Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
A Escrava Isaura - cover

A Escrava Isaura

Bernardo Guimarães

Publisher: Vermelho Marinho

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Um dos maiores clássicos da literatura brasileira, reconhecido mundialmente pela novela realizada um século depois, este romance de 1875 narra a história da mulata clara Isaura, moça boa e inocente, admirada por todos e invejada pelas concorrentes. Fruto do desejo de Leôncio, herdeiro da fazenda onde vive, Isaura perde todas as esperanças de ser libertada, como a mãe de Leôncio havia prometido.  Mesmo sofrendo a pressão de sua mulher Malvina, Leôncio faz de tudo para não libertar Isaura, inclusive rejeitando os dez contos de réis que Miguel, pai de Isaura, havia conseguido juntar  com dificuldade para comprar a liberdade da filha. Mas este preço foi definido pelo pai de Leôncio, que não cumpriu a promessa quando do falecimento de seu pai. Sucesso de público e de crítica, esta história de amor, desejo e sofrimento é fundamental dentro da história da literatura brasileira do século XIX.

Other books that might interest you

  • A Intrusa - cover

    A Intrusa

    Júlia Lopes de Almeida

    • 0
    • 0
    • 0
    Júlia Lopes de Almeida narra neste que é um de seus mais belos romances a história do viúvo Argemiro, que fez votos de fidelidade eterna e de nunca mais se casar à sua amada Maria em seu leito de morte. Deste amor, nasceu Maria da Glória, jovem criada pelos avós numa chácara nos arredores do Rio de Janeiro. Sem tempo para criar a filha, devido ao trabalho, Argemiro a visita na chácara e a recebe ocasionalmente em sua casa, que fica aos cuidados do velho ex-escravo Feliciano, que abusa nas despesas da casa e age como dono, lendo os jormais do patrão e fumando seus charutos. Querendo a presença maior da filha em sua casa, Argemiro coloca um anúncio no jornal para contratar uma governanta e entra em cena d. Alice, moça de fino trato, prendada e fluente em línguas. Glória a rejeita inicialmente, mas acaba sendo conquistada, para profundo desgosto de sua avó Luiza, que passará o resto do livro tentando afastar Alice, de quem ela suspeita estar interessada em tomar o lugar de sua falecida filha, fazendo Argemiro quebrar seu juramento. Num ritmo crescente de suspeitas e desavenças, apenas no final do livro o real objetivo desta intrusa será revelado.
    Show book
  • Humorísticos e Irônicos - cover

    Humorísticos e Irônicos

    Bernardo Guimarães

    • 0
    • 0
    • 0
    Esta pequena antologia pretende mostrar o aspecto que reúne versos nos quais o humor e a ironia se destacam. Ambos, humor e ironia, categorias literárias da maior importância para o romantismo, que foram exploradas no extremo de sua sutileza pelo poeta. Em algumas composições, veremos o humor brincando com as palavras e aliviando as tensões que inspiram a atividade poética.
    Show book
  • Casa Velha - cover

    Casa Velha

    Assis Machado de

    • 0
    • 0
    • 0
    Casa Velha é uma novela de Machado de Assis que foi publicada em folhetim no periódico A Estação entre janeiro de 1885 e fevereiro de 1886. Nunca foi publicado como livro durante a vida de Machado de Assis, e é considerado um conto grande ou uma novela. Narra a história de amor proibido entre Lalau e Félix, cuja mãe não consentia no casamento do filho, nem com a insistência de um cônego que passa a fazer parte do ambiente familiar durante suas pesquisas na biblioteca do falecido ministro, pai de Félix. Segredos revelados impedirão a união do casal, mas poderá o amor sobreviver à decepção?
    Show book
  • Iracema - cover

    Iracema

    José de Alencar

    • 0
    • 0
    • 0
    Iracema é uma das personagens mais conhecidas da literatura brasileira. Obra fundamental de José de Alencar, do período indianista, conta o encontro da bela índia, filha do Pajé Araquém, que encontra e se apaixona por Martim, o colonizador português. Encantando a todos, Iracema detém o segredo de Jurema, que a faz se manter virgem. Seu amor será disputado e o livro narra as disputas entre tribos inimigas no início da história da colonização brasileira.  José de Alencar consegue nesta obra transmitir o pensamento e a forma de agir dos índios sem se utilizar de termos ou expressões em língua indígena, tornando a obra fluida e rápida de ler, o que a transformou num clássico da literatura brasileira.
    Show book
  • A mortalha de Alzira - cover

    A mortalha de Alzira

    Aluísio Azevedo

    • 0
    • 1
    • 0
    "A Mortalha de Alzira", oitavo romance de Aluísio Azevedo, foi publicado em 1892, época na qual foi um estouro de vendas, atingindo 10.000 exemplares em três anos.
    Conta a história do padre Angelo, homem que não teve escolha em sua educação, sendo obrigado a ser sacerdote. Ele tenta reprimir, a todo custo, a paixão desesperadora que sente pela cortesã Alzira. O autor mostra a corrupção na Igreja e o comportamento do clero, assim como traz elementos românticos (sonhos, devaneios) e naturalistas.
    Aluísio Tancredo Gonçalves de Azevedo nasceu em São Luís em abril de 1857. Foi novelista, contista, cronista, diplomata, caricaturista, desenhista, pintor e jornalista brasileiro. Se faz presente em sua obra certos traços fundamentais do Naturalismo. Ocupou a cadeira 4 da Academia Brasileira de Letras. Morreu em Buenos Aires, em janeiro de 1913.
    Show book
  • A Feiticeira - cover

    A Feiticeira

    Antonio Joaquim da Rosa

    • 0
    • 0
    • 0
    Esta novela narra a história de uma mulher desesperada que procura uma anciã para pedir que fizesse algum encanto para ela não ter problemas com o marido a quem traíra, gerando um filho de outro homem. A profetisa diz que pode resolver a vida dela, mas haveria um custo, talvez alto demais para o desejo da traidora.
    Show book