Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Resistência desobediência e consciência cívica: filosofia política para ativistas e cientes - cover

Resistência desobediência e consciência cívica: filosofia política para ativistas e cientes

Crisóstomo Ñgala, Tomás Júnior

Publisher: Autografia

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Estratégias e políticas nunca são puras. É sempre conveniente manter a esperança e não a promessa. Nenhuma estratégia prevê todas as adversidades. Derrubar uma estrutura instaurada pode resultar em problemas, por vezes, que superam as soluções esperadas. Mas, quando as feridas abertas não se fecham facilmente, a medida mais acertada é o radicalismo, isto é, lançar-se em incertezas, ignorar a realidade, negar-se a todas as formas de negociação, deixar de ver as pessoas que mantêm o poder autoritário como pessoas, contudo, como obstáculo a remover.

Other books that might interest you

  • Quem bate perde? Os efeitos afetivos dos spots eleitorais de TV no Brasil - cover

    Quem bate perde? Os efeitos...

    Jairo Pimentel Jr

    • 0
    • 0
    • 0
    Quem bate perde. Essa afirmação, citada muitas vezes, inadvertidamente, por profissionais do marketing político, sustenta que a campanha negativa pode se voltar contra aquele que ataca (o chamado efeito bumerangue). Entretanto, este livro trata de questionar essa ideia, argumentando que o uso de ataque pode ser uma estratégia interessante tanto para diminuir a vontade dos eleitores votarem no candidato atacado, quanto para evitar que o candidato que ataca perca votos para os adversários.
    Show book
  • Intelectuais carisma e Ação Integralista Brasileira - cover

    Intelectuais carisma e Ação...

    Ramos Author

    • 0
    • 0
    • 0
    Nesta rigorosa pesquisa histórica, Alexandre Ramos destrinchou o processo de expansão e de consolidação da Ação Integralista Brasileira (AIB) no seu estreito vínculo com a participação dos intelectuais que compunham o movimento, animados como estavam pela ideia crucial, defendida pelo integralismo e presente no contexto intelectual brasileiro, do protagonismo social do intelectual no que dizia respeito às transformações do país e à intervenção sobre a sociedade brasileira.  Uma abordagem inovadora de um momento marcante da nossa história.ALEXANDRE PINHEIRO RAMOS é Doutor em Sociologia pela UFRJ e Mestre e Bacharel em História pela UERJ. Atualmente é Pesquisador de Pós-Doutorado da CAPES na UFRJ.
    Show book
  • Corrupção escancarada - cover

    Corrupção escancarada

    Kenji Mizutani

    • 0
    • 1
    • 0
    Se conseguíssemos avaliar todos os custos da corrupção e os desvios praticados, certamente este valor seria bem superior aos R$ 281,7 bilhões anuais apontados neste livro; o qual, por si só, já supera a meta fiscal de R$ 170,5 bilhões de gastos acima do orçamento de 2016. Isso mostra que a arrecadação anual do governo, mesmo em crise financeira, seria suficiente para cobrir todos os gastos sem cortes e não haveria necessidade de aumentar os impostos. Bastaria gastar melhor e reduzir, com todos os meios, os desvios e a corrupção.
    Show book
  • Introdução à Crítica da Ideologia Gramsciana - cover

    Introdução à Crítica da...

    Nildo Viana

    • 0
    • 0
    • 0
    Gramsci é um dos nomes mais destacados do pensamento social moderno. Ele se tornou uma das grandes referências do chamado “marxismo ocidental”. Apesar disso, sua obra não recebeu abordagens críticas, tal como ocorreu no caso de Marx, Lênin, Rosa Luxemburgo, entre outros. O livro de Nildo Viana é apenas um esboço de tal crítica, por isso “introdução” de uma obra mais vasta, que futuramente o autor pretende publicar sobre Gramsci. Apesar de obra introdutória, apresenta as ideias principais de Gramsci e realiza a sua crítica, inicialmente a partir da comparação com o pensamento de Karl Marx e depois em suas próprias contradições e limites, bem como distanciamento da realidade concreta.
    Show book
  • Mapas de percepção de riscos: metodologia multimétodo para análise de territorialidades afetadas pelo domínio armado - cover

    Mapas de percepção de riscos:...

