What's better than reading? Reading withour limits :D
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Read online the first chapters of this book!
All characters reduced
Meu irmão, meu amigo - cover

Meu irmão, meu amigo

Francisco Paiva De Carvalho

Publisher: Selo Off Flip

  • 0
  • 2
  • 0

Summary

Dois irmãos. Dois grandes amigos. José Maria e Joaquim têm uma ligação muito forte de amor, admiração e cuidado um com o outro. Dois irmãos inseparáveis, que não deixariam de estar lado a lado nem mesmo se o acaso ou o destino tentassem impor o seu afastamento. Uma semana antes das férias escolares de julho, devido a um trágico acidente, eles são obrigados a se separar para sempre. Mas José Maria acaba criando uma estratégia e, assim, consegue preservar o irmão do sofrimento incontido que parecia inevitável. Uma história comovente, de amor e lealdade, que vai emocionar os leitores que acompanharem as aventuras desses dois meninos irmãos.

Other books that might interest you

  • Aprenda Búlgaro - Rápido Fácil Eficiente - 2000 Vocabulários Chave - cover

    Aprenda Búlgaro - Rápido Fácil...

    Pinhok Languages

    • 0
    • 0
    • 0
    Este livro contém uma lista de vocabulários com 2000 das palavras e frases mais comuns ordenadas pela frequência de utilização na conversação diária. Com base na regra 80/20, este livro de vocabulário garante que aprende primeiro as principais palavras e estruturas de frases para ajudá-lo a progredir rapidamente e a manter-se motivado.
     
    Quem deve comprar este livro?Este livro destina-se a estudantes principiantes e intermédios de inglês que são automotivados e estão dispostos a passar entre 15 a 20 minutos por dia a aprender vocabulário. A estrutura simples deste livro de vocabulário deve-se à eliminação de tudo o que é desnecessário, permitindo que o esforço de aprendizagem incida apenas sobre as partes que contribuem para fazer o maior progresso no menor período de tempo. Se estiver disposto a dedicar 20 minutos a aprender vocabulário todos os dias, este livro é muito provavelmente o melhor investimento que pode fazer se tiver um nível principiante ou intermédio. Ficará surpreendido com a rapidez do progresso em apenas algumas semanas de prática diária.
     
    Quem não deve comprar este livro?Este livro não é para si se for um estudante avançado de inglês. Neste caso, aceda ao nosso website ou procure o nosso livro de vocabulário em inglês, que inclui mais vocabulários e está agrupado por tópicos, o que é ideal para os estudantes com um nível avançado que pretendam melhorar as respetivas capacidades linguísticas em determinadas áreas.Além disso, se pretende um livro de aprendizagem de inglês completo que o guie pelas várias etapas de aprendizagem do inglês, este livro também não é provavelmente o que está à procura. Este livro contém apenas vocabulários e esperamos que os compradores aprendam elementos, tais como gramática e pronúncia, através de outras fontes ou de cursos de línguas. O ponto forte deste livro é a orientação para a aquisição rápida de vocabulários essenciais, que é obtida através da informação que muitas pessoas podem esperar num livro de aprendizagem de línguas convencional. Tenha em atenção este facto quando comprar este livro.
     
    Como utilizar este livro?Idealmente, este livro deve ser utilizado todos os dias e o estudante deve rever um número definido de páginas em cada sessão. O livro está dividido em secções de 50 vocabulários que lhe permitem avançar passo a passo no livro. Por exemplo, digamos que está atualmente a rever os vocabulários 101 a 200. Quando souber muito bem os vocabulários 101 a 150, pode começar a aprender os vocabulários 201 a 250 e, no dia seguinte, saltar os vocabulários 101 a 150 e continuar a rever os vocabulários 151 a 250. Desta forma, passo a passo, avançará no livro e as suas competências linguísticas aumentarão com cada página que dominar.
    Show book
  • O Juiz e a Prova - Estudos da errônea recepção do brocardo iudex iudicare debet secundum allegata et probata non secundum conscientiam e sua repercussão atual - cover

    O Juiz e a Prova - Estudos da...

