos num determinado tempo de um certo espaço geográfico. Portanto, ela é dinâmica, devendo atender aos interesses da evolução social e humanitária. Quanto ao aspecto penal, é necessário que haja um debruçar constante sobre o respeito aos princípios consagrados na Constituição Federal, além do cumprimento dos ditames humanitários. E essa obra é justamente a busca de publicidade das condições em que as mulheres, invariavelmente, negras e pobres, estão no encarceramento brasileiro. Necessária a leitura dos depoimentos, imprescindível a observação dos dados assombrosos em que mulheres e suas crias, recém chegadas ao mundo, estão inseridas. São assombrosos esses dados retratados nesse livro, pois muitas delas estão em tais condições, sob o arrepio da lei pátria!”
    Rosa Malena de Andrade Rocha – professora e advogada
    Show book