    Ana Paula Mendes De Miranda,...

    • 0
    • 0
    • 0
    O livro apresenta detalhadamente as situações sociais relacionadas à insegurança e à violência que afetam o trabalho regular de medição da eletricidade provocadas por fraudes conhecidas popularmente, no Rio de Janeiro, como os “gatos” de energia elétrica. Com notável precisão conceitual, os autores desenvolveram uma pesquisa inovadora, que resultou numa metodologia de pesquisa – a construção de um mapeamento analítico dos conflitos e sua distribuição nos territórios (São Gonçalo e Caxias). A metodologia para a análise das territorialidades afetadas pelo domínio armado envolve a articulação de métodos e técnicas de pesquisa qualitativa e quantitativa de forma exemplar. Destaca-se a importância do conceito de "territorialidades", que supõe necessariamente que as instituições compreendam que atuam num espaço social habitado por cidadãos cujas práticas sociais locais nem sempre são evidentes para os que são de fora do lugar. A isso se soma a percepção e análise de modos de governar, não legítimos, por meio do "domínio armado", conceito que busca compreender como nesses espaços as populações que nele vivem estão expostas a um modo específico de dominação, marcado por redes criminosas que atuam em atividades econômicas ilegais e irregulares, controlando o território com armas, resultando na restrição de garantia dos direitos fundamentais (civis, sociais e políticos). Pensar o furto de energia num contexto de ocorrência de outros crimes, tais como o tráfico de drogas, o transporte coletivo irregular, o "gatonet", permitiu identificar também os riscos a que estão expostos os trabalhadores terceirizados de uma empresa concessionária de energia, por meio da utilização da vitimização laboral. Um dos muitos resultados possíveis da pesquisa reside precisamente em dar relevância a um conjunto de perdas sócio-econômicas, e não somente a alta percentagemde prejuízos financeiros da empresa com o furto de energia, comparáveis a problemas que ocorrem em outras partes do mundo, como no Sul da Itália. Tal análise reforça a importância de se pensar as formas de administrar bens e serviços considerando a dimensão dos direitos e, especificamente, o direito ao acesso à electricidade, entendido como um direito fundamental. Apesar das políticas públicas da última década terem melhorado o acesso no Brasil, a situação continua a apresentar uma distribuição desigual em termos de acesso. O fato de a pesquisa ter sido originada de uma demanda de uma empresa privada coloca questões interessantes para pensar sobre a produção do conhecimento e sua ligação com a política pública. O livro é o resultado de um tipo de pesquisa conhecida como P&D, conhecido como uma "tecnologia social" voltada a formas de fazer pesquisa, pensar e gerenciar a produção de conhecimento que se opõe aos modelos de consultoria padronizados que prometem análises simplificadas. Por essas razões, afirmo aos leitores que estamos diante de um livro único.
    Show book
  • Estado Luta de Classes e Autogestão Social - cover

    Estado Luta de Classes e...

    Edmilson Marques

    • 0
    • 0
    • 0
    Edmilson Marques, na presente obra, aborda várias questões sociais, com destaque para a questão do Estado, da luta de classes e da autogestão social. Partindo de uma análise crítica da sociedade capitalista, o autor mostra os vínculos entre o Estado e a luta de classes, bem como analisa alguns de seus elementos derivados: a democracia representativa, o processo eleitoral e a cidadania. Por outro lado, o autor mostra a relação desses processos com a questão da autogestão social, a promessa de uma nova sociedade pós-capitalista. Nesse contexto, a luta de classes reaparece através das lutas e greves operárias, mostrando o seu potencial revolucionário que pode gerar a sociedade autogerida. Trata-se de uma leitura fundamental para pensar as lutas sociais e a possibilidade de transformação social no mundo contemporâneo.
    Show book