    Joan Picó I Junoy

    • 0
    • 0
    • 0
    Um dos maiores equívocos existentes na processualística, com graves consequências práticas até os dias de hoje, começou quando se alterou o correto brocardo - iudex iudicare debet secundum allegata et probata, non secundum conscientiam -, através de uma pequena modificação que introduziu, por um lado, a palavra ?partium? ou a ?partibus?, e, por outro, silenciou sobre a expressão - non secundum conscientiam. Com esta pequena alteração, muda-se totalmente a verdadeira função do princípio que era originalmente a de impedir qualquer influência do conhecimento privado do juiz sobre os fatos litigiosos e não limitar os poderes instrutórios do juiz no processo, seja ele civil ou penal.
    Show book
  • 40 na Cabeça - cover

    40 na Cabeça

    Magali Schmitt

    • 0
    • 0
    • 0
    Os 40 estão rondando seu calendário biológico e, de repente, você começou a questionar sua trajetória e a repensar sua existência? Bem-vindo à crise dos 40. E este não vai ser apenas só mais um aniversário. Vai ser o decreto que marcou a metade do caminho. É a grande oportunidade para dar-se conta em tempo e refletir, pois os 40 chegam de mansinho, vão se infiltrando e modificando nossa vida. Muitas vezes, para melhor. E nada é mais benéfico que uma boa chacoalhada para tirar a poeira e acertar o prumo. Estas percepções, a cobrança de uma sociedade que valoriza o jovem, a sombra da idade se aproximando, o mercado cada vez mais competitivo, a falta de tempo, a culpa e muitas outras situações são trazidas à luz em 40 na Cabeça, uma reflexão pessoal narrada de forma divertida pela autora. Despretensiosamente, Magali Schmitt apresenta seus medos, dúvidas e inquietações desvelados pela iminência de completar quatro décadas. Mito ou verdade, a crise dos 40 afeta tanto homens quanto mulheres e impõe a fatal comparação com o ideal de vida que se tinha aos 20, convidando a olhar à frente, por mais incômodo que possa ser. Se você se identificou, mergulhe nas próximas páginas e descubra que esses pensamentos e sensações não são exclusividade sua.
    Show book
  • A Justiça em Aristóteles - cover

    A Justiça em Aristóteles

    Eduardo C. B. Bittar

    • 0
    • 0
    • 0
    “Qualquer abordagem da Filosofia do Direito deve passar pela Ética e, se primar pela coerência, passará também pela Política. Deste modo, a tentativa de compreender o sentido da vida expresso nas condutas humanas terá que privilegiar o tema da Justiça, não apenas como conceito ético-político ou como fundamento normativo, mas, principalmente, como fonte primária e absoluta da existência histórica, o apelo, ao mesmo tempo íntimo e transcendental, que é feito a todo ser humano, individual e coletivamente, visando a realização, singular e universal, da humanidade em todos nós. Assim, quer entendamos a humanidade como natureza ou como condição, ela deverá se definir como vida justa, na significação mais completa que pode assumir esta expectativa que nos orienta, no cumprimento dos meios e dos fins que expressam a dignidade.”
    In Prefácio de Franklin Leopoldo e Silva
    Show book
  • Manual Atualizado de Rotinas do Departamento Médico Legal do Estado do Rio Grande do Sul - cover

    Manual Atualizado de Rotinas do...

    Francisco Silveira Benfica,...

    • 0
    • 0
    • 0
    A segunda edição do Manual de rotinas do DML foi atualizada, revista e ampliada para demonstrar a todos os interessados nesta área o funcionamento e as rotinas ligadas a um Instituto Médico-Legal. Para atingir este objetivo os autores utilizaram como referência o Departamento Médico-Legal de Porto Alegre (DML-POA), estabelecendo uma sistematização de conhecimentos, rotinas de atendimentos e tipos de serviços ligados à área da Medicina Legal que possam servir como um ?pronto-socorro? de esclarecimentos para médicos, advogados, delegados, juízes, promotores de justiça, estudantes de Medicina e de Direito e demais interessados  na  matéria.
    Show book
  • Histórias de países imaginários: variedades dos lugares utópicos - cover

    Histórias de países imaginários:...

    Marcos Antônio Lopes

    • 0
    • 0
    • 0
    Conhecer os planos idealizados por algumas das mentes mais criativas do quadro geral das ficções filosóficas, contemplar um bom punhado das mais extravagantes propostas de eugenia social e, de quebra, poder avaliar outro tanto das construções mais sombrias e contrastantes a esses projetos regeneradores – as chamadas distopias -, eis a essência dessas histórias de países imaginários.
    Show book