Don't put off till tomorrow the book you can read today!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Read online the first chapters of this book!
All characters reduced
A Soma de todos os afetos - cover

Sorry, the publisher does not allow users to read this book from the country from which you are connecting.

A Soma de todos os afetos

Fabíola Simões

Publisher: Planeta Azul Editora

  • 1
  • 0
  • 0

Summary

Fabíola Simões criou o blog A Soma de todos os Afetos para falar do cotidiano de forma simples e delicada, em crônicas que traduzem um novo olhar para a vida e seus afluentes: maternidade, amor, saudade, passagem do tempo, fé, felicidade, impossibilidades, recomeços.  
As colunas do blog ganharam as páginas do Facebook, e junto com os mais de 500.000 seguidores, a descoberta de que ainda há fome de poesia e afeto, gratidão e gentilezas. 
O livro reúne os melhores textos e oferece ao leitor um retrato daquilo que lhe escapa aos olhos, mas ainda é possível encontrar. Um retrato da esperança.

Other books that might interest you

  • Botando a casa em ordem - cover

    Botando a casa em ordem

    Max Sussol

    • 0
    • 0
    • 0
    Manter a casa em ordem vai muito além de uma simples faxina e colocar as coisas nos armários. Ainda bem que este livro chegou para facilitar a sua vida. Botando a casa em ordem: dicas de organização, limpeza e cuidados reúne centenas de dicas e truques que irão facilitar bastante seu dia a dia em meio a tantas tarefas. Uma obra para ter sempre à mão e consultar a todo momento.
    Show book
  • Eu vivi em outro mundo - cover

    Eu vivi em outro mundo

    Cecília Machado

    • 0
    • 0
    • 0
    Eu vivi em outro mundo é uma alegre fantasia que homenageia o amor entre os familiares e como se pode viver em outro mundo com as diversidades que aqui, nesse nosso mundo, ainda existe.
    Show book
  • Singles 121 - cover

    Singles 121

    Lucia Sivolella Wendling

    • 0
    • 0
    • 0
    "Singles K" é uma série de ebooks mensais que traz para o leitor cotidiano as melhores crônicas de colunistas e escritores da KBR publicadas no blog da editora. Esta edição traz como novidade a nova seção de última página, Resenha KBR, com o livro do mês escolhido por nossa editora entre os disponíveis no mercado: nesta edição de estreia “O filósofo peregrino”, de Marcos Bulcão. Como é o mês do cinema, a matéria de capa é a resenha cinematográfica de Lúcia Sivolella Wendling para “Capitão Fantástico”, candidato ao Oscar de Melhor Ator para Viggo Mortensen. Como está provado mais uma vez, Singles K não só trata com agilidade e profundidade os assuntos prementes da atualidade, como resgata os melhores textos entre os milhares de originais garimpados pelo conselho editorial da KBR, uma excelente porta de entrada para um dos mais completos e instigantes portfolios de escritores do Brasil.
    Ano 5/ Número 121
    Capitão Fantástico
    Aceita um café?
    Para nunca mais voltar
    Procura-se
    Hell de Janeiro
    Férias!
    Sentimentos
    Um destino cinzento
    Marcos Bulcão: todas as trilhas levam a Roma
    Show book
  • A Maravilhosa Terra de Oz - cover

    A Maravilhosa Terra de Oz

    L. Frank Baum

    • 0
    • 3
    • 0
    O Lenhador de Lata e o Espantalho voltam para mais uma aventura na Terra de Oz. Agora acompanharão o garoto Tip e seus amigos numa incrível jornada para tentar salvar a Cidade das Esmeraldas das agulhas de tricô do Exército Rebelde, comandado pela general Jinjur.
    
    Para isso, precisarão enfrentar a velha Mombi, desvendar o mistério por trás do sumiço da princesa Ozma e, mais importante, terão de aprender a lidar e a conviver uns com os outros.
    
    No segundo livro da série de Oz, o leitor irá mergulhar ainda mais nessa terra mágica, se encantar com todos os seus mistérios e reencontrar personagens cativantes como Glinda, a Bondosa.
    Show book
  • 40 sim e daí? - cover

    40 sim e daí?

    Andrea Franco

    • 0
    • 0
    • 0
    "Ai, meu Deus! Agora entrei nos 'enta'!" Quando a mulher completa 40 anos, esse é o comentário mais comum. A autora deste livro mostra o lado bom de se chegar a essa idade. Afinal, nessa fase a mulher já sabe o que quer, não tem medo de ser feliz.
    Você vai conhecer a opinião de mulheres que estão nesse momento da vida e que se sentem em seu melhor instante, vai conhecer as dicas de quem chegou aos 40 com a autoestima lá em cima.
    Os fatos apresentados baseiam-se em pesquisas e na palavra de médicos e profissionais de várias especialidades, que deixam aqui suas recomendações para você chegar e passar por seus 40 anos linda, cheia de saúde e energia, seguindo hábitos alimentares saudáveis e promovendo mudanças no estilo de vida.
    Você vai saber, ainda, que a menopausa não é um bicho-de-sete-cabeças, e que pode, desde já, se preparar para enfrentá-la com serenidade.
    Show book
  • Crianças e sexualidade - saberes-fazeres produzidos dentro-fora da escola - cover

    Crianças e sexualidade -...

    Haroldo Vidal

    • 0
    • 0
    • 0
    O livro “Crianças e sexualidade: saberes-fazeres produzidos dentro-fora das escolas”, de Haroldo Junior Evangelista Vidal, chega até nós, professores/as, pedagogos/as, pais, mães e todos aqueles/as que se interessam pela formação plena e pela felicidade dos/das jovens, em um momento difícil e oportuno, no qual ainda podemos, não sem a ameaça de sermos denunciados e/ou censurados, problematizar discursos, gestos e rituais que, diariamente, nos/com os cotidianos escolares regulam, vigiam e punem, ao mesmo tempo em que fabricam, de diferentes modos, a sexualidade de crianças e adolescentes. Dessa forma, o livro, que apresenta pensamentos e aprendizagens criados com a pesquisa de mestrado do autor, deve ser tomado como uma máquina de guerra contra a violência, o descaso com a saúde física e psíquica, a generificação, a hierarquização e a sexualização dos corpos infantis, a desigualdade que desses processos decorre, o preconceito, a discriminação e a marginalização que levam tantos/as estudantes a sofrerem calados/as, a se isolarem, a evadirem das escolas e até mesmo a cometerem suicídio, constituindo-se, por isso mesmo, em uma afirmativa teórica e política em prol da vida ativa, da alegria e da vontade de viver. Trata-se, primeiramente, como consta na dedicatória, de fazer justiça social e cognitiva a “todos e todas que tiveram suas vozes silenciadas no decorrer de suas trajetórias escolares
    Show book