Turn 2021 into a year of reading!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Vila Rica - cover

Vila Rica

Claudio Manuel Da Costa

Publisher: Vermelho Marinho

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Vila Rica é um poema épico escrito pelo poeta brasileiro Cláudio Manuel da Costa em 1773 que exalta fatos ocorridos na inconfidência mineira e também osbandeirantes que fundaram diversas cidades em Minas Gerais. Narra, em versos, a história de fundação de Minas Gerais, que se dá com a viagem de Antônio Albuquerque Coelho de Carvalho às Minas Gerais, no início do século XVIII, resolvendo o conflito da Guerra dos Emboabas. O poema possui dez cantos e usa versosdecassílabos com rimas emparelhadas. É considerado o marco inicial do Arcadismo no Brasil

Other books that might interest you

  • Manifesto Anti-Dantas E Por Extenso - cover

    Manifesto Anti-Dantas E Por Extenso

    José De Almada Negreiros

    • 0
    • 5
    • 0
    O Manifesto Anti-Dantas e por extenso é um texto da autoria de José de Almada Negreiros, publicado em 1915 por ocasião da estreia da peça de teatro Soror Mariana Alcoforado de Júlio Dantas. Em 1915 foi publicado o segundo número da Revista Orpheu, marco inicial do Modernismo em Portugal, onde participaram nomes como Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro, Santa-Rita Pintor e Armando Côrtes-Rodrigues. Todavia, a sua novidade, o seu arrojo, a sua ousadia tanto na produção literária como pictórica, causou escândalo junto da burguesia lisboeta conservadora. Entre os muitos opositores ao movimento estava o médico e escritor Júlio Dantas, cuja crítica aos vanguardistas foi feroz. Através deste manifesto, Almada reagia publicamente, utilizando Júlio Dantas como símbolo das posições mais retrógradas.
    Show book
  • Tapa na bunda - cover

    Tapa na bunda

    Denise Dias

    • 0
    • 2
    • 0
    Para todos aqueles que querem educar seus filhos, mas têm dúvidas de como impor limites, nestes
    tempos cheios da vigilância do politicamente correto. A autora mostra que existe uma divisão
    clara entre violência e respeito, entre agressão e impor autoridade e disciplina.
    Show book
  • A Escrava Isaura - cover

    A Escrava Isaura

    Bernardo Guimarães

    • 8
    • 21
    • 0
    Escrito em plena campanha abolicionista (1875), o livro conta as desventuras de Isaura, escrava branca e educada, de caráter nobre, vítima de um senhor devasso e cruel. O romance 'A Escrava Isaura' foi um grande sucesso editorial e permitiu que Bernardo Guimarães se tornasse um dos mais populares romancistas de sua época no Brasil. O autor pretende, nesta obra, fazer um libelo anti-escravagista e libertário e, talvez por isso, o romance exceda em idealização romântica, a fim de conquistar a imaginação popular perante as situações intoleráveis do cativeiro.
    Show book
  • O Que Fazem Mulheres - cover

    O Que Fazem Mulheres

    Camilo Castelo Branco

    • 6
    • 16
    • 0
    "Escreve-se esta crónica enquanto as imagens dos algozes e vítimas me cruzam por diante da fantasia, como bando de aves agoureiras, que espirram de pardieiro esboroado, se as acossa o archote dum fantasma. Tenebroso e medonho! É uma dança macabra! Um tripúdio infernal! Coisa só semelhante a uma novela pavorosa das que aterram um editor, e se perpetuam nas estantes, como espectros imóveis. Há aí almas de pedra, corações de zinco, olhos de vidro, peitos de asfalto? Que venham para cá."
    Show book
  • A marquesa de santos - cover

    A marquesa de santos

    Paulo Setúbal

    • 0
    • 0
    • 0
    Romance histórico que conta em detalhes a trajetória da aristocrata paulista Domitila de Castro Canto e Melo, a Marquesa de Santos, uma das mulheres mais fascinantes e famosas da História do Brasil. O livro recria o Brasil de 1813 a 1829, época da chegada da Família Real, da Abertura dos Portos e da Proclamação da Independência. 
    
    Paulo Setúbal, (1893/1937) foi advogado, escritor e jornalista, ensaísta, poeta e romancista. Dedicou-se à literatura. Iniciou a sua principal fase de produção literária, em que o seu gênero por excelência foi o romance histórico.
    Show book
  • Tentação - cover

    Tentação

    Adolfo Caminha

    • 0
    • 1
    • 0
    Última obra publicada por Adolfo Caminha,"Tentação" foi publicado no ano de 1896, ano anterior à morte do autor. O romance conta o desapontamento de um casal de provincianos em contato com as falsidades da vida na Corte e relata, com olhar crítico, o ambiente vivido pela Capital no declínio do Segundo Reinado.
    Show book