Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Raça e classe no Brasil - cover

Raça e classe no Brasil

Fernanda Barros Dos Santos

Publisher: Gramma

  • 0
  • 1
  • 0

Summary

Seria a sociedade brasileira uma sociedade multirracial de classes? No ímpeto de responder a este questionamento, o livro se debruça sobre o Projeto UNESCO (1950) e destaca duas importantes pesquisas acerca das relações raciais estabelecidas em São Paulo e na Bahia. Neste sentido, sob as lentes de Thales de Azevedo (1904-1995) e Florestan Fernandes (1920-1995) & Roger Bastide (1898-1974) foram vislumbradas as singularidades do ethos nacional. A partir das seguintes obras: “As elites de cor numa cidade brasileira - Um estudo de Ascensão social & Classes sociais e grupos de prestígio” (1953) - e “Relações Raciais entre Negros e Brancos em São Paulo” (1955) são capturadas as especificidades de nossa conformação social.
Available since: 06/30/2017.

Other books that might interest you

  • Enfrentando o dragão - O despertar do feminismo na China - cover

    Enfrentando o dragão - O...

    Leta Hong Fincher

    • 0
    • 0
    • 0
    Na véspera do Dia Internacional da Mulher de 2015, o governo chinês prendeu cinco ativistas feministas por 37 dias. Elas acabaram se tornando uma famosa causa mundial. Hillary Clinton falou em nome delas, e ativistas em todos os cantos do planeta inundaram as redes sociais com a hashtag #FreeTheFive. Mas essas cinco mulheres são apenas uma parte de um movimento feminista muito maior. Neste livro, a jornalista e estudiosa Leta Hong Fincher mostra que esse movimento popular representa hoje a maior ameaça ao regime autoritário da China. Por meio de entrevistas com as cinco feministas e outros ativistas chineses importantes, a autora esclarece os desafios que eles enfrentam. Traçando o surgimento de uma nova consciência feminista com campanhas semelhantes ao #MeToo e descrevendo como o regime comunista suprimiu a história de suas próprias lutas e conquistas feministas, Enfrentando o dragão é a história de como o movimento contra o patriarcado pode reconfigurar a China e o mundo.
    Show book
  • 400 provérbios do mundo - Recolha as melhores citações - cover

    400 provérbios do mundo -...

    Anonymous Anonymous

    • 0
    • 0
    • 0
    Expanda os seus horizontes e amplie a sua cultura com esta selecção de poemas de todo o mundo. Descubra a sabedoria da China, França, África e do mundo árabe. Isto irá ajudá-lo a obter uma nova perspectiva da sua própria vida e compreender melhor as diferenças e semelhanças em várias culturas e filosofias.
    Show book
  • O processo de construção da questão quilombola - discursos em disputa - cover

    O processo de construção da...

    Amanda Lacerda Jorge

    • 0
    • 0
    • 0
    A “questão quilombola”, que vem se constituindo desde 1988 no Brasil, a partir de discursos e posicionamentos de vários agentes, não existia antes do próprio artigo 68 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Federal. Com tal dispositivo legal, foi garantido o direito a terra para o heterogêneo grupo dos remanescentes de quilombos. No entanto, a imprecisão do comando constitucional gerou um intenso debate sobre os limites e possibilidades de operacionalização do acesso à propriedade fundiária. É diante deste cenário, que esta obra se situa. A partir das discursividades que compõem o que chamamos de “questão quilombola”, buscamos compreender como esta vem sendo construída e interpretada. O livro se volta para a análise dos agenciamentos colocados em jogo pelos “intérpretes” que circulam em torno da “questão quilombola” e que se alocam no campo das ciências sociais, do Estado e do direito. Trata-se de mapear a disputa pela legitimidade social da definição do que são os “quilombolas” e quais são as “suas terras”.
    Show book
  • Evangelho Integral - homenagem a René Padilla - cover

    Evangelho Integral - homenagem a...

    Robinson Jacintho, Iago Gonçalves

    • 0
    • 0
    • 0
    Esta publicação tem o caráter de memória afetiva e não acadêmica. Um reconhecimento muito especial.Estamos, como amigos e família, prestando aqui nossa homenagem a uma pessoa ímpar, absolutamente admirável: o teólogo equatoriano René Padilla que, a partir da sua vida e reflexão bíblico-teológica, promoveu um deslocamento do centro de gravidade da teologia evangélica para o sul global, em particular para e desde a América Latina. René Padilla era um teólogo, na expressão plena do termo, que nos fará muita falta, pelo compromisso, generosidade e forma de nos instigar a pensar de maneira contextual o Evangelho Integral do reinado de Deus diante dos problemas do nosso tempo. Assim, esse livro se propõe a relatar breves testemunhos de como a vida e obra de René Padilla influenciaram nossas vidas e ministérios, portanto, lembranças e recordações a partir de homens e mulheres que nos permitirão acesso a uma abordagem pessoal e de maneira vivencial, quer dizer, a partir do encontro humano, do contato direto eque desemboca na unidade do comunitário em sua dimensão afetiva, a exemplo da dança pericorética da comunidade trinitária de amor. Robinson Jacintho & Iago Freitas - organizadores
    Show book
  • Manual do Construtor Especial Ed 7 - Escadas - cover

    Manual do Construtor Especial Ed...

    Edicase

    • 0
    • 0
    • 0
    Revista Manual do Construtor Especial Ed. 7, confira projetos para fazer escadas!
    Show book
  • Holocausto - Das origens do povo judeu ao genocídio nazista - cover

    Holocausto - Das origens do povo...

    Voltaire Schilling

    • 1
    • 2
    • 0
    O Holocausto, o assassinato em massa dos judeus europeus, não se deu numa planície ou em floresta distante do espaço civilizado. O espanto do mundo até hoje não conseguiu resolver a contento como uma ação cruel e inclemente foi executada no que até então era considerado o coração da Europa culta. Não foram somente os brutamontes orientados por suboficiais e sargentos dos integrantes da SS que levaram adiante a operação de extermínio. Nela foram envolvidos engenheiros, cientistas, médicos e outras categorias profissionais, como os ferroviários responsáveis pelas "transferências" e "deslocamentos" das vítimas para os campos de extermínio. Um historiador estimou que o total de homens e mulheres (alemães e outras etnias antisssemitas que com eles colaboravam) atingiu a meio milhão de pessoas envolvidas diretamente ou indiretamente no genocídio dos judeus europeus. Certamente o Holocausto causou um profundo abalo nas sociedades que se consideravam superiores e que se achavam bem acima do universo de primitivismo e barbárie que as cercavam. Talvez, pela sua dimensão, essa matança que seifou a vida de seis milhões ou mais de judeus, talvez tenha sido o derradeiro ato de selvageria e loucura que ainda se abrigava por detrás da civilização.
    Show book