Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
O Caso do Século - cover

O Caso do Século

Helmut Ortner

Publisher: alma dos livros

  • 1
  • 0
  • 0

Summary

O Caso do Século é a história fascinante e real de um dos julgamentos mais controversos de sempre e traz-nos os factos históricos que acompanharam um processo que durou sete anos. Uma história que dividiu a nação americana na década de 1920 e mobilizou multidões em protesto por todo o mundo (inclusive em Portugal).

A história lendária de Sacco & Vanzetti é até hoje, nos cursos de Direito, um exemplo obrigatório de como o sistema jurídico pode ser falacioso quando politiza e atua em consonância com convicções ideológicas e interesses obscuros.

Denunciados por um assalto a uma sapataria, seguido de homicídio, Nicola Sacco e Bartolomeo Vanzetti foram condenados num processo cheio de falhas, tendo sido eletrocutados no estado do Massachusetts a 23 de agosto de 1927.

Eles não mataram ninguém. Não roubaram ninguém. O seu único crime foi terem-se organizado em torno das suas visões políticas, o que se revelou suficiente para que a justiça os condenasse à morte.

Nas décadas seguintes, alargou-se o debate sobre aquele que provavelmente foi um dos maiores erros judiciários de sempre, arremessando para a cadeira elétrica dois italianos sonhadores, ingénuos e revolucionários.
Críticas
«Sacco & vanzetti não podem morrer.»
America, Allen Ginsberg
Available since: 08/18/2021.

Other books that might interest you

  • O Executor - cover

    O Executor

    Helmut Ortner

    • 0
    • 0
    • 0
    Envolto em mistério até aos nossos dias, o nome do juiz Roland Freisler está fortemente ligado ao sistema judicial da Alemanha nazi. Além de de Secretário de Estado do Ministério da Justiça do Reich, Freisler foi o presidente do Tribunal do Povo — o homem diretamente responsável por milhares de sentenças de morte. 
    O Tribunal do Povo nazi escreveu um dos capítulos mais sombrios da história alemã, já que foi o tribunal que decretou a maioria das sentenças de morte na Alemanha de Hitler e tinha apenas uma função: liquidar toda a oposição ao regime de Hitler. 
    Os interrogatórios do Tribunal do Povo eram filmados com a intenção de se usarem posteriormente as imagens como propaganda. Quase todos os réus eram considerados culpados e condenados à morte por enforcamento, com as sentenças executadas no prazo de duas horas após a aprovação dos veredictos.
    O domínio das leis e a destreza verbal nos tribunais fizeram de Roland Freisler o juiz mais temido do terceiro Reich. Nos seus interrogatórios, alternava entre a frieza e a ação metódica com a impulsividade, os gritos e furiosas exaltações teatrais exercidas contra os réus.
    Esta é a história, manchada de sangue, de um juiz implacável, numa época sem piedade, uma personagem enigmática, terrível e desprovida de coração, que foi morta em fevereiro de 1945 durante um ataque aéreo dos Aliados.
    
    Críticas de imprensa
    «Helmut Ortner descreve na perfeição o demónio Freisler e o mundo de terror nazi.»
    Der Spiegel
    
    «O Executor de Helmut Ortner é de leitura obrigatória para todos os amantes de História.» 
    Neues Deutschland
    
    «O livro de Ortner expõe toda uma elite alemã que não perdeu relevância, mesmo depois de passados muitos anos desde o fim da Segunda Guerra Mundial.» 
    Literaturkritik.de
    Show book
  • O Caminho Secreto da Alma - cover

    O Caminho Secreto da Alma

    James Allen

    • 0
    • 0
    • 0
    O Caminho Secreto da Alma é um livro breve, mas poderoso, destinado a quem aspira a uma vida calma e plena de significado. Uma síntese brilhante sobre como encontrar e viver segundo os desígnios mais profundos do ser humano. A chave para uma vida melhor não é complexa, mas exige dedicação e entrega. Segundo James Allen, quando se alcança a realização no quotidiano, toda a vida se transforma e pode-se experimentar uma alegria incomensurável, extensível a qualquer ser. Somente os sábios, aqueles cujos pensamentos são retos e purificados, conseguem que os ventos e as tempestades da alma lhes obedeçam.
    
    A alma não lamenta aquilo que foi, é ou será. Antes procura perpetuamente o bem e encontra sabedoria no que acontece. O medo não pode viver onde existe sabedoria. Dúvida, ansiedade e preocupação são sombras sem substância da personalidade e não incomodam quem sobe as luminosas montanhas da alma.
    Nota do autor
    «Mais cedo ou mais tarde, descobrimos que somos os mestres jardineiros da nossa alma. Os únicos governantes da nossa vida.»
    James Allen
    Show book
  • O baú do Raul - cover

    O baú do Raul

    Raul Seixas, Kika Seixas, Nelson...

