Join us on a literary world trip!
Add this book to bookshelf
Grey
Write a new comment Default profile 50px
Grey
Subscribe to read the full book or read the first pages for free!
All characters reduced
Manifestações no Brasil - as ruas em disputa - cover

Manifestações no Brasil - as ruas em disputa

Adriano de Freixo

Publisher: Oficina Raquel

  • 0
  • 0
  • 0

Summary

Em 2013, como não acontecia desde muito tempo, as ruas brasileiras foram tomadas por manifestações cuja demanda, em princípio, era que as passagens de ônibus não sofressem aumento, mas cujo arco de protesto e reivindicação foi logo exponencialmente ampliado, tocando desde a Copa do Mundo do ano seguinte à corrupção da classe política. Anos depois, verifica-se que 2013 não representou um fato isolado, mas abriu portas para uma nova relação de parcelas da sociedade com seus desejos e frustrações: as ruas continuam, hoje, ocupadas, recebendo uma agravante disputa que vem modificando, dia após dia, a face do Brasil.

Other books that might interest you

  • Os Direitos da Mulher - cover

    Os Direitos da Mulher

    Luiz Augusto Flores

    • 0
    • 0
    • 0
    Disponibilizamos o livro digital ilustrado colorido de história em quadrinhos do conhecimento ”Os Direitos da Mulher”, cujo conteúdo foi editado com base na Lei Federal nº 11.340 de 07 de agosto de 2.006 e suas atualizações, lei também chamada de Maria da Penha. Transformados os termos jurídicos para linguagem simples, de fácil entendimento e leitura, apresentando seu conteúdo de leitura nos balões de diálogo entre os personagens um casal e uma mulher, e o personagem o jornalista da editora, que esclarece as dúvidas sobre a lei Maria da Penha.
    Show book
  • Direitos Fundamentais Sociais Dignidade da Pessoa Humana e Mínimo Existencial: - O Papel do Poder Judiciário - cover

    Direitos Fundamentais Sociais...

    Karine Da Silva Cordeiro

    • 0
    • 0
    • 0
    O escopo da obra é trabalhar uma teoria que atribua efetividade concreta aos direitos fundamentais sociais, independentemente da atuação do legislador ou do administrador, mas sem colocar em risco os ideais democráticos. A partir do enfrentamento de uma concepção material de Estado Democrático de Direito, supõe-se que a dignidade da pessoa humana é o princípio central que confere organicidade e consistência ao próprio ordenamento constitucional, extraindo-se a plena eficácia  jurídica do mínimo existencial. Este, por sua vez, em quanto concretização da dignidade da pessoa humana em sua dimensão positiva, apresenta-se como critério material constitucionalmente adequado de justiciabilidade dos direitos sociais prestacionais.
    Show book
  • As cores da economia - cover

    As cores da economia

    Buarque Author

    • 0
    • 0
    • 0
    Para os jovens que escolheram a carreira de economista. Esperando que ajudem o mundo a pintar a economia do futuro.Artigos sobre Economia  Selecionados de  Cristovam Buarque  em Jornais e Revistas  (2007 – 2011)
    Show book
  • Os Direitos do Torcedor - cover

    Os Direitos do Torcedor

    Luiz Augusto Flores

    • 0
    • 0
    • 0
    Disponibilizamos o livro digital ilustrado colorido de história em quadrinhos ”Os Direitos do Torcedor”, cujo conteúdo foi editado com base na Lei Federal nº 10.671 de 15 de maio de 2.003 e suas atualizações, lei também chamada de Estatuto do Torcedor. Transformados os termos jurídicos para linguagem simples, de fácil entendimento e leitura, apresentando seu conteúdo de leitura nos balões de diálogo entre os personagens uma torcedora e um torcedor, e o personagem o jornalista da editora, que esclarece tudo sobre o estatuto do torcedor
    Show book
  • Planejamento estratégico - Estudo de caso de cargas de comércio exterior - cover

    Planejamento estratégico -...

    Rocha Author

    • 0
    • 0
    • 0
    A obra faz uma projeção de Cenários em 2002 para a infraestrutura de transporte de cargas do Comércio Exterior, utilizando técnicas lógico-intuitivas.
    Show book
  • O Quarto Poder em Rede - cover

    O Quarto Poder em Rede

    Victor Sampedro

    • 0
    • 0
    • 0
    O quarto poder em rede não tem nada de doutrinário, nem mesmo dessa nova superstição ou religião dos TIC, que se apresenta como uma fraternidade de iguais. Em vez disso, enfrenta as contradições e obstáculos e perigos, como pode ser o de uma nova desigualdade que esgace a sociedade ainda mais. Por isso a de Victor Sampedro, a quem tanto devemos, porque ensina sem dominar, é o olhar da Arce. De nossa Arce. Obrigado. E ande a roda!
    Show book