Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
A Volta - cover

A Volta

Ananita Rebouças

Publisher: Litteris

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

“A Volta” é o encontro da palavra e dossentimentos, uma catarse de vida feita de maneiraverdadeira e apaixonante, pois carrega todas asverdades que são possíveis de sentir.Cada poesia nos faz entender melhor o nosso dia adia, e nos permite viver as possibilidades de todos osmomentos, sejam eles bons ou ruins, mas sobretudoé capaz de nos proteger contra possíveisdescaminhos.“A Volta” é, literalmente, o regresso à imaginaçãoe à fertilidade que a literatura nos permite, pois lendoeste livro sentimos e entendemos melhor tantasengrenagens que até então não se permitiam mover.

Other books that might interest you

  • Memórias da Pandemia - cover

    Memórias da Pandemia

    Helena Brígido, Rafael De...

    • 0
    • 0
    • 0
    O fato de sermos únicos com uma mente criativa, sem limitações, não nos exime da natural origem como um dos seres vivos do reino animália. Por isso estamos sujeitos à imperceptível e constante interação com qualquer porção de matéria representado pelas moléculas. Quando estas são cruéis e destrutivas e chegam até nós, alteram nosso sistema fisiológico e social, como está acontecendo no tempo presente. Estamos privados da rua, das praças, do ar livre, dos amigos, da família, dos abraços. Estamos perdendo parentes e companheiros. Estamos presos pelo medo em uma bolha de maldade, mas a nossa mente continua livre.
    Aproveitando essa liberdade de ideias a Sociedade Brasileira de Médicos Escritores / Regional Pará, mostrando sua brilhante atuação, no fortalecimento da nossa instituição, cria esta coletânea chamada Memórias da Pandemia, como um monumento ou um marco perene para dar uma expressão literária ao que passará para a história como forma de sentimento.
    São atitudes como esta que justificam e engrandecem a existência desta confraria de médicos escritores, que, neste caso, como profissionais intimamente ligados a esta catástrofe sanitária mundial, fazem este documento como testemunhas de uma curta era de tão largas desventuras.
    Dr. Arquimedes Viegas Vale
    Presidente da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores
    Show book
  • Impressões - cover

    Impressões

    Vera Lopes

    • 0
    • 0
    • 0
    O propósito da arte da escrita é retirar o leitor do lugar onde se encontra e abrir uma janela para um horizonte familiar e ao mesmo tempo inovador. Em que medida o texto vem de encontro ao repertório e, ao mesmo tempo, abre um leque para novas experiências? 
    Parte-se do local temporal, do olhar do poeta da realidade à sua volta, para o universal:  a montanha e suas curvas, A caminho de Burgas, e a viagem de todo indivíduo, em busca de paz; Decepção, sentimento gerado por situações adversas e inesperadas; Autobiografia, o relato da migração de um indivíduo e aquilo que este pode experimentar.
    Que as impressões do poeta toquem no querido leitor, produzindo identificação e extrapolação.
    Show book
  • Telefones úteis em casos de emergência - cover

    Telefones úteis em casos de...

    Jéssica Lusia

    • 0
    • 0
    • 0
    "Tenho um livro amarelo cheio de nomes. Nomes e números. E endereços também. Abra em qualquer página. Ligue para qualquer um. Diga qualquer coisa que faça essa pessoa pensar um pouco. Não importa quem ela seja. Pra eles importa quem eu sou. (...) Não é errado. Não existe crime nem castigo, só um incômodo, como um zumbido no ouvido, sou uma mosca ou uma abelha sem rumo, um pássaro semeando ervas daninhas."
    Show book
  • Talhos & Retalhos - cover

    Talhos & Retalhos

    Tarciso Filgueiras

    • 0
    • 0
    • 0
    É o primeiro livro de poesias do autor que já publicou dois romances,  livro de contos, ensaios, e centenas de artigos científicos.  Como o titulo induz, os poemas parecem uma livre associação de ideias e imagens. Mas ao ser lido com um pouco de atenção, mostra um escritor maduro, cosmopolita que escolhe cuidadosamente cada palavra como diz no primeiro poema do livro: Ai da minha poesia se não fosse eu! / Provavelmente morreria à míngua| Combalida, desmilinguida. | Coitada se dela não cuidasse o degas, | Pessoalmente. | Mas, pai zeloso,| Afago-a, terno, | E a curo, | Mertiolate e tudo, | Nunca descuro. | Se dela falam mal, | Desconjuro!
    Show book
  • Poemas de vida e de morte de um médico à noite - cover

    Poemas de vida e de morte de um...

    Gustavo Nobre de Jesus

    • 0
    • 0
    • 0
    O escritor e poeta Gustavo Nobre de Jesus, um médico habituado aos longos plantões no hospital da cidade de Lisboa, nos seus 14 poemas nos fala sobre aquilo que o assombra nas noites mais frias, sobre ‘estar só / estar indelevelmente só’, já que há sempre algo de dramático em escrever poemas. As noites são cativas, as solidões são desperdiçadas entre os barulhos da cidade, televisões, leituras e crianças que correm no andar de cima. ‘Nós éramos um filme, Hollywood era Lisboa, eu sentia-me Bogart e junto aos lábios fiz o que pude’. Assim são os poemas - crus e de uma realidade arrebatadora - de Gustavo Nobre, um homem, um médico, que se depara com a crueza da vida nos corredores assépticos de um hospital e, paradoxalmente, é arrebatado nas páginas daquilo que escreve, com a assepsia do contato humano, sempre mediado por livros, telas, links do Youtube e aplicações de iPad.
    Show book
  • Divagaísmo - cover

    Divagaísmo

    Claudio Furtado

    • 0
    • 0
    • 0
    Divagaísmo' é essa arte de sair só e lentamente da realidade. Se antes os poetas flanavam para encontrar inspirações nos ares das ruas, hoje eles divagam através do éter, através desse grande espaço mágico, único e interminável que é a existência. Os poemas de Cláudio Furtado vão revelando surpresa, dúvida, deslumbramento, espanto, encontrando um mundo que não precisa ser real e concreto, mas que pode ser ideal e criado com as palavras.
    Show book