    • 0
    • 0
    • 0
    A matamorfose ambulante, o maluco beleza, a mosca na sopa. O início, o fim e o meio. Este é o mito Raul Seixas, que ultrapassa gerações e se mantém cada vez mais vivo com o passar dos anos. Aqui você ouvirá suas lembranças e histórias desde criança, em todas as suas facetas. Entre e ouça a intimidade de Raul através de seus manuscritos e lembranças de amigos, um sujeito que como poucos viveu as transformações do século XX. Por isso mesmo, um Raul Seixas às vezes brincalhão, triste, frágil, angustiado, sarcástico...mas sobretudo irreverente. Pegue carona nessa cauda de cometa.
    Show book
  • O Tempo das Ilusões Perdidas - cover

    O Tempo das Ilusões Perdidas

    Alain Alain-Fournier

    • 0
    • 1
    • 0
    Numa pequena aldeia francesa, o pacato François Seurel, de 15 anos, narra a história da sua amizade com o alto e exuberante Augustin Meaulnes, dois anos mais velho. Mesmo com temperamentos muito diferentes, os rapazes desenvolvem um forte laço de lealdade.
    Impulsivo, imprudente e heroico, Meaulnes incorpora o ideal romântico da juventude, a busca do inatingível. Todos ficam cativos da sua aparência, ousadia e carisma.
    
    Certa manhã, Meaulnes perde-se a caminho da estação onde fora buscar os tios de François. Nas suas tentativas frustradas de encontrar o caminho, chega a uma propriedade com uma casa misteriosa. Exausto, adormece. Quando desperta, vê-se envolto numa atmosfera de sonho, plena de gente e de música. E há uma bela rapariga e uma alegria que se espalha pela grande casa e que domina o pátio e os bosques em redor. Quando tudo acaba, vê na noite aquela terra desaparecer no pó que as carruagens levantam na estrada. De regresso à aldeia, conta tudo a François, e o reencontro com aquele mundo perdido passa a ser a obsessão comum.
    
    E a vida de ambos jamais será como antes.
    Críticas
    «Um dos livros que mais me influenciaram. Adoro o herói deste romance.»
    Henry Miller
    
    «Um dos maiores romances da literatura europeia.»
    John Fowles
    
    Críticas de imprensa
    «Uma das 100 melhores obras do século XX.»
    Le Monde
    Show book
  • Tu és o Mestre do teu Destino - cover

    Tu és o Mestre do teu Destino

    James Allen

    • 0
    • 0
    • 0
    Existe, e sempre existiu, uma crença generalizada na sorte ou no destino, ou seja, num poder eterno e insondável que atribui fins bem definidos às pessoas e à humanidade. Certos acontecimentos não se podem controlar nem evitar. O nascimento e a morte, por exemplo, são inevitáveis, e muitas das ocorrências da vida parecem sê-lo igualmente.
    
    O homem esforça-se para a realização de certos fins e, gradualmente, vai tomando consciência de um poder que parece não ser dele e que frustra os seus débeis esforços, rindo, por assim dizer, do seu empenho e dos seus combates infrutíferos.
    
    Porém, contrariamente ao que possa parecer, o homem tem a liberdade de escolher o seu caminho e de moldar o seu destino: e os esforços pacientes e incansáveis que promove para a realização dos seus fins são declarações de consciência da liberdade e do poder.
    
    O homem é o criador das suas próprias ações; como tal, é o criador do seu caráter; é ele quem molda o seu destino e lhe dá forma. Tem o poder de modificar os seus atos, e altera o seu caráter de cada vez que age; e, com a modificação do seu caráter para o bem ou para o mal, predetermina para si novas realidades.
    
    Ele é o mestre do seu destino!
    Críticas
    «Um pequeno livro repleto de sabedoria. É tão poderoso quanto as restantes obras de James Allen. Altamente recomendado!»
    Leitor Amazon, 5 Estrelas
    Show book
  • No caminho da santidade - A vida de Marcelo Câmara um promotor de justiça - cover

    No caminho da santidade - A vida...

    Maria Zoê Bellani Lyra Espindola

    • 0
    • 0
    • 0
    Um testemunho de vida incrível para os tempos atuais.
    Jovem, leigo, professor, promotor de justiça, Marcelo Câmara deixou esta vida em 20 de março de 2008 com fama de santidade.
    Esta obra narra a trajetória de alguém que buscou santificar-se na vida cotidiana, ordinária, em meio às realidades temporais, celebrando as alegrias e carregando as cruzes da sua existência, sobretudo identificando-se com o sofrimento redentor de Cristo no oferecimento da sua enfermidade (leucemia), vivida com alegria e paz cristã.
    Retrata a essência da santidade como a abertura generosa e constante à graça de Deus, e nos abre os olhos para o verdadeiro milagre da caridade – realizar as atividades mais comuns, aparentemente sem qualquer transcendência, com o coração grande, voltado para Deus, conferindo-lhes, assim, valor de eternidade.
    No começo deste terceiro milênio, em meio aos desafios de um mundo altamente secularizado, nos confirma que a santidade é um chamado para todos.
    É possível ser jovem, e ser santo. Mais que isto, é preciso!
    